em 23/01/19


Em Março de 2017, perguntei por aqui o que achavam de , que tinha sido aprovado para registo, mas apenas como segundo nome. Na altura, a questão parecia-me pertinente, tendo em consideração o número de registos de Manel - que mal foi aprovado, entrou para o top 100. Pois bem, em 2018, num momento em que também já pode ser usado sem nenhuma condicionante, Zé já chegou aos 22 registos. Não espero que seja concorrente directo de José, mas surpreende-me a facilidade com que estes diminutivos conseguem trilhar caminho! E eu gosto! 

6 comentários:

  1. Pessoalmente não gosto e nem vejo o sentido. José e Manuel são nomes bonitos e intemporais, para quê registar os diminutivos? Sinceramente, “Manel” só me faz associar a que tenha havido um erro ortográfico na conservatória.

    Outra coisa que ainda não percebi são os nomes registados em letras maiúsculas, como: BEATRIZ, GUSTAVO, SALVADOR. O que raio é isto e qual o propósito? As crianças vão ficar com o nome escrito dessa forma no cartão de cidadão e outros documentos oficiais? Acho que daria um post bem interessante, Filipa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que os nomes que aparecem em maiúsculas são gralhas! :)

      Eliminar
    2. Estou de acordo com todas as palavras da Madalena. Não entendo o sentido destes novos n nonomes. José e Manuel são bem bonitos Daria a um filho.

      Eliminar
    3. Será que são gralhas, Filipa? Na lista do IRN alguns nomes também surgem assim, daí estar a perguntar. Um exemplo, temos Salvador e logo a seguir SALVADOR e depois Salvatore.

      Eliminar
  2. Não sou a maior fã de Zé e Manel, mas pelo menos assim os pais e familiares tratarão o filho pelo seu nome próprio.

    Para mim é um pouco estranho chamar Manel e Zé quando o nome é Manuel e José, respetivamente.

    Tenho um colega na turma de nome José e as pessoas acham muito estranho eu o tratar por José quando na verdade é o seu nome próprio!

    E Manel, então esse às vezes é mesmo complicado chamar Manuel.

    A sociedade já se habituou a Zé e Manel e confesso que eu também =) (mas tento evitar)

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  3. Eu percebo que a língua evolui e efetivamente os Josés são todos Zés e os Manueis são Maneis. Mas registar um diminutivo acaba por retirar alfuma da dignidade do nome. Aplico o mesmo a Gui,Alex, Anita, Carminho, Rosarinho, Clarinha. São aproximados aos gostos familiares, mas dervirtuam a dignidade pública e social do nome.

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)