Nomes da monarquia - Casa Real Norueguesa

4.5.11


Os nomes de hoje, escandinavos, afastam-se um pouco mais daqueles a que estamos habituados, pelo que quase não permitiu traduções, e as que fiz podem estar desajustadas. Agradeço possíveis correcções! Ainda assim, há sempre boas surpresas.

O rei da Noruega chama-se Haraldo [Harald]. O seu pai, conhecido como Rei Olavo [Olaf], tinha como nome de baptismo Alexandre Eduardo Cristiano Frederico [Alexander Edward Christian Frederik] e a mãe chamava-se Marta Sofia Luísa Dagmar Thyra [Märtha Sofia Lovisa Dagmar Thyra]. O rei Haraldo casou-se com a plebeia Sónia [Sonja], e tiveram dois filhos: 

a) princesa Marta Luísa [Märtha Louise], casada com o escritor Ari Micael Behn, mãe de 
  • Maud Angélica [Maud Angelica] - Maud é a forma medieval de Matilde e era também o nome da bisavó de Marta Luísa
  • Lea Isadora [Leah Isadora] - o nome Leah foi inspirado na Princesa Leia da saga Star Wars e pela "inventora" da dança moderna, Isadora Duncan
  • Ema Tallulah [Emma Tallulah]nome inspirado na actriz americana Tallulah Bankhead

b) príncipe Haakon Magno [Haakon Magnus], herdeiro do trono, casado com Mette-Marit (curiosamente, ambos os nomes são citados como sendo diminutivo de Margaret - Margarida), pai de: 
  • Ingrid Alexandra - Alexandra em homenagem ao bisavô
  • Severo Magno [Sverre Magnus]ambos os nomes pertenceram a reis noruegueses
A princesa Mette-Marit é também mãe de Mário (Marius), fruto de um relacionamento anterior.

Fiquei muito espantada com a história da inspiração na Guerra das Estrelas. Uma princesa verdadeira a inspirar-se no nome de uma princesa fictícia? Surreal! De qualquer forma, o resultado é muito bom - gosto mesmo muito de Lea Isadora!

9 comentários :

  1. Acho que essa mesma princesa afirma publicamente que fala com anjos, por isso... mas acho que o nome bastante bonito.

    ResponderEliminar
  2. Tive há uns anos na Noruega e adorei a história dos reis deles.
    Desde o século 14 que pertenciam à Dinamarca e depois à Suécia. Quando finalmente ficaram independentes já no século 20 decidiram que queriam uma monarquia e pediram a um príncipe dinamarquês para ser rei deles.

    Assim o príncipe Carl partiu para a Noruega levando o seu filho Alexandre.
    Quando lá chegou mudou o nome para Haakon, o nome mais usado entre os antigos reis noruegueses e mudou o nome do filho para Olav (o segundo nome mais usado).

    Foi um gesto muito apreciado na altura. De tal forma que ainda hoje o contam a todos os turistas que lá vão!

    ResponderEliminar
  3. Elle, não conhecia a história assim ao pormenor, que curioso! E História à parte, gosto bastante do Haakon herdeiro, acho que tem muito charme :D

    ResponderEliminar
  4. O nome da filha do príncipe Haakon é Ingrid, não Íngride.

    ResponderEliminar
  5. À data da publicação deste post escrevi Íngride porque era a única variante aprovada em Portugal mas, em meados do corrente ano, passou a ser aprovado Ingrid e, como tal, vou atualizar, obrigada!

    ResponderEliminar
  6. Alzira, creio que quis dizer que Maud é variante de Matilde ou Mafalda :)

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)