- Duelo de nomes -
Davi vs David

12.2.14


Por sugestão da Mary, o duelo de hoje opõe David a Davi. David é um dos nomes masculinos mais populares do momento e Davi também já está no top 100, apesar de só ter sido aprovado em Portugal em Dezembro de 2011. Este dado ajuda a explicar o súbito aumento de popularidade de Davi, que passou de 39 registos em 2011 para 80 em 2013, enquanto que os registos de David têm vindo a decrescer. 
Uma das características que mais aprecio em David é o elevado grau de internacionalidade enquanto que Davi me parece fazer tanto sentido quanto Davide, que também é aprovado. Neste duelo não tenho grandes dúvidas: para mim, o nome tem de levar o D final. Ainda assim, compreendo que para quem não pronuncia o D esta opção possa parecer um pouco arcaica. 
Qual é a vossa posição a respeito destes nomes? Não se esqueçam de votar! 



Número de registos de David

  • 745 em 2013
  • 914 em 2012 
  • 982 em 2011


Número de registos de Davi

  • 80 em 2013
  • 55 em 2012
  • 39 em 2011

Resultado da sondagem: 



36 comentários :

  1. Embora ambas as grafias sejam agradáveis, receio que no Brasil a utilização de David sempre gere dúvidas acerca da pronúncia, pois diversas pessoas falariam "Deivid".
    Acho que, por isso, considerando as peculiaridades de onde moro, optaria por Davi.

    ResponderEliminar
  2. David, o nome do meu bebé :) nasceu em 2013

    ResponderEliminar
  3. Se for Dávi como dizem os brasileiros prefiro.
    Se for mesmo Davi prefiro com o d no final!

    ResponderEliminar
  4. Concordo com Alda e com o post: para quem não pronuncia o "d", como é o meu caso, faz mais sentido Davi. Acrescento que bíblias traduzidas para o Português Brasileiro (pelo menos as que eu conheço) trazem Davi sem d no final. Acho que é o mesmo caso de Antônio/António. Mônica/Mónica, Sônia/Sónia, Otávio/Octávio... Dúvida: é Jacó ou Jacob em Portugal?

    ResponderEliminar
  5. Não aguento mais o nome Davi, aqui no Brasil é o 2° mais usado em 2013. Amo esse nome, porém não gosto da superpopularidade dele onde eu moro

    ResponderEliminar
  6. Pelas mesmas razões da Alda, prefiro mil vezes a grafia Davi.

    ResponderEliminar
  7. O meu irmão chama-se David e sempre se pronunciou o d no final..Davi parece-me erro...

    ResponderEliminar
  8. Escrevo e pronuncio o d final. Odeio a grafia Davide. Davi parece-me mais típico do Brasil, pois com o d final costumam pronunciar "Deivid".
    Penso que na pronuncia portuguesa não há grandes dúvidas, é DA-vid.

    ResponderEliminar
  9. Aqui em casa o meu filho do meio é David, com D no final. O critério da escolha do nome foi, como nos irmãos, a intercionalidade do nome.

    ResponderEliminar
  10. David é a escolha mais fiel, independentemente de se "pronunciar" o d ou não.

    Davi nasceu da mania dos brasileiros cortarem tudo "o que não lêem" a partir de 1943.

    Davide nasceu em Portugal da mania de que uma palavra não pode acabar em d.

    Em Portugal escreve-se Madrid e a pronúncia varia. Não faz sentido Davi em Portugal, tendo em conta a tradição ortográfica, mas cada um faça o que quiser.

    ResponderEliminar
  11. Mas é interessante haver estes "duelos" que no fundo opõem grafias.

    E existem imensos exemplos!

    Pegando logo em Franklim, já perdi o conta ao número de grafias que são aceites.

    ResponderEliminar
  12. Oh já te mandei um mail há dias, não sei se não recebeste!

    ResponderEliminar
  13. Fih, Davide não nasceu da mania dos portugueses é apenas a versão italiana de David. É o nome do meu namorado, e adoro a terminação com 'e' fica mais romântico e suave, isto apesar de adorar David.
    Davi para mim já não faz tanto sentido, falta qualquer coisa....

    ResponderEliminar
  14. Acho que hoje os nomes Valentim, Valentina e Amor mereciam um destaque!

    ResponderEliminar
  15. O meu voto foi para David. Ao meu ouvido a Davi parece que lhe falta algo...

    ResponderEliminar
  16. Mas porque é que Davi não faz sentido em Portugal?? os portugueses não sabem dizer Da-vi?? Acho que sim. Uns preferem David com o D, outros preferem sem o D. Assim, ficam todos contentes. Para mim são dois nomes diferentes e não o mesmo nome, porque se dizem de maneiras diferentes. Poderia dizer-se que não fazia sentido um deles, se ao dizermos fossem iguais, mas não são, há uma letra que diferencia os nomes. Tal como acontece com Lucas e Luca.
    Não me admira a subida de Davi e descida de David, creio que os portugueses estão cada vez mais abertos a nomes diferentes e modernos e noto que estes têm vindo a ganhar cada vez mais terreno, até mais que os antigos e clássicos.

    ResponderEliminar
  17. Neste momento tenho sete emails pendentes mas conto responder a todos no máximo até amanhã à hora do almoço, está bem? Ainda assim, não sei se recebi o seu, porque assinou como Anónimo :)

    ResponderEliminar
  18. Caro Anónimo das 14:55, claramente desconhece que o "d" em "David" pode ou não ser pronunciado, assim como em "Madrid". Ora, se em Portugal "Madri" não é aceite (como é no Brasil), "Davi" não faz muito sentido, porque claramente não é português.

    Atenção que acho bem que seja permitido (sim!), quanto maior liberdade de escolha, melhor. Só não o poria/aconselharia.

    ResponderEliminar
  19. Anónimo das 13:03, Davide até pode ser italiano, mas não é por isso que é aceite (aliás, os senhores do registo civil só agora começam a aceitar Diego, Enrique etc.). Passou-se foi o mesmo que Astrid(e). Os senhores não suportavam nomes portugueses que acabassem em "d".

    ResponderEliminar
  20. Fih, está enganada! Madri é aceite em Portugal! E Davi não é estrangeiro, é português. O novo acordo ortográfico diz o seguinte

    Os seguintes nomes de origem bíblica podem escrever-se de duas maneiras:

    Jó ou Job - b nunca pronunciado
    Jacó ou Jacob - b nunca pronunciado
    Davi ou David - d final pronunciado ou não

    As seguintes cidades espanholas Têm ortografia dupla:

    Madri e Madrid - d final pronunciado ou não
    Valladoli e Valladolid - d final pronunciado ou não

    Acredito que a admissão de Davi como nome aconteceu devido a este novo e atual acordo ortográfico. Por isso, Davi não é estrangeiro. Aliás é a forma mais portuguesa do nome, já que David é internacional. E que só na língua portuguesa se pode dizer Davi. Em qualquer site de onomastica podemos ler a cerca de Davi "Portuguese form of DAVID".

    ResponderEliminar
  21. Davi é a forma mais portuguesa do nome como a catarina disse, já que david é totalmente inglês. Faço das palavras da catarina as minhas. Que negócio é esse de estrangeirismo em Davi? Qual outro idioma que se escreve Davi se não o português? Por favor, vamos estudar mais um pouquinho e David não é bonito, sou muito mais Davi

    ResponderEliminar
  22. David é inglês desde quando?

    ResponderEliminar
  23. David é hebraico e usado em várias línguas, não é Inglês nem Português nem Chinês!
    Davi é a variante portuguesa para David...
    É mais usado no Brasil, é! O Brasil fala a língua portuguesa e usa a variante portuguesa deste nome, isso não faz do nome estrangeiro , que disparate! Preconceito! Essa mania dos brasileiros ?? Chama-se ortografia unificada para todos os países de língua portuguesa. Estude!

    ResponderEliminar
  24. Mas nenhum outro idioma se escreve Davi, procura em qualquer site de nome e estará escrito: Davi(forma aportuguesada dr David) por favor, isso é mais nítido que um gigante de 4 metros. Pode ser só para os brasileiros? Sim, mas que é a forma aportuguesada de David é

    ResponderEliminar
  25. Lembra-me o caso de Lucas/Luca... Eu prefiro seguramente David, sempre pronunciei o "d" no fim, e sempre ouvi pronunciarem dessa forma...por isso quando penso em Davi , penso num nome inacabado. Mas compreendo que quem pronuncie o nome sem o "d" possa preferir Davi, duvido muito que ultrapassará David em Portugal.

    ResponderEliminar
  26. Eu, ao ouvido, prefiro David, mas acho excelente que haja a opção Davi. Tanto Davi como Luca, parecem-me óptimas opções para quem quer fugir aos nomes muito comuns mas ao mesmo tempo não quer algo demasiado diferente. São excelentes alternativas, toda a gente conhece, toda a gente sabe dizer, são familiares, com um toquezinho de originalidade. Eu gosto!

    ResponderEliminar
  27. Para mim Davi tem que ser sem o D, adoro a pronuncia em português, DaviD tem que ser pronunciado como os norte americanos o fazem,a sonoridade do nome está relacionada a grafia. Sem dúvidas que acho lindo Davi... David não gosto!

    ResponderEliminar
  28. Fih, não fale mal dos brasileiros,coisa feia de se fazer e mostra a falta de educação e descriminação...Devia primeiro ver vossa pronuncia pois em Portugal muitas palavras tem letras a menos que no Brasil e muitas palavras são pronunciadas juntas suprindo assim letras,digo isso na certeza pois meu marido, que é português fala dessa forma, leu seu comentário e também acha que está em erro e descriminação. Só fico mesmo admirada com tanta discriminação,já que sei que gostam de copiar tantas coisas do Brasil como comidas, músicas, costumes,adoram as novelas, os atores, as roupas,até nomes das crianças estão a usar vários que são comuns no Brasil, então se descrimina o povo Brasileiro espero que tenha a dignidade de não copiar-nos em nada!

    ResponderEliminar
  29. David o nome do meu irmão e Davi o nome do meu filho lindos os dois.

    ResponderEliminar
  30. Para mim é Davi, eu sou brasileira e costumo escrever Davi. Um caso desses ocorreu com meu colega. Na antiga escola, todos o chamavam de "Deivid" devido a haver dois Davis. Então, ele se acostumou e na nova escola frequentemente há duelos entre Davi e David.

    ResponderEliminar
  31. Para quem mora no Brasil, o mais correto seria Davi - de acordo com as normas gramaticais. Nada de D no final. David vale a pena para quem quer internacionalizar o nome MESMO ou quer que a pronúncia seja exatamente "deivid". Acredito que com David, todo mundo ficaria perguntando: "como se fala?" ou "como você quer que pronunciem seu nome?" - Já que pode ser o jeito inglês (deivid) ou europeu (pronunciando "davi" mesmo).

    Vamos facilitar as coisas e deixar DAVI mesmo ;)

    ResponderEliminar
  32. Meu sobrenome é David- com D "mudo" no final. O sobrenome é uma abreviatura do HaBenDavid ( o filho de Davi) que posteriormente passou a ser pronunciando BenDavid ( Filho de Davi) até então mais uma vez mudado para David. É um sobrenome Judeu, peoveniente da casa de Davi. O rei Davo mesmo da biblia... Hoje é visto em famílias judias sefaraditas que fugiram para a Espanha etc...
    carrego comigo está historia da minha gente e do meu sobrenome David.
    Passo aqui no Brasil,e sou Brasileira o grande problema da pronúncia errada do meu sobrenome. Muitos pronunciam Deivid e são raros os que pronunciam corretamente que seria Davi. O d no final é apenas uma questão de grafia mesmo... Não é querer intercionalizar e nem enfeitar o nome. É uma grafia comum na Espanha, Portugal e etc...

    ResponderEliminar
  33. Eu acho a variação Davi ("Dáví") mais harmoniosa aos ouvidos. Sei lá, não gosto de David pronunciado "Deivid". Aqui no Brasil soa muito "internacional" e de forçada pronúncia, por isso não gosto. Entretanto, já vi exemplos de crianças onde o nome é escrito David, mas a família pronuncia Davi. O problema é que o menino sempre vai ter que explicar às pessoas como se soletra o nome dele pois todo mundo vai achar que é "Deivid". Por isso me inclino à variação Davi pois não precisa dar explicações, é Davi e pronto.


    ResponderEliminar
  34. O nome é David!Davi é um "nome"castrado.É terrível a ignorancia...!!!

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)