Filhos dos famosos - estamos de volta!

18.7.11

Enquanto estive ausente...

  • a Sophie, que tem um novo blog, já sabe que está grávida de uma menina que se chamará Ema. Ela partilhou a lista de nomes, mas acabou por se decidir por Ema, excluindo Alice, Clara, Júlia, Margarida e Matilde. Agora ficará com um casalinho, Martim e Ema. Gosto muito. E desejo muitas felicidades à Sophie!
  • nasceu a filha dos Beckham, Harper Seven. Se nos filhos anteriores o casal ditou a tendência, desta vez limitou-se a segui-la. Harper é o chamado "trendy name" e tem sido muito usado em Hollywood. Para apimentar a coisa, acrescentaram-lhe um número - o da perfeição, justificam. E eu pergunto-vos: se pudessem, utilizariam um número no nome?
  • foi divulgado o nome do bebé da Natalie Portman, sempre citada como exemplo de classe. Alef foi o nome escolhido, que corresponde a "A". Letra A. "Á". Muitos torceram o nariz, outros aplaudiram a ligação ao judaísmo, outros ainda disseram que é muito semelhante a uma qualquer variante de Alex e que portanto é aceitável. E eu pergunto-vos: se pudessem, utilizariam apenas uma letra no nome?
  • nasceu o menino da actriz Kate Hudson e do vocalista dos Muse, Matt Bellamy. Bingham Hawn Bellamy. Reparem na força da aliteração. Parece que estamos a mastigar o nome. O pequeno Bingham recebeu um nome de família e será chamado de "Bing", diz o papá.
  • a supermodelo Miranda Kerr explicou que o segundo nome do seu bebé foi escolhido para homenagear o seu primeiro namorado, que já faleceu. E que o Orlando Bloom apoiou a decisão de utilizar Christopher. E eu pergunto-vos: utilizariam o nome de um ex-namorado, de forma a homeageá-lo?
  • a Laura Wattenberg, do The Baby Name Wizard,  publicou um post muito interessante que acabou por descredibilizar um artigo sobre nomes de bebés publicado no conceituadíssimo jornal New York Times.

Agora, com alguma calma, vou tentar responder aos comentários e aos emails, de preferência até ao final da semana. Também vou continuar a actualizar-me sobre o que aconteceu no mundo dos nomes nas duas últimas semanas, porque esta sensação de estar à margem das novidades é estranha. E obrigada por continuarem a alimentar o blog durante as minhas férias!

7 comentários :

  1. E ainda...a Pink explica o significado do nome da filha:

    http://www.vidas.xl.pt/noticias/internacionais/detalhe/pink_explica_significado_do_nome_da_filha.html

    A cantora Ayo também explicou o nome da sua não sei é já onde está a noticia... A filha chama-se Billie-Eve, um jogo com a palavra Believe.

    Bem vinda de volta :)

    ResponderEliminar
  2. E sim daria um nome de um ex namorado a um filho sem problemas.
    Antes de ser um ex namorado foi de certo um amigo...uma homenagem como qualquer outra :)

    ResponderEliminar
  3. Eu sou fã do Muse, e se tratando de Matt Bellamy pensei que o bebê teria um nome mais excêntrico. A maioria dos meu amigos achavam que o bebê se chamaria Cydonia ou Zeta.

    ResponderEliminar
  4. Bem vinda novamente :)

    Só darei "sim" a resposta de colocar um nome do ex no filho. Caso fosse um nome bonito, o ex não fosse um idiota e meu marido concordasse, colocaria.

    De resto tudo NÃO!

    ResponderEliminar
  5. Bienvenue!!!!!!!!

    Espero que as ferias correram bem ;)

    Por ordem:

    1- Obrigado pelos Parabens. Tb gosto muito do nome, é pequeno e feminino QB. Queria um nome que fosse mesmo de menina e nao um que resultasse da transformaçao de masculino/feminino...bem que já soube que o masculino de Ema seria Emo (??!)

    2- Li numa revista que escolheram esse nome pq a Harper seria uma personagem da Disney na serie "Wizards of Waverly Place", os preferidos dos manos...
    Quanto ao nº, nunca daria a um filho meu

    3- Bem ja nos habituamos às escolhas excentricas dos americanos...desde nomes de fruta, numeros, pq nao uma letra. Agora pensando bem...num filho meu nao, mas pensando melhor Ema soa muito a M (socorro!)

    4- Nome dificil de prenunciar mas dá a sensaçao que escolhem o nome já com a intençao de usar o diminutivo (?)

    5- Acho que também daria sem problema nenhum. Tambem depende muito da relaçao que se tenha mas Christopher é lindo

    ResponderEliminar
  6. Quanto à questão dos números: nunca! Faz-me lembrar os reis.. =S

    ResponderEliminar
  7. Espero quem as férias tenham sido muito boas! :)

    Qto á Sophie, fez uma óptima escolha, gosto muito do nome Ema. Também porque me faz lembrar a única Ema, que conheci e que me acompanhou sempre até ao secundário, era a miúda mais gira, inteligente, feminina, mas ao mesmo tempo com um toque de maria-rapaz, adorada por todos!! Hoje é arquitecta. Felicidades Sophie!

    Quanto aos Beckham, pensei k iriam surpreender mais. E a minha resposta á pergunta é não.. é um horror e do mais frio que há chamar as pessoas pelo numero, quanto mais ter um número como nome! Detestava no ciclo que os professores nos chamassem pelos número que tinhamos, tipo eu era sempre o numero 11. Por isso, se pudesse não utilizava um número como nome.

    O nome Alef, não me parece mau de todo, e se tem ligação ás raízes da actriz é de aplaudir! Agora, eu também não colocaria uma letra como nome de um filho meu!!

    Bingham Hawn Bellamy ... não é que goste, mas a combinação soa me muito bem e acho fantástico!! Já o diminutivo Bing... faz me lembrar o Big Bang!! XD E é horrivel!!

    Utilizava sim o nome de um ex namorado, de um ex marido, ou de outra pessoa qualquer, logo que fosse ou tivesse sido alguém muito importante para mim e que me tivesse marcado pela positiva para sempre. Uma espécie de homenagem porque não!!

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)