Vamos ajudar a Joana?

em 27/11/18


A Joana está grávida de uma menina e gostava muito que ela se chamasse Maria do Mar. A família, porém, tem uma opinião muito vincada e pouco favorável a respeito deste nome e Joana gostava de tentar perceber se é uma percepção generalizada. Assim, deixo-vos a pergunta: honestamente, o que acham deste nome? 

39 comentários:

  1. Eu não gosto, mas também não gosto de nomes compostos com Maria (ou Ana), nem tenho nenhuma ligação especial com o mar. É um nome que me faz sentido para quem goste de praia/mar, associo a essa ligação. Não conheço nenhuma, nem pequena nem adulta, mas não me causaria estranheza se conhecesse. Simplesmente não faz parte das minhas preferências, mas isso é totalmente subjectivo :)

    ResponderEliminar
  2. Eu acho que os pais são as pessoas que vão chamar mais vezes a menina, pelo que a unica opinião que devia contar era a deles XD

    Não é dos meus nomes favoritos, não colocaria a uma filha minha, mas não me parece um nome nada escandaloso. Vá em frente! Se ambos gostam de Maria do Mar, que seja Maria do Mar :)

    ResponderEliminar
  3. Adoro o nome, aliás, é um dos poucos nomes compostos com Maria que eu aprecio. E chamar "Mar" à menina é delicioso.
    Se eu fosse a Joana não ligava muito à opinião da família. Como com todos os nomes mais out of the box, os familiares acabam por entranhar mais tarde ou mais cedo :)

    ResponderEliminar
  4. Pessoalmente não gosto de nomes compostos com Maria. Acho que Maria fica bem sozinho. O facto de ser do Mar, é como Flor, Mel, Luz... Não gosto mesmo nada! Os gostos não se deviam discutir, não é? 😆
    Seja qual for a escolha da Joana, acho que se para ela e para o marido faz sentido que não se deve preocupar com a opinião dos outros (família incluída) porque acabam por se habituar ao nome de tal forma que o vão começar a adorar.

    ResponderEliminar
  5. Se a mãe e o pai gostam do nome... Não deixem que ninguém vos tire o direito de escolher o nome da vossa filha. É um presente dado com amor, de que ela irá gostar de certeza. Felicidades!

    ResponderEliminar
  6. Acho o nome Maria do Mar bonito! Não usaria porque acho um bocadinho beto, mas, como já foi referido, acho uma delícia chamar Mar a alguém. Não considero um nome nada estranho; é simplesmente original, sendo até já bastante familiar. Concordo também com os comentários que salientam que a opinião dos pais é a mais importante e que a família se habitua e até dou o exemplo da minha família: toda a gente do lado da minha mãe achava estranho, em 2002, o nome Constança, para a minha irmã. Hoje já ninguém se lembra dessa primeira aversão e Constança é um nome super normal e consensual, tanto na família como na sociedade em geral! Se gostam, vão em frente! Sinceramente, não vejo nenhuma razão forte para não pôr o nome (por exemplo, uma conotação negativa ou um impedimento pragmático).

    ResponderEliminar
  7. Querida Mamã Joana, estou a tentar engravidar do segundo filho há uma ano, sem sucesso. Uma coisa que me faz continuar a sonhar, é precisamente imaginar que nome escolheria, porque foi a 2° grande responsabilidade que tive para com a minha filha. Não disse o nome da mi há filha a ninguém a não ser ao meu marido, até ela nascer. Foi das melhores sensações que tive e uma das primeiras alegrias da maternidade. Nunca ninguém teve a ousadia de me dizer algo em relação à escolha do nome, também porque nunca deixei margem para isso. Gostam de Maria do Mar? Seja Maria do Mar! Crie distância da família em relação a esse tema. Eles acabarão por perceber que não tem rigorosamente nada a ver com isso. Até lá, diga que não sabem o nome, que tem de ver a cara da bebé e logo decidirão os dois. A minha filha chama-se Maria Constança, e um nome perfeito porque fomos nós só nós que o escolhemos. '

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faço votos de que as boas notícias cheguem depressa e que possa vir até cá contar-nos o nome escolhido! <3

      Eliminar
  8. Querida Mamã Joana, estou a tentar engravidar do segundo filho há uma ano, sem sucesso. Uma coisa que me faz continuar a sonhar, é precisamente imaginar que nome escolheria, porque foi a 2° grande responsabilidade que tive para com a minha filha. Não disse o nome da mi há filha a ninguém a não ser ao meu marido, até ela nascer. Foi das melhores sensações que tive e uma das primeiras alegrias da maternidade. Nunca ninguém teve a ousadia de me dizer algo em relação à escolha do nome, também porque nunca deixei margem para isso. Gostam de Maria do Mar? Seja Maria do Mar! Crie distância da família em relação a esse tema. Eles acabarão por perceber que não tem rigorosamente nada a ver com isso. Até lá, diga que não sabem o nome, que tem de ver a cara da bebé e logo decidirão os dois. A minha filha chama-se Maria Constança, e um nome perfeito porque fomos nós só nós que o escolhemos. '

    ResponderEliminar
  9. acho Mar demasiado masculino

    ResponderEliminar
  10. Primeiramente, parabéns e votos das maiores felicidades!

    O nome não me causa estranheza alguma. Eu, pessoalmente, gosto do nome Maria de ambas as formas, sozinho ou composto. E acho Maria do Mar tão delicado. Quando penso nele também associo imediatamente a uma forte ligação com o mar e a praia, a qual eu não tenho, só por isso é que não me imagino a usá-lo e isso é subjetivo, de resto acho-o muito bonito. Além disso, sou defensora que a decisão deve ser exclusivamente dos pais e se os dois gostarem e estiverem de acordo, não se deixem dissuadir pela opiniao dos outros, mesmo sendo família e verá que acabarão por se habituar e começar a olhá-lo com naturalidade (até porque o acho perfeitamente usavél).

    Beijinhos,
    Sofia.

    ResponderEliminar
  11. Nao gosto minimamente do nome. Nunca o usaria. E preferivel simplesmente Maria.Mas tambem ja cansa.

    ResponderEliminar
  12. Minha católica e meu pai evangélico a mãe e sogra se chamavam Maria mas nunca se deu bem com nenhuma delas,por isso não colocaria numa filha!
    Pra quem gosta e pode colocar vão em frente!

    ResponderEliminar
  13. Não gosto de jeito nenhum. Nomes relacionados ao mar: Marisol (lindo), Marina, Stella, Laíne, Maressa, etc...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E esses são mais bonitos do que Maria do Mar? o.O

      Eliminar
    2. Mil vezes Maria do Mar a esses nomes (que acho que alguns deles nem são permitidos cá)

      Eliminar
    3. Essa discussão é muito estimulante para quem gosta de onomástica. Grata por seu questionamento, pois ela nos leva à questões mais profundas sobre a cultura de um povo e não apenas a uma escolha pessoal. Estamos diante de 2 culturas (Portugal e Brasil) as quais se aproximam em alguns pontos e se distanciam em outros tantos. Pensando mais um pouco sobre nomes x cultura, poderíamos citar inúmeros exemplos entre as culturas. Segue alguns: Até que ponto é válido a escolha de nomes pertencentes a outras culturas? Nomes tipicamente lusófonos em países anglófonos; nomes indígenas na França; nomes africanos na Rússia.
      No antropônimo Maria do Mar, temos um substantivo próprio (Maria) e uma locução adjetiva (do Mar). Aqui no Brasil não é comum tratarmos locuções adjetivas como substantivos próprios. “É normal, porém não é comum”, particularmente nunca encontrei, nem ouvi falar de nenhuma pessoa chamada Maria do Mar. Aqui não existe isso. Baseado nessa diferença cultural é que eu acho totalmente estranho Maria do Mar como nome (substantivo próprio) e fui pensar em nomes que tivessem a mesma conotação que (do Mar) e são muitos... muitos nomes (substantivos) belos que retratam o mar, as sereias, as ondas.
      Concordo com a máxima que escolha de nome, precisa ser exclusiva da família pois é nesse momento que a história daquela pessoa começa a ser devidamente escrita, imbuída de significados e carga emocional. No entanto, nos foi pedido para opinar sobre esse antropônimo característico do universo português. Se esse pedido aconteceu ou foi porque a própria mamãe não estava tão convicta de sua própria escolha ou foi porque a Felipa queria provocar uma conversação sobre o assunto, como proposta do blog.
      Estou verdadeiramente grata a vocês por ter me proporcionado a elaboração desses pensamentos que há muito me acompanham.

      Eliminar
    4. Angélica, aí no Brasil seria possível comparar Maria do Mar a Maria do Carmo?

      Eliminar
    5. Oi Filipa, primeiramente queria te parabenizar pelo trabalho que fazes aqui no blog. Adoro tudo o que é de onomástica.
      Respondendo à sua questão: NA MINHA OPINIÃO não dá pra comparar porque Maria do Carmo são 2 substantivos próprios interligados por uma preposição.
      Além do que CARMO existe independente de "Maria do". Podemos encontrá-lo em compostos tanto no masculino (em terras lusas principalmente), quanto no feminino. Exemplos: Miguel do Carmo e Carmo Raquel.
      Carmo vem do hebraico e significa 'jardim de Deus' e existem vários outros nomes derivados dele: Carminho, Carmelita, Carmém etc...

      Essa semana saiu no site babycenter o ranking top 100 do Brasil 2018, onde podemos encontrar o composto Maria Flor (um substantivo próprio + um substantivo comum). Compostos assim existem aqui, mas não é comum...

      Entendestes?
      Um abraço,
      Angélica

      Eliminar
    6. Obrigada pelas palavras tão simpáticas! :)
      Quando perguntava se poderíamos comparar Maria do Carmo e Maria do Mar não era tanto no sentido gramatical mas mais penando na sua função de epítetos [no caso, de Nossa Senhora]. Se, à luz do uso de Maria do Carmo, seria mais aceitável pensar em "Maria do Mar"! :)

      Eliminar
    7. Filipa, conversei com algumas pessoas de diferentes idades e diferentes classes sociais e igualmente ignoraram a existência de "Maria do Mar". A pergunta que me fizestes é demasiadamente difícil, mas vamos lá... Por se tratar de "Maria" podemos fazer uma alusão à nossa senhora sim, porque todas as Marias tem essa conexão. Mas ainda assim, é estranho.

      Eliminar
  14. Olá Joana. Desejo lhe as maiores felicidades e muitos parabéns pela menina.

    Eu sou mãe de uma Carlota e um dos nomes que pensamos na altura foi Maria do Mar eu gosto muito do nome, mas devido à popularidade do nome decidimos excluí-lo da nossa listinha.

    Um beijinho,
    Sofia Menezes

    ResponderEliminar
  15. Se a mãe e o pai estiverem de acordo porque não? Não se intimidem pela opinião da sociedade. Os meus pais e amigos também não gostam dos mesmos nomes que eu e dizem que a criança vai ser gozada na escola por ter um nome diferente mas quem nunca foi gozado na escola? seja pelo nome, por usar óculos, aparelho nos dentes, ser magro, gordo, alto ou magro... há sempre motivo...
    Força Joana! Se o pai da menina estiver de acordo vá em frente e não desanime!

    ResponderEliminar
  16. Antes de mais, os meus parabéns à mamã e ao papá e votos para que a gravidez e parto corram pelo melhor.

    Maria do Mar é um nome lindo e dou-lhe os parabéns pela escolha. Maria é um nome de origem hebraica que significa, entre outras coisas, “senhora soberana”. “Senhora soberana do mar” parece-me poético.

    Na minha opinião, o desejo dos pais deve valer mais do que o resto da família, afinal são os progenitores da criança. Acho que devemos levar em consideração a opinião dos familiares mais próximos (pais, avós, bisavós, irmãos, etc.), sim, mas no final de contas a opinião dos pais deve ser soberana. Um nome como “Maria do Mar” não vai causar embaraço á criança, na minha opinião, portanto não percebo o preconceito. Acho que sem contexto também é difícil elaborar uma opinião mais precisa: porque não gostam do nome? É a sonoridade? Associam a algo negativo? Não gostam da conjugação? Quando dei o nome de Maria Antónia à minha filha também ouvi muitas piadas sobre o vinho (por causa da “Ferreirinha”) por parte dos irmãos do meu marido (até foi ele que insistiu no nome em homenagem às nossas avós). Entretanto, as pessoas habituaram-se.

    Para quem diz que o nome Maria já cansa, rótulos ridículos como “nome de beto” também já cansam. Como referi, a minha filha chama-se Maria e o nome não foi escolhido por “moda” mas como homenagem às mulheres importantes (mães e avós) da minha vida e da do meu marido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A falta de contexto foi propositada, para perceber se os comentários iriam ao encontro da visão dos familiares... :)

      Eliminar
  17. Não são os nomes que fazem as pessoas, mas sim as pessoas que fazem os nomes. Seja qual for o nome escolhido, quando a conhecerem vão apaixonar-se pelo seu nome.

    Sou mãe de uma Guiomar e de um Gaspar (gémeos) e ninguém da família gostava dos nomes até os conhecerem. Agora não os imaginam com outros nomes, essa é a magia dos nomes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Guiomar e Gaspar, que lindo!!

      Eliminar
    2. Boa tarde.

      Filipa Reino, também serei mamã de uma Guiomar muito em breve. Já sou mãe do Caetano e a sua perspetiva foi muito bem enunciada.

      Neste caso, identifiquei me totalmente com as suas palavras, inicialmente as pessoas também estranham Caetano e Guiomar, hoje já se habituaram e já não ligam =)


      Joana, eu acho que se o nome Maria do Mar é para vocês o melhor então é o que devem escolher. Eu gosto do nome, mas não colocaria a uma filha por causa da popularidade que já foi aqui mencionada inúmeras vezes!

      No entanto, o nome é muito elegante e acho que o seu gosto pessoal em conjunto com o do seu marido vão superar todos esses medos e receios que têm em relação à aceitação do nome por parte dos outros.

      Muitos parabéns e felicidades aos três. Que vivam sempre com muita paz, saúde e amor na vossa casa.

      Um beijinho,
      Raquel Faria

      Eliminar
  18. Maria do Mar parece-me um nome perfeitamente normal. É um composto "moderno" do clássico Maria. O que mais há por ai é compostos de Maria por isso não consigo perceber a estranheza. Penso que Maria do Mar seja dos compostos de Maria relacionados com a natureza mais populares, juntamente com Maria da Luz.
    Se os pais gostam do nome não sei porque não usar. A família eventualmente habitua-se à ideia e depois de conhecer a bebé vão passar a adorar.

    ResponderEliminar
  19. Olá. Parabéns Joana e votos de inúmeras felicidades!

    Concordo plenamente com o comentário deixado pela leitora, Filipa Nabais.
    Antes de mais deixe dizer lhe que o nome do seu par de gémeos é fenomenal. Adoro esta ocombinação de Gaspar&Guiomar é linda!! Parabéns!


    Joana, não sou a maior fã do nome Maria do Mar, devido à enorme popularidade de Maria. Mas sou sincera, gosto muito mais de Maria do Mar que Maria Inês, Maria Rita, Maria Francisca, por exemplo.

    Se gosta do nome e se o seu marido também, então força!
    Porque independentemente de tudo, da opinião de cada pessoa, esta bebé é vossa filha do vosso amor e merece o nome mais bonito na vossa ótica, neste caso— Maria do Mar!

    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  20. Joana,

    também já observei muito isso: a pessoa faz o nome e não o contrário. Após conhecerem a bebê, o amor por ela irá se estender ao nome, e não haverá mais críticas a ele. Estranho seria se o estranhamento ao nome fizesse desgostar a pessoa.

    Tudo de bom para vocês!

    ResponderEliminar
  21. Maria do Mar é das minhas combinações preferidas com Maria. Sou professora, tenho varias turmas de diferentes faixas etárias, não faltam Marias Inês, Leonor, Clara, adorava ter uma Maria do Mar!!! Coloquem o nome que gostam, não interessa a opinião dos restantes.

    ResponderEliminar
  22. Ao ler estes comentários, fico mesmo muito feliz! É tão bom encontrar mais pessoas que também concordam que os pais não devem valorizar excessivamente as opiniões alheias! <3

    ResponderEliminar
  23. Eu conheço uma Maria do Mar e uma Ana Mar (a Ana Mar deve ter uns 3 aninhos), eu gosto. Prefiro Maria do Mar a Maria Leonor ou Maria Inês que tanto se ouve. Aqui no Algarve as pessoas tem uma maior ligação ao mar/praia por isso acho super normal.

    ResponderEliminar
  24. Não estou a ver o que há que ter contra uma "Maria do Mar", que é um nome perfeitamente aceitável, bonito e evocativo duas realidades muito portuguesas a Maria e o Mar :)

    ResponderEliminar
  25. No que tange à religiosidade, o prenome composto Maria do Mar, embora de fato não exista essa construção formada pela Igreja como título de Nossa Senhora, possui uma ligação com a Virgem Maria, vez que nas leituras religiosas a presença do termo 'mar' é constante como referência, inclusive no próprio nome Maria que em latim significa "mares", plural de "mar". Também existe a expressão "Stella Maris" (estrela do mar) no ofício da Imaculada Conceição, assim como na Liturgia das Horas encontramos o hino "Ave, do mar Estrela". Ademais os prenomes compostos, que se ligam por preposição, têm conotação religiosa e/ou histórica.

    ResponderEliminar
  26. No que tange à religiosidade, apesar de não existir expressamente o epíteto Maria do Mar, contudo o termo 'mar' está intimamente ligado a Virgem Maria, por exemplo no próprio nome Maria que em latim significa "mares". No Ofício da Imaculada Conceição há a expressão "Estrela do Mar" (Stella Maris), e na Liturgia das Horas temos o hino "Ave, do mar Estrela". Ademais os prenomes compostos, que se ligam por preposição, têm conotação religiosa e/ou histórica.

    ResponderEliminar
  27. Acho que os pais é que devem decidir e não a família. Se os pais gostam do nome devem usá-lo na criança. Se eles colocarem esse nome no bebê com o tempo a família irá aceitar e usará normalmente.

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)