- Nomes ideais -
Nomes clássicos portugueses

22.10.14


Nos últimos tempos tenho aprofundado os nomes mais usados nos anos 80. Já referi aqui várias vezes que alguns dos nomes populares da altura deixaram de ser apelativos para bebés, mas acho que temos de deixar cair a ideia de que os pais dessa geração tinham um gosto um pouco duvidoso. As tendências mudaram [mudou o estilo de nomes e mudou o foco de influência dos pais...] mas há nomes populares em 2013 que, para mim, não são mais bonitos do que Cristina ou Tânia, por exemplo. É claro que todos conhecemos combinações menos felizes dessa época mas a verdade é que até nesse campo as práticas de nomeação permanecem iguais: haverá assim tanta diferença entre Matilde Sofia e Raquel Alexandra, ou daqui a vinte anos estaremos a reagir da mesmíssima forma perante os dois? Não estamos aqui a tentar descobrir a roda e sabemos perfeitamente que as modas são cíclicas e que são poucos os nomes que conseguem resistir à passagem do tempo. Podemos gostar mais deste ou daquele nome, mas a probabilidade de virem a ser olhados de soslaio daqui a uns anos é enorme. 

Já aqui abordamos a questão dos Nomes clássicos portugueses, mas refiz o exercício, baseando-me desta vez nas listas que publiquei aqui no blog dos cem nomes populares em Portugal em 1920, 1950, 1980 e na lista de 2010, e estes são os nomes que são comuns a todas elas e que também estavam no top 100 de 2013: 


Femininos

  • Alice
  • Ana
  • Carolina
  • Catarina
  • Helena
  • Isabel
  • Joana
  • Júlia
  • Laura
  • Luísa
  • Madalena
  • Margarida
  • Maria
  • Mariana
  • Rita
  • Teresa


Masculinos

  • Alexandre
  • Álvaro
  • António
  • Artur
  • Carlos
  • César
  • Daniel
  • David
  • Eduardo
  • Fernando
  • Filipe
  • Francisco
  • Gabriel
  • Henrique
  • Jaime
  • João
  • Joaquim
  • Jorge
  • José
  • Luís
  • Manuel
  • Mário
  • Miguel
  • Nuno
  • Paulo
  • Pedro
  • Ricardo
  • Rui
  • Vasco
  • Vítor


Note-se que há aqui ausências de peso, como Beatriz ou André mas, no geral, acho que reflectem bem os nomes mais consensuais ao longo dos tempos em Portugal. 

8 comentários :

  1. Nomes clássicos são os meus favoritos. Senti falta de Samuel na lista masculina. Filipa, poderia fazer uma lista dessa referente a nomes brasileiros, que tal?

    ResponderEliminar
  2. Antes deste blog nunca tinha visto o meu nome como típico dos anos 80, e sinceramente acho que fica bem a frente de alguns nomes agora na moda.
    Nasci em 1993 e conheço muitas poucas Tânias tive por duas vezes mais uma na turma em toda a vida, e nenhuma Tânia Cristina como eu... é curioso ter citado os meus dois nomes :)

    ResponderEliminar
  3. Adoro todos os nomes femininos dessa lista.

    Noto que faltam alguns dos mais populares nos nossos dias, como Matilde, Leonor, Rodrigo, Afonso, Gonçalo, Guilherme....

    É como a Filipa diz, as modas mudam. Nos exemplos que deu (Matilde Sofia e Raquel Alexandra) prefiro muito mais o primeiro porque não gosto nem de Raquel nem de Alexandra. Mas sim, percebo o que a Filipa quer dizer. Em ambos os caso, as escolhas recaem para nomes populares da época.

    ResponderEliminar
  4. Da lista feminina só gosto de Carolina e Catarina...

    ResponderEliminar
  5. O meu está na lista, assim como o do meu marido, e os dos nossos quatro filhos também! :)

    ResponderEliminar
  6. Mar, podia dizer o nomes..... :p

    ResponderEliminar
  7. Não sabia que meu nome, Mariana, era um clássico português. Que lindo! :)
    E também não sabia que os nomes que eu já escolhi para os meus futuros filhos, Álvaro e Helena, também eram clássicos!
    Só achei que encontraria Leonor nessa lista... Acho um nome clássico, elegante e muito bonito!

    ResponderEliminar
  8. Leonor não está nas listas que levaram à compilação desta lista, porque durante várias décadas era muito pouco usado em Portugal, mas seria um bom candidato a clássico! :)

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)