Virgínia

25.1.18


Hoje assinala-se o 136.º aniversário de nascimento da escritora Virgínia Wolf. Eu gosto bastante de Virgínia e achei que era um bom nome para abordar depois de ontem ter mencionado nomes que remetem para outras coisas. Neste caso, há uma ligação óbvia à palavra virgem - óbvia e incontornável, já que é este o seu significado. Mas sempre que menciono o nome Virgínia há quem fale de ser um nome muito propício a trocadilhos com a palavra vagina, o que, claro!, não é algo que encante particularmente quem está a escolher o nome para uma filha. Porém, isso não foi impedimento para várias famílias portuguesas ao longo do século XX, já que Virgínia era um nome relativamente comum até meados da década de 70 e, como tal, é possível que este seja o nome de avós, mães e tias de quem me está a ler! E eu, que até nem sou nada destas coisas, sou obrigada admitir que este é um daqueles nomes que eu acho que funcionam muito bem numa adulta, mas que talvez seja difícil de gerir para algumas crianças - e daí talvez o baixíssimo número de registos [um] em 2017.  
Ainda assim, é um nome de que gosto mesmo muito - longo, ritmado, com muita personalidade e que poderia ter como diminutivo o meu adorado Gigi. Ou Ginny, como é comum nos EUA. E já que falamos  nisso, sabiam que Virgínia foi o nome escolhido para a primeira bebé nascida entre os colonos ingleses em solo americano? O nome foi escolhido em homenagem à rainha Elizabeth I, a Rainha Virgem, que também está na origem da nomeação do Estado norte-americano da Virgínia. 

[ironicamente ou não, Virginia Johnson foi uma sexologista, pioneira do estudo do Ciclo da resposta sexual humana, cujo trabalho deu origem à série de televisão Masters of Sex]


9 comentários :

  1. É o nome da minha tia mais velha e também acho giro! :)

    ResponderEliminar
  2. Não! Ali no início da adolescência deve ser terrível!!

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho uma amiga com esse nome. Deve estar na casa dos 40.
    Gosto muito do nome. Acho muito usável. Nunca nem tinha feito essa associação com vagina.
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Conheço uma Virgínia na casa dos 40, realmente acho indissociável de "vagina".

    ResponderEliminar
  5. É um nome bonito, conheço bisavós, avós e netas com esse nome. É um nome de alguém com muita personalidade, que obviamente não pode ligar a trocadilhos...

    ResponderEliminar
  6. Amo a Virginia Woolf, e acho Virginia e Clarissa (seu personagem mais famoso, do romance "Mrs. Dalloway") bons nomes para quem gosta da autora. Na faculdade eu tive uma professora que fez a tese sobre a Virginia Woolf, e que chamou a filha de Clarissa como homenagem. :)

    ResponderEliminar
  7. Conheço uma senhora chamada Virgínia que tem mais de 90 anos. Sempre foi uma mulher de armas: emigrou para o Brasil aos 20 anos, viveu na Amazónia e, quando voltou, trouxe com ela uma indiazinha órfã. Apesar da idade ainda está muito lúcida e tem sempre muitas peripécias da sua vida para contar.
    Conheço ainda outra Virgínia que tem 35 anos e é uma mulher muito vistosa, cheia de energia e de estilo.
    Por causa delas acho o nome Virgínia muito bonito e interessante!

    ResponderEliminar
  8. Engraçada a escolha da foto para o nome. Não foi uma criança mas uma mulher sensual. Porquê ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que a explicação acaba por estar relacionada com o texto: é um nome forte, bonito, poderoso, mas que, na minha opinião, funciona melhor numa adulta!

      Eliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)