- Filhos dos famosos internacionais -
George Alexander Louis

24.7.13


E foi desfeito o mistério. George Alexander Louis foi o nome escolhido para o príncipe de Cambridge, uma escolha que não pode deixar ninguém de boca aberta, já que George era o preferido das casas de apostas e os três nomes integravam as listas das mais que prováveis escolhas. 
George é um nome muito comum entre os monarcas britânicos e é o último dos quatro nomes próprios do avô, o príncipe Carlos. Já Louis é o último dos quatro nomes do pai do bebé. 
Achei interessante a redução do número de nomes - três nomes é considerado "posh" e a combinação parece muito apropriada para os anúncios de nascimento do Telegraph. Quanto a Alexander, diz o Público que a imprensa inglesa o aponta como o nome preferido dos Duques mas, infelizmente, dentro de duas semanas já ninguém se lembrará do segundo nome do pequeno príncipe... 
Em 2011, George foi o 12.º nome masculino mais registado na Inglaterra, Alexander o 22.º e Louis foi o 68.º. São nomes clássicos e discretos, muito ao estilo da monarquia e, ainda assim, nomes muito comuns entre os bebés britânicos. 
Agrada-vos? 

Para ver mais nomes dos filhos dos famosos, basta aceder às listas de Filhos dos famosos portugueses, Filhos dos famosos brasileiros e Filhos dos famosos internacionais

35 comentários :

  1. Quando um repórter daqui do Brasil falou q poderia ser James, fiquei com tanto medo q comecei a torcer q fosse qq um outro nome, pq James me lembra motorista e não um Rei, não q os motoristas sejam inferiores, eu mesmo preciso mto mais de motoristas do q de Reis, mas voltando ao nome, achei mto apropriado. Louis poderia ser o primeiro nome :) mas td bem.. rs..

    ResponderEliminar
  2. Patrícia, também preferia Louis como primeiro nome, mas acho que remete muito para os monarcas franceses...
    Hoje vou fingir que acredito que, se fosse uma menina, iriam optar por Georgina ou Georgiana :)

    ResponderEliminar
  3. Acabei de ver a reportagem na TVI acerca do que os portugueses acham do nome do novo príncipe "Jorge Alexandre Luís"... Cheguei à conclusão de que os portugueses (incluindo eu) gostam de ironizar tudo! Então quando são nomes compostos acham muita piada, acho que é porque, na TV, estamos habituados desde pequenos a ouvir e associar nomes compostos a comédia, grande parte das personagens "bimbas" têm um nome composto. É uma pena...porque nos outros países podem juntar todos os nomes que é normal, aqui é mal visto. "nome não digno" para um príncipe. lol

    ResponderEliminar
  4. Tal como disse no comentário que diz, ainda no outro post, preferia Louis como primeiro nome. Podia ser George na mesma como segundo ou terceiro nome.
    Preservo muito a "originalidade" (que nisto dos nomes nunca há originalidade, há sempre alguém que já o escolheu) e as escolherem Louis como primeiro nome tinham a parte da história por ser o nome do pai e a parte da originalidade por ser o primeiro Louis da dinastia.
    Enfim, aquilo que eu penso não deve ter grande interesse visto que eu e a Kate já não falamos à muito tempo mas não deixa de ser a minha opinião.

    ResponderEliminar
  5. Anna, também vi a reportagem e tirei as mesmas conclusões. Mas na realidade o nome em Inglês soa-me bem enquanto em português me soa a um nome mas pobre. Eu sei que é um pensamento preconceituoso mas Jorge Alexandre podia muito bem ser alguém da minha turma. Agora que penso nisso até conheço um Jorge Alexandre... Deve estar radiante por ter nome de principe.

    ResponderEliminar
  6. Como já disse, não ma agrada nada!
    Não gosto de Jorge. Jorge Alexandre é muito mauzinho :D Em Inglês soa sempre a outra coisa, mas vai-se a dizer em Português e ...
    Eu preferia Alexander como primeiro nome.

    ResponderEliminar
  7. Não vi a reportagem mas se um editor acha que é interessante enviar um repórter para a rua para perguntar aos portugueses o que acham do nome, presume-se que ele próprio o acha "gozável".
    Em Portugal, Jorge é demodé mas estamos a falar de um contexto totalmente diferente. Seria mais ou menos o mesmo que por em causa Manuel para filho de um monarca português... Se há nome que representa bem a monarquia britânica, esse nome é George.
    Mas concordo que somos muito empertigados no que respeita aos nomes próprios :D

    ResponderEliminar
  8. Pois Alexandra, mas é mesmo isso... porque normalmente os "personagens bimbos" são pobres...
    Um inglês ao ouvir "Jorge Alexandre" deve, ao contrario de nós, achar que soa muito elegante. lol

    ResponderEliminar
  9. Anna, infelizmente acontece com muitos nomes... George é elegante, Jorge é "bimbo". Charles é elegante, Carlos é "bimbo".
    Apesar de não serem países muito distantes, culturalmente são muito diferentes.

    ResponderEliminar
  10. Eu não acho Jorge, nem Carlos,nomes "bimbos", apesar de não gostar de nenhum dos dois (principalmente Carlos). Os nomes compostos é que acabam por me soar a nome "bimbo". Mas sim concordo que culturalmente são muito diferentes. Gostava era de saber se os ingleses têm um lista de nomes que consideram "bimbos".lol

    ResponderEliminar
  11. Mas eu acho isso normalíssimo.
    Se em Portugal quem usa Jorge é na sua maioria bimbo ou pobre , vai ser visto como nome bimbo ou pobre. Se em Inglaterra George é usado pela classe alta e pela família real, é um nome elegante e aceitável. A tal história de que são as pessoas que fazem os nomes, neste caso duas culturas diferentes fazem o mesmo nome ser visto de formas diferentes consoante o país onde for usado, e nós temos noção disso, eles lá se calhar é que não sabem que Jorge cá é bimbo :D
    Já agora uma grande dúvida: Porque é que cá chamamos Rainha Isabel e não Rainha Elisabete? Será porque Elisabete soa a muito bimbo e Isabel mais elegante? Porque eu acho que é lógico que a tradução é Elisabete e não Isabel.

    ResponderEliminar
  12. Eu disse que ia ser George :) Pessoalmente gosto pois é um nome que me diz muito e será de certeza o segundo nome do nome composto para um futuro filho. Será que por cá, Jorge subirá de popularidade?

    ResponderEliminar
  13. Bah. Previ George mas preferia não ter acertado :P
    Mas é o que estiveram a dizer: por cá Jorge é demodé, logo George Alexander Louis não parece muito elegante.

    ResponderEliminar
  14. Mary, também me pergunto o mesmo já há bastantes anos. Se alguém souber a razão pela qual não a "chamamos" por Elisabete agradecia que partilha-se.

    Just a Dream, não acredito que suba de popularidade. Jorge vai ser visto da mesma maneira de sempre, como podemos ver pela reportagem da TVI em que os inquiridos mostravam o seu desagrado com o nome Jorge.

    Infinita, contrariamente ao que acontece com o nome Jorge Alexandre Luís, George Alexander Louis soa-me bem. Se calhar influenciada... sempre que penso no segundo sei que estou a falar de um futuro rei e isso parecendo que não cria logo outro impacto. Talvez se me anunciassem que o meu primo se chamaria George Alexander Louis em vez de Thomas não gostasse, porque sei que dificilmente primo meu chega a rei.

    ResponderEliminar
  15. Francamente é horrível seja George ou Jorge, os outros dois são só para "enfeitar" ninguém se lembrará deles. Olho para o bebé é tão fofinho parece um nenuco não tem nada nada carinha de George. Nem tem diminutivo, como Will e Harry. Mas compreendo que lá George seja como Dinis ou Afonso cá.
    Definitivamente não consigo gostar dos nomes tradicionais dessa familia real:)
    Não acredito que Jorge suba cá, é muito ultrapassado e os que há devem ser homenagens a pais!

    ResponderEliminar
  16. LOL!!! Não sou bimba nem pobre (graças a Deus) e pretendo usar Jorge como nome de um futuro filho. Acho que hoje em dia e cada vez mais um nome não define a classe social de uma pessoa... Acho que isso já foi mais que discutido por aqui. Conheço uma Leandra e uma Iara (nomes que para muitos é de pobres) que são de familias abastadas... Mas cada um tem a sua opinião e ainda bem que não gostamos todos do mesmo!

    ResponderEliminar
  17. Just a Dream, Jorge não é definitivamente um dos meus nomes favoritos mas até gosto do nome. É elegante, discreto, tradicional e acho que não envergonharia ninguém. Eu usei bimbo entre aspas por isso mesmo... Acho um nome bonito apesar da maioria das pessoas o achar "bimbo". Não o usaria para um filho meu mas há nomes bonitos que eu não usaria por falta que coragem. Cobardia talvez... Enfim, opiniões cada um tem as suas e ainda bem que não gostamos todos do mesmo.

    ResponderEliminar
  18. Jorge é bimbo??? Pode-se gostar mais ou menos, mas bimbo é que não é. Bimbo é chamar a um miúdo português, Kenzo, ou Enzo, ou Alexia ou Ivana, enfim todos esses nomes "modernos" que as pessoas escolhem para serem originais e que, no fundo, são de um tremendo mau gosto.
    Uma casa real (ainda por cima a britânica que é bastante conservadora) nunca cairia no disparate de escolher um nome "moderno". George é um nome clássico, consensual e com História. Acho que fica lindamente no principezinho.

    ResponderEliminar
  19. Pela milionésima vez peço-lhe que faça um post sobre os nomes de pobres e bimbos porque há muita coisa a dizer sbre isso!!!!

    ResponderEliminar
  20. Realmente aqui chega-se à velha frase "gostos não se discutem".
    Se para a Teresa bimbos são esses nomes, para mim bimbos são nomes como Jorge, Carlos, Sérgio, Elisabete.

    bimbo
    adj. s. m.
    1. [Portugal, Informal] Que ou quem tem gosto considerado pouco sofisticado ou pouco evoluído.

    Quanto a "hoje em dia e cada vez mais um nome não define a classe social de uma pessoa... " era bom que isso fosse verdade, mas não é, não pelo menos no pensamento das pessoas.

    ResponderEliminar
  21. Não acho nada que Jorge seja um nome "bimbo". E concordo bastante com o que a Teresa disse. Querem uma aposta que Jorge se vai continuar a usar pelos anos fora e os Enzos e tal vão desaparecer num fósforo?
    Quanto ao nome do princípe, e tendo em conta a tradição e cultura britânicas, parece-me que faz todo o sentido. Eu não sou de todo simpatizante das monarquias mas parece-me a coisa mais natural que os nomes atribuídos aos herdeiros homenageiem os seus antecessores.

    ResponderEliminar
  22. Ah! E também acho que James teria sido também uma boa escolha. É um nome com uma sonoridade bonita. Nome de motorista???? Porquê???

    ResponderEliminar
  23. Ai ai... mas quem é que disse que o Princípe se devia chamar Enzo?? Acho que ninguém esperava tal coisa! Mas que haviam escolhas mais modernas entre as clássicas, haviam.
    Estamos a falar da visão de Jorge em Portugal, em Inglaterra George é uma escolha mais que normal para o príncipe. Mas em Portugal não é considerado clássico e muito menos elegante. Tenho andando a brincar e a dizer às pessoas que quando tiver um filho também vai ser Jorge, e é melhor nem contar a reacção delas, mas não é boa.

    ResponderEliminar
  24. Bem eu nunca gostei de Jorge, sobretudo porque me custa a dizer o JrG (tenho alguns problemas com os sons Jê Gê e o nome é um massacre). Mas a verdade é que não o considero um nome bimbo.

    Tenho familiares Jorge, tive bastantes colegas na escola e faculdade, professores, etc, etc com esse nome e nunca achei que fosse um nome bimbo. Em português considero-o fora de moda, mas não bimbo, acho que está ao nível de Carlos ou Mário. Nomes que ninguém duvida, mas que actualmente não se usam muito.

    Mas bem tb não gosto pela mesma razão de George, embora como faz o Ge or ge, parece que faz uma pausa maior e não me custa tanto a dizê-lo. Acho que é uma escolha segura. Sinceramente eu nem percebo muito bem porque tanta excitação com o nome do bebé, se já se sabia que ia ser uma escolha esperada.

    ResponderEliminar
  25. Mas Jorge, Carlos, Sérgio e Elisabete, não são nomes bimbos. Pode-se gostar mais ou menos, pode-se conhecer um tio de que não gostamos com esse nome, pode estar desactualizado, pode ser o nome do senhor labrego da mercearia. Mas são nomes sólidos, antigos, portugueses. Bimbo é querer fugir à História e inventar Jessicas e Vanessas e Jaquelines e outros que tais. Nomes que de raíz nem são portugueses mas que as pessoas acham muito moderno e original. E acho que não nos podemos esquecer duma coisa importante: se agora o senhor labrego da mercearia se chama Jorge, Manuel, Carlos ou António, daqui a 40, vai-se chamar Tiago, Rodrigo, Martim ou Santiago...

    ResponderEliminar
  26. Detesto o nome Jorge,é o segundo nome do meu irmão. Por estes lados Jorge Alexandre é nome de pobre por lá é um nome clássico e elegante é a cultura deles ninguém pode críticar. Em inglês não me soa nada mal mas em Português é pavoroso. Quanto a se chamar Isabel à rainha é pk Elisabeth em Português é Isabel. Claro que também já cansam os Rodrigos,Martins e Santiagos eram nomes que há uns anos tinham um encanto pk eram pouco comuns por isso mesmo é que eu à 25 anos atrás chamei Guilherme ao meu filho pk havia poucos e tal como à 20 chamei Dinis ao segundo e Martim e Gonçalo aos terceiros. Não haviam miúdos com esses nomes aos montes,eu agora dou por mim a chamar Martim no parque e a olharem dois ou três miúdos. São nomes bonitos mas já há em demasia. Mas com isto não estou a dizer para chamarem Enzo e Kenzo ou Vanesse e Jessica pk isso sim são nomes pavorosos

    ResponderEliminar
  27. Eu meto Jorge (nome que nem gosto muito) no mesmo saco de João, Daniel, Pedro, Vítor, Tiago, Carlos, José... Agora, é verdade que está ultrapassado, mas há muitos homens respeitáveis e com altos cargos que tem o nome Jorge.
    Associo mais Alexandre a nome bimbo do que Jorge.

    ResponderEliminar
  28. Eu tenho pena de Alexander não ser o primeiro nome. E confesso que não gosto de George ainda que perceba que culturalmente é um nome adequado para um futuro rei e que obviamente isso pesou na escolha dos pais.

    Em português o nome fica péssimo mas fazer o quê o menino é inglês não é português e em inglês não soa tão assim tão mal.

    Quanto a Jorge eu não gosto mas pronto são opiniões. Não diria que acho "bimbo" porque para mim "bimbo" são Cátias Vanessas, Jéssicas e companhia. Acho que é demodé, que não se ouve muito e que é um nome bem português e um pouco associado a classes mais desfavorecidas daí que algumas pessoas achem bimbo, saloio, e etc...

    ResponderEliminar
  29. Já agora, por falar em nomes compostos, conheço um casal que não é português, mas que vive cá que tem um menino com um ano e pouco. Eu sempre pensei que o menino se chamava David. No outro dia é que soube o nome completo, é:

    Otto David Samuel

    A justificação foi muito fácil, Otto é o nome do avô materno, David o nome que a mãe queria e Samuel o nome que o pai queria. Acho que eles nem pensaram se os três nomes conjugavam bem ou não, queriam estes três nomes e pronto assim ficou.

    Os pais tratam-nos por David, mas no infantário como existem mais David, tratam-no por Otto.

    ResponderEliminar
  30. Honestamente estava à espera que fossem mais ousados... Pessoalmente desiludiu-me um pouco, mas enfim entendo que há determinados protocolos que devem ter que seguir.

    ResponderEliminar
  31. Em Inglês, os nomes parecem mesmo de príncipe/rei. Em Português, Jorge Alexandre Luís, é horrível. Não gosto nem de Jorge, nem de Alexandre, nem de Luís. Em Inglês, gosto de George; não gosto de Alexadre (o diminutivo Alex até fica fofo); não gosto muito de Louis.

    ResponderEliminar
  32. Muito pessoal que comenta aqui é tão idiota pois diz que este ou aquele nome é bimbo e que uma pessoa ou que os país São bimbos pq escolheram determinado nome -.-
    segundo muitas pessoas que comentam aqui o meu nome é bimbo, de mau gosto e que certamente sou uma parola qualquer que adora pimba -.-
    Pois ainda bem que detestam o meu nome pois assim já nao é comum.

    ResponderEliminar
  33. Pessoalmente não gosto de George, acho antiquado e não gosto da sonoridade, mas se calhar é porque sou pobre e bimba. Também não morro de amores por Louis, a minha preferência vai para Alexander.
    Quanto aos nomes portugueses Jorge não me soa mal, mas foi de facto um nome muito utilizado pela classe média há trinta anos atrás, daí esta aversão pelo nome.
    Quanto aos nomes bimbos prefiro mil vezes Cátias, Vanessas e outros que tais do que Leonor, Carlota, Matilde que me soam mais a nomes de senhoras de terceira idade do que a nomes de criança.

    ResponderEliminar
  34. Gostamos ou não de alguns nomes em função das pessoas que conhecemos com esse nome e da ideia que temos dele e delas :)
    Talvez Afonso ou Tomás fosse um nome elitista há uns anos mas hoje é muito comum e tornou-se cansativo. Por isso tal como Jorge passará também de moda. Afinal tal como sucede com a roupa, quando é lançada uma moda, esta começa por ser usada por poucos até chegar a muitos e é aí precisamente que deixa de ser moda :)
    O encanto de Jorge neste momento é precisamente não estar na moda :)

    ResponderEliminar
  35. Um nome com tanta história bimbo?
    Jorge é um nome intemporal. Conheço Jorges de todas as idades feitios e medidas.
    PS: sou fã de São Jorge

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)