Filhos dos famosos portugueses - Francisca

30.10.13


Nasceu Francisca, filha do ator Ricardo Pereira e da esposa Francisca Pinto, que já eram pais de Vicenteque é uma verdadeira fofura!!
Gostariam de partilhar o nome com a vossa mãe? E ponderariam usar o vosso nome numa filha? 

Para ver mais nomes dos filhos dos famosos, basta aceder às listas de Filhos dos famosos portugueses, Filhos dos famosos brasileiros e Filhos dos famosos internacionais

13 comentários :

  1. Gosto muito de homenagens, mas não que os pais e filhos partilhem o nome. Acho que é bem mais bonitos, netos com os nomes de avós, bisnetos com o nome de bisavós, etc.

    Mas gosto muito do nome Francisca, por isso gosto da escolha na mesma :)

    ResponderEliminar
  2. aii esse é o meu dilema! tenho tb um Vicente com 4 anos:) e parece que agora vem aí uma menina...e adoro o meu nome..Letícia....na lista estão: Violeta, Clarice; Eduarda ..mas nenhum me agrada tanto como Letícia...tb adoro Cloé..mas acho que não tem nada a ver com o nome do mano....

    ResponderEliminar
  3. Pessoalmente, não gosto da ideia de pais darem o seu nome aos filhos. Percebo quando se quer homenagear uma pessoa que se admire, seja alguém da família, um amigo ou um artista, mas dar o próprio nome a um filho soa-me sempre a 'auto-homenagem'.

    Quanto ao caso em questão, pergunto-me se a Francisca e o Ricardo dariam o nome da mãe à filha se Franscisca não fosse tão bem aceite hoje em dia. E se o Ricardo se chamasse Salvador? O filho teria o nome do pai? :)

    ResponderEliminar
  4. Tive uma professora que colocou seu nome na filha: Edna Regina, aí pra diferenciar chamávamos a filha de Edinha, não gosto desse tipo de homenagem, quando é pra homenagear avôs ou bisavôs ainda vai...

    ResponderEliminar
  5. Acho o nome bonito mas não gosto de mãe e filha terem o mesmo nome.

    ResponderEliminar
  6. Seria incapaz de dar o meu nome à minha filha.
    1º porque detesto o meu nome e 2º porque acho que não tem piada nenhuma.

    ResponderEliminar
  7. Não gosto, embora essa homenagem no feminino seja mais original do que no masculino.
    Francisca não gosto, mas entendo que se esteja a transformar um nome mais aceite.

    No meu caso está fora de questão. Gosto tanto de nomes e o meu é tão banal para mim (e um pouco datado ou fora de moda)que existem milhares de outras opções.

    ResponderEliminar
  8. Regra geral, não gosto da ideia dos pais partilharem os nomes com os filhos. Cada um deve ter direito ao seu nome...
    Lá em casa gritarão "Francisca!" e respondem as duas ahahah

    ResponderEliminar
  9. Tmb não gosto muito quando pais e filhos partilham o nome...
    Gosto de Francisca e acho que Francisca e Vicente fazem um par bonito. E de certeza que os pais vão arranjar uma maneira de diferenciar mãe e filha através de um diminutivo ou algo do género.

    ResponderEliminar
  10. Pessoalmente acho horrível pais e filhos terem o mesmo nome (se bem que este é um nome bonito). Já alguém falou em auto-homenagem e é mesmo ao que me soa (que me desculpem as pessoas que não gostam de mais nenhum nome para além do seu de tal forma que o filho tenha de ter nome igual). Antigamente usava-se muito, hoje é mais para homenagear avós e bisavós. Nas famílias chiques então é mais que habitual ser António desde 1374... Mesmo assim, continuo a torcer o nariz. Manias! No meu caso, nunca o faria e ainda bem que não mo fizeram.
    Por acaso estava um bocadinho na expectativa com este casal, mas apesar de surpreenderem, foi pela negativa (e eu gosto de Francisca).

    ResponderEliminar
  11. eu sou uma dessas 'homenageadas', mas de 2ºnome (somos as duas Alexandra). acho bonito, mas acho que é estranho... e existem tantos nomes bonitos e diferentes (:

    ResponderEliminar
  12. Não sou fã de repetir nomes e jamais passaria o meu nome para uma filha, no entanto poderia repetir o nome da minha mãe Isabel ou da minha avó materna Vitória que são nomes lindos

    ResponderEliminar
  13. Não gosto quando pai e filho têm o mesmo nome e gosto menos ainda quando isso acontece entre mãe e filha.
    Com tantos nomes bonitos no mundo, repetir o nome não faz sentido. Além de dar um ar de quem nem sequer se preocupou em perder tempo a escolher um nome.
    Eu não daria a um filho meu nem o meu nome nem o do meu marido, por mais que gostasse dos nossos nomes.

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)