Filipa

15.7.15


O post de hoje tem de começar com uma ressalva: para mim, Filipa é o nome perfeito. Acrescento, porém, que não pretendo convencer-vos do mesmo, até porque a popularidade atual é algo que não me agrada nadinha e até já pensei em lançar uma campanha de desincentivação da sua escolha como segundo nome. 

Eu explico: Filipa é um nome popular em Portugal mas, felizmente, nunca se aproximou do topo do ranking e o seu melhor resultado foi em 1994, quando ficou colocado na 19.ª posição, com 733 registos. Desde então, tem sido cada vez menos escolhido e, em 2014, ocupou a 53.ª posição, sendo alvo de 146 registos. O problema é que, como segundo nome, ultrapassou a marca dos mil registos, sendo usado em mais de cem combinações diferentes, podendo ser considerado um segundo nome altamente previsível, a par de Sofia. Feitas as contas do número de registos como primeiro e segundo nome, foi o 9.º nome feminino mais registado em 2014. O lado positivo da coisa é que, muito possivelmente, destas mil e tal meninas, poucas serão tratadas por Filipa!

O uso de Filipa em Portugal remonta à Idade Média. D. Filipa de Lencastre foi rainha consorte entre 1387 e 1415 e, desde essa altura, é fácil encontrar registos de Filipas mas, na primeira metade do século XX, não era comum; foi reaparecendo em 1960 e, entretanto, estabeleceu-se como um clássico contemporâneo. 

Filipa e Filipe têm origem no grego Phílippos e significam "amigo do cavalos". Sei que a minha opinião não pode ser considerada isenta, mas acho mesmo que é um nome muito bonito, com uma sonoridade fresca e jovial, e acho que vai continuar a usar-se nas próximas gerações. Pessoalmente, adoro os diminutivos Lipa e Pipa - sim, admito que toda a gente gosta de fazer brincadeiras com a palavra pipa, mas sempre as considerei inofensivas! 


21 comentários :

  1. Tenho uma sobrinha lisboeta que é a Felipa. Cá no Norte é a Filipa☺☺☺

    ResponderEliminar
  2. Gosto de Filipa, mas gosto ainda mais de Maria Filipa :) Uma curiosidade, é permitido registar uma menina como Carmo ou tem de ser obrigatoriamente Maria do Carmo? Pergunto porque li algures no blogue que já é permitido registar o diminutivo Carminho.

    ResponderEliminar
  3. Adoro Filipa e ainda mais Filipe, fazem os dois parte da minha shortlist para um futuro rebentinho.

    ResponderEliminar
  4. Como Filipa que sou...digo que não gosto do meu nome :S não gosto da sonoridade e talvez por haver poucas, pelo menos como 1º nome, como 2º, conheci algumas e, sinceramente, a utilizar o nome, prefiro Filipa como 2º!


    Mas entre Filipa e Felipa (como alguém falou acima), prefiro sem dúvida Filipa!

    ResponderEliminar
  5. Horrivel!! Nome de homem transformado em nome de mulher...

    ResponderEliminar
  6. Acho que essa visão é muitíssimo redutora sobretudo porque não leva em consideração a forma de propagação dos antropónimos!

    ResponderEliminar
  7. Não gosto :/ Nem de Filipa nem de Filipe... por pura implicância minha, porque os nomes não têm nada de mal, simplesmente não me dizem nada.

    ResponderEliminar
  8. Gosto de Filipa e Filipe, são bonitos e elegantes! São escolhas seguras :)

    ResponderEliminar
  9. Sempre gostei mto de Filipa tem uma boa sonoridade e é mto fofo.
    Qto a Filipe n gosto.

    ResponderEliminar
  10. Não gostam da palavra? Da sonoridade? Associam a alguém que não gostam? A algum tipo de pessoa?

    ResponderEliminar
  11. Filipa uma curiosidade minha: como foi escolher a fotografia?

    ResponderEliminar
  12. Filipa é o meu primeiro nome e não tenho segundo. A minha família trata-me sempre por Lipa e nunca tive na mesma turma que eu outra rapariga cujo primeiro nome fosse Filipa até este ano, e somos as únicas Filipas na nossa escola com Filipa a ser o primeiro nome. Pessoalmente, gosto mais de Filipa como primeiro nome.

    ResponderEliminar
  13. Há nomes que na origem são masculinos e, posteriormente, surgiram as formas femininas correspondentes; outros há que ocorre o inverso, isto é, femininos na origem e só depois surgiram a forma masculina. Também há os que só apresentam a forma feminina ou masculina. Quanto aos nomes que possuem uma forma usada para ambos os sexos, estes não me agradam nem um pouco. O uso de nomes depende muito do lugar de nascimento da pessoa, inclusive de Região dentro de um mesmo país, por isso poderão estranhar nomes como Filipa, Gonçala, Sérgia, Fábia, Rodriga, etc.
    No Brasil, já faz parte de nossa cultura as formas Fernanda, Roberta, Marcela (masculinas na origem); no entanto não são aceitos os nomes Cristino, Sandro, Lúcio - em virtude do uso excessivo na forma feminina.

    Rita Acácia

    ResponderEliminar
  14. Escolher a fotografia não foi difícil; procurei uma menina morena, com uma imagem simples mas cool :) Mais ou menos como eu gostaria de ser se tivesse a idade dela :D

    ResponderEliminar
  15. Acho que Filipa sofre do mm mal de Sofia, é mtoo usado como 2ºnome...demasiado. Logo meio que "banaliza" o nome, e as pessoas nao pensam mto nele , pq "é apenas o segundo nome". Mas isolando-o, acho-o um nome simpatico , e divertido!

    ResponderEliminar
  16. @ApaixonadaPorNomes💛26 de outubro de 2015 às 01:41

    Acho lindo o nome Filipa!!

    ResponderEliminar
  17. Eu sou Filipa Alexandra. Amo o meu nome!!
    Obrigada mãezinha ****

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)