Cícero

3.2.15


O nome Cícero é indissociável de Marco Túlio Cícero, uma das mentes mais brilhantes da Roma Antiga. Tem origem na palavra latina cicer, que significa "grão-de-bico"; na biografia de Cícero escrita por Plutarco, pode ler-se que o nome provinha de um antepassado muito honrado, que tinha uma verruga. Os os seus descendentes, mesmo sabendo que era um nome propício a brincadeiras, tinham muito orgulho em usá-lo e Marco Túlio Cícero era um deles. Quando as suas ideias começaram a destacar-se, houve quem o quisesse convencer a mudar de nome. Respondeu-lhes, com humor, que faria todos os esforços possíveis para tornar o nome Cícero mais célebre do que o do político Marco Emílio Escauro  [tornozelos tortos] e do que o do poeta Caio Valério Catulo [cachorro]". 

Cícero é um nome muito raro em Portugal e não sei se se usa no Brasil, mas uma vez que os brasileiros são muito mais abertos aos nomes do Império Romano, usando hoje em dia Caio, Marcus, Octávio, Júlio César, Marcelo, Lívia, Lavínia e Cecília, acho que Cícero poderia ser opção para quem gosta de nomes históricos e pouco populares. 

11 comentários :

  1. Giro! :) Da mesma linha, conheci há pouco um pequeno chamado Ciro. Nunca tinha pensado no nome, e soa-me tão bem...rola mesmo na língua!

    ResponderEliminar
  2. Esqueci de assinar acima: Vitória.

    ResponderEliminar
  3. Gosto. :)
    No Brasil, associamos ao Padre Cícero também.

    ResponderEliminar
  4. Gosto. :)
    No Brasil, associamos ao Padre Cícero também.

    ResponderEliminar
  5. Não gosto, mas no Brasil não é estranho, conheço alguns.

    ResponderEliminar
  6. Por falar em nomes do Império Romano, vi recentemente um filme sobre essa época, cuja protagonista se chamava Cassia. E não sei porquê, ficou-me no ouvido.

    Cícero também não me desagrada. É uma alternativa válida.

    ResponderEliminar
  7. Cícero para mim é poético... Ousado, diria. Por isso, difícil de ser aceite. Com a agravante de que todo e qualquer nome que tenha uma relação estreita com uma personalidade icónica é, à partida, posto de lado...

    ResponderEliminar
  8. Saudações Brasileiras, pesquisando o meu xará e mentor "Marco Tulio Cícero" no Google, eis que me deparo com essa simpática página.

    Sem acaso meu nome de batismo é Cícero, não em homenagem ao ilustre filósofo, orador Cícero, mas ao padre Cícero Rumão do nordeste brasileiro. Em uma promessa que minhã mãe fez ao padre de que se a dor de dente dela nascesse colocaria o nome do filho(eu) de Cícero.

    E eis que mais tarde este Cícero que lhes esquece se tornaria por vocação POETA, por experimentação FILÓSOFO e escritor por amor as letras, ideias, sentimentos e linguagem.

    Muitos místicos e espiritualistas creem que a própria criança antes de nascer intui os pais, sobretudo as mães, a lhes dar tal ou qual nome... enfim se assim for creio ter provocado a dor de dente na minha mãe, de outro modo me chamaria José.

    Atualmente escrevo sob o pseudonimo de CicBenSil, um acrônimo que inventei para resumir meu nome completo que é Cícero Bento da Silva.

    Abraços brazuca!!!

    ResponderEliminar
  9. Aqui no Brasil costuma se escrever Marcos, e estou fascinada com os nomes portugueses... Carminho, muito fofo! Realmente, aqui não se usa muito Cícero, veja mais Caio, Matheus, Arthur...

    Ingrid

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)