A nova lista do IRN - O regresso das grafias arcaicas

10.11.17


Uma das consequências desta nova lista do IRN é o regresso de grafias que anteriormente eram consideradas arcaicas e, portanto, proibidas. E eu acho que este facto pode criar uma nova tendência, porque faz sentido no conjunto de nomes que mais se usam em Portugal. Os portugueses ainda não reagem bem a grafias que podem reflectir alguma falta de cultura, mas as grafias antigas exercem algum fascínio e, nalguns casos, remetem para um passado recente e poderiam ser uma homenagem a um antepassado querido. 
Por outro lado, também foram aprovadas variantes que, não sendo arcaicas, disfarçam bem, pelo que o seu uso acaba por parecer adequado. 

Aqui ficam algumas das novas opções, tendo em conta os nomes que estão neste momento na lista dos mais populares: 



Masculinos

  • Arthur
  • Diniz
  • Edoardo
  • Ignácio / Ignacio
  • Luiz 
  • Manoel
  • Marcello
  • Matheus
  • Mathias
  • Romeo
  • Ruy
  • Theo
  • Thiago


Femininos

  • Beatrix
  • Bella
  • Emma
  • Eliza
  • Esther
  • Isabella
  • Luiza
  • Magdalena
  • Mathilde
  • Paola



O que acham destas novas entradas? Na vossa opinião, quais são os mais prováveis casos de sucesso?


28 comentários :

  1. Acho que os -th tem grande possibilidade de se tornar populares para rapazes: Arthur, Matheus, Mathias e Thiago. Pessoalmente, gosto bastante da grafia Ruy.
    Quando às raparigas, Emma! (gosto muito mais do que Ema, que apesar de gostar, sempre me pareceu incompleto), Eliza, Esther, Isabella (a grafia internacional dá-lhe um ar moderno) e Luiza são capazes de agradar a muita gente!

    ResponderEliminar
  2. Ia precisamente fazer esta pergunta no outro tópico! Não acho que os portugueses sejam muito de escritas creativas de nomes, mas as escritas antigas já têm o seu interesse!
    Penso que o Z tem tudo para voltar a ser usado (Diniz, Luiz, Luiza).

    ResponderEliminar
  3. Acho o s muito mais suave que o z. Quanto aos th ia ter vergonha de usar, parece-me uma ostentação desnecessária. Mas tenho de admitir que Ignácio é mais bonito que Inácio. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quanto a Ignácio foi exatamente o meu pensamento. Nem parece o mesmo nome!

      Eliminar
    2. Também gosto mais de ver Ignácio...E Ignácia.

      Eliminar
  4. Acho que os THE e Z dão outra sonoridade!
    Filipa, gostava de saber se participou nos BLOG do Ano!?

    Bom fim de semana
    Beijinhos

    Adriana Melo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada por ter respondido!
      Já que não o fez, para o ano dou lhe o incentivo de o fazer para o ano!
      Assim como blog's de moda ajudam..este ainda ajuda mais futuros pais a escolher um nome para os seus filhos! Principalmente temos muita gente a pedir pares perfeitos e até uma mãe com 10 filhos!
      Parabéns pelo seu magnífico trabalho, Filipa!
      Por acuso sem ser o Facebook tem alguma rede social em que a podemos contactar e seguir?!

      Bom fim de semana
      Beijinhos
      Adriana Melo

      Eliminar
    2. Adriana, obrigada pelo incentivo! Não tenho o hábito de participar nestes concursos porque a maioria deles exige votação em massa dos leitores fiéis. No meu caso, apesar de o número de visitas diárias ser elevado, a maioria das pessoas deixa de cá vir depois de escolherem o nome :D
      Tirando a página do Facebook, não estou activa em mais nenhuma rede social! Um beijinho!

      Eliminar
    3. Não acho que depois de escolher o nome deixem de cá vir. É viciante😊😊

      Eliminar
  5. Filipa, acho que acertaste em cheio! As grafias ridículas não vão "pegar", mas os Z nos nomes vão aparecer em força!

    ResponderEliminar
  6. Este "efeito secundário" da mudança já me convence bem mais :) Sophia, Luiza e talvez Ruy são os meus palpites para um regresso ao passado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sophia é à semelhança de Emma outro nome que acho que ganha com a grafia internacional! Na minha opinião, parece tão mais completo!

      Eliminar
  7. Desses gosto apenas de Luiza, embora prefira (de longe!) Luísa e Luzia a Luiza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que Louisa, com ou também parece antigo e gosto mais.

      Eliminar
  8. Acho bem o regresso destas grafias bem mais estilosas

    ResponderEliminar
  9. Tendo em conta que tive de alterar a grafia do meu nome quando vim viver para Portugal, acho q já vai tarde
    O Emma adoro tal como o Maxine.
    Alguns nomes acho muito exagerado mas gosto imenso das variações com th

    ResponderEliminar
  10. Várias vezes li comentários preconceituosos sobre nomes brasileiros e outros com grafias diferentes da portuguesa: que eram nomes enfeitados, inventados, falta de Cultura, e por aí...Mas então os nomes com grafia antiga já têm justificação? Para mim o resultado é o mesmo: a criança terá que soletrar o seu nome e numa turma estará a Sofia, a Sophia, a Sofie e a Sophie. Então serão distinguidas pela que tem ph, a que usa o f, a do ie? A confusão vai ser geral!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O último problema que o(a) Anónimo(a) refere não é algo novo, de todo. Turmas com 4 Marias ou 4 Anas há ao pontapé (ou não tivesse eu pertencido a uma). São distinguidas pelo apelido, ou 2º nome, ou inicial do apelido.

      Eliminar
    2. Tal como bem apontou, as críticas eram sobretudo a "nomes enfeitados, inventados". Neste caso, são grafias que o passado [muito] recente acaba por legititmar. Mas tem toda a razão, haverá necessidade de soletrar, porque como estamos habituados a uma grafia padrão, demorará anos até que alguém escreva instintivamente "Sophia", em vez de Sofia!

      Eliminar
    3. Sim, mas também basta soletrar uma vez para que essa pessoa saiba como escrever o seu nome.

      Eliminar
    4. Não é bem assim... Na nossa vida vamos nos encontrar com várias pessoas. As pessoas que estão sempre connosco (família e amigos) iram saber escrever o nome bem. Mas teremos sempre que soletrar o nome com outras pessoas que cruzamos, como: professores, médicos, trabalhadores de repartições públicas e por aí adiante...

      Eliminar
  11. Olá Filipa!
    Faz ideia se já se pode registar Baltazar? Em 2013, fomos obrigados a registar Baltasar e ficamos muito tristes, pois não fazíamos ideia que o z não era permitido... E já agora, pode alterar- se a grafia de um nome anteriormente registado doutra forma??

    ResponderEliminar
  12. Correção ao comentário anterior: foi em 2015 e não 2013 :)

    ResponderEliminar
  13. Pois, isto vai também trazer um fenómeno novo, o dos "nomes soletrados". A "Luiza" vai passar a ser, sempre que lhe perguntarem o nome, a "Luiza com z". A mesma sorte terão o "Ruy com y", o "Manoel com o" e a "Emma com dois emes", já para não falar da "Sophia com ph" (positivo ou negativo?, será a piada que vão ter de ouvir a vida inteira, as desgraçadas...).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me parece que o Ruy de Carvalho teve grandes problemas com o seu nome...

      Eliminar
    2. Será que não? Como sabe se não lhe perguntavam com "I" ou com "Y"? O senhor de certo não nasceu já a ser conhecido.

      Eliminar
  14. Filipa, que tal falar sobre os nomes da novela A Herdeira? Podem ter alguma influência no top deste ano, embora a novela só tenha começado em meados de Setembro

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)