- Duelo de nomes -
Gil vs Jaime

2.4.13


O duelo de hoje opõe dois nomes que me agradam muito. Apesar de serem seculares, são também ótimas escolhas para um bebé nascido nos dias de hoje e integram o lote de nomes que apontei como tendência para 2013. 
Comecemos pelo mais pequeno. Toda a gente conhece o nome Gil mas, o que provavelmente escapará à maioria é que se trata da versão popular de Egídio, que significa "cabritinho". Em 2012 foi, juntamente com Rui, o representante dos nomes curtinhos no top 100; curiosamente, ambos me remetem para a Idade Média, tal como Gastão, Guterre, Garcia. E regressando à popularidade: foi o 80.º nome mais popular de 2012, com 49 registos, mais um do que em 2011. E não se esqueçam que a pouca popularidade não o torna num nome desconhecido para os portugueses, já que Gil Vicente (que foi pai de Gaspar e Belchior, e de Paula, Luís e Valéria) e Gil Eanes são figuras proeminentes da nossa história  e, no Brasil, não podemos deixar de mencionar o incontornável Gilberto Gil. 
Jaime, que em 2011 teve 49 registos e em 2012 teve 42, foi o 86.º nome masculino mais popular do ano passado.  Sendo uma das muitas variantes de Iacubu - que também origina o recém aprovado James - significa "que Deus protege". Este James foi ainda responsável pela utilização de Gemes que, entretanto, deixou de se usar. Em Portugal, um dos Jaimes mais notáveis foi Jaime Zuzuarte Cortesão que, entre outras actividades, foi um dos fundadores da revista Seara Nova. 
Apesar de serem mais discretos do que os nomes mais populares da actualidade, acho que Gil e Jaime são bonitos e vibrantes. Não são muito internacionais, mais Gil não anda assim tão longe de Giles e Gilles, e Jaime até pode ganhar com o destaque que a série norte-americana Guerra dos Tronos está a ter na atualidade, apesar de poder ser facilmente confundido com Jamie
O que pensam destes nomes e qual dos dois é que preferem?

Resultado da sondagem: 





24 comentários :

  1. Voto em Jaime sem dúvida! Gil é engraçado mas em termos de sonoridade parece-me meio incompleto.
    Eu conheço três irmãos pequenos cujos nomes são Jaime, Martinho e Caetano. Achei muito interessante as escolhas dos pais que chegaram a ser criticados por serem pouco originais e só darem nomes de cantores brasileiros aos filhos :P

    ResponderEliminar
  2. Filipa, queria pedir-lhe que apagasse o comentário anterior, ou que o republicasse com o meu nome-da-net, que é Mar. Foi publicado com o meu nome completo por engano, não gostaria que permanecesse assim.

    Obrigada! :)

    ResponderEliminar
  3. Eu voto em Jaime, porque tenho um dos nascidos em 2012. Logo, sou suspeita... Também gosto de Gil. Parecem-me é nomes completamente diferentes, em termos de estilo, dificilmente comparáveis. Gil é giro, mas demasiado curtinho para meu gosto, quase incompleto. Jaime é um clássico, internacional e simples, o típico nome da época da 1ª república portuguesa que caiu em desuso. Espero que não se torne muito popular, uma das razões da nossa escolha foi ser pouco utilizado.

    ResponderEliminar
  4. Gil não gosto, e para mim é demasiado curto.

    Jaime gosto mais, apesar do óbvio trocadilho por causa daquele lengalenga famosa. É relativamente internacional, também.

    É bom não serem demasiado populares. Entre 15 e 50 registos parecem-me boas apostas se for para fugir ao comum mas ao mesmo tempo ao raríssimo.

    ResponderEliminar
  5. Acho que nomes demasiado curtos como Gil não transmitem muita seriedade, importância... Qualquer adulto merece ter um nome com mais de 3 letras, ou, pelo menos, não-monossilábico! Vejo isso pelo meu pai. Acho que, com o apelido que temos, um nome mais longo lhe assentaria melhor.

    ResponderEliminar
  6. Dois dos meus preferidos mas o marido vetou! Os homens são uns chatos...

    ResponderEliminar
  7. Tambem gosto mais de Jaime! Filipa, no outro dia conheci duas irmãs com dois nomes que me deixaram a pensar na combinação nada perfeita que os pais fizeram. A Benedita que é a mais velha e a Oriana, na minha opinião são nomes que não combinam mesmo nada ainda para mais vindo de um casal com um certo estrato social. Quando soube o nome da mais pequena acho que até fiz uma careta involuntária, esperava mais uma Carlota ou Constança e não é que sai uma Oriana lol

    ResponderEliminar
  8. Não gosto de Gil, parece nome de desenho animado, concordo com a Sol não tem seriedade, nem os Gil Vicente e Eanes me convencem!
    Jaime gosto muito!

    Pegando no comentário da Joana, por acaso também conheço duas irmãs com nomes "nada a ver" um com o outro, a mais velha é Melanie e mais nova é Cecília. Costumo dizer que são o oposto um do outro, mas as miúdas também têm personalidades muito diferentes , portanto acho que encaixam perfeitamente nos nomes.
    Gosto de ver irmãos com nomes que combinam, mas não acho que seja "obrigatório"!

    ResponderEliminar
  9. Prefiro Jaime, apesar de considerar um nome estranho já que nunca conheci ninguém com esse nome..mas se alguém próximo de mim escolhesse esse nome ia adorar! Já Gil tb concordo que me lembra um desenho animado, o Gil da Expo etc..
    Em relação aos nomes terem de combinar, não concordo nada! Só faz diferença quando alguém pergunta o nome dos filhos e aí ao dizerem fica "mais bonito e poético". Vão ser pessoas diferentes... Eu falo por mim, nos meus nomes preferidos há curtos mas tb há compridos e alguns os sons não têm nada a ver. Eu prefiro Benedita e Oriana do que Benedita e Constança/ Carlota, assim como preferiria Bianca e Matilde a Bianca e Luana. =)

    ResponderEliminar
  10. Benedita pode não combinar com Oriana, mas também não combina com Carlota e Constança (estes 2 sim combinam um com o outro)...
    Benedita é um nome 100% religioso e combina com Belém. Ou com Salvador.

    ResponderEliminar
  11. Jaime! É um dos meus nomes favoritos para rapaz. Acho clássico, elegante, intemporal, não demasiado popular nem demasiado desconhecido, é relativamente internacional.
    Daqueles que sem dúvida vão entrar na minha lista de possíveis nomes para um filho.

    Eu até gosto de Gil. É um bocado pequenino demais para o meu gosto mas acho que é mesmo o único inconveniente.

    Mas desta vez votar foi fácil, Jaime, sem dúvida.

    ResponderEliminar
  12. gosto de Gil, gosto do som do nome, mas como é muito curto talvez usaria como um 2º nome.
    Com que 1º nome usaria???!!! Não faço ideia... francisco, fernando, antónio, afonso ?!

    Quanto a Jaime...
    é engraçado que era um nome que não gostava, mas tenho começado a ver com outros olhos.
    Gosto também do som, e de ser não curto, nem longo,
    5 letras, perfeito!

    Portanto, embora goste dos 2, o meu voto vai para Jaime.

    Já agora que 2º nome ficaria bem com Jaime?!

    ResponderEliminar
  13. Não engraço com Jaime, é nome de vilão de telenovelas! ahahahah

    Gosto de Gil :) há uns anos a conexão com o boneco da Expo98 era muito forte, mas entretanto acho que já se desvaneceu...

    Gosto de nomes curtinhos, mas acho que também se tem que relacionar com os apelidos... quem tem apelidos pequenos deve evitar nomes curtinhos; quem tem o último apelido comprido deve fazer ao contrário, sob pena da criança acabar de escrever o nome e já tiver passado metade do tempo de teste :P

    ResponderEliminar
  14. Maria Joáo, adorei o trio de cantores brasileiros :D

    Mar, acho-os semelhantes no estilo :)
    Quanto à credibilidade de Gil, não me parece abalada porque sempre o conheci como nome próprio, então não me parece diminutivo, mas concordo que fica mais ajustado com um apelido mais comprido do que, por exemplo, Sá...
    ´
    Sol, não conheço a lengalenga :(

    Joana, também acho o par Benedita & Oriana curioso. Concordo com a ideia de que os nomes não têm se combinar mas muitas vezes há um fio condutor evidente e, neste caso, não é fácil de detectar... Discordo, contudo, da ideia de que Benedita & Constança não se relacionam, porque vejo-os como dois adjectivos: Abençoada & Constante.

    Vivi, há um cantor chamado João Gil e um tenista chamado Frederico Gil. Em tempos, também conheci um Nuno Gil e gosto dos três!

    Quanto à mascote da Expo, juro que nem me passou pela cabeça enquanto escrevia o texto, foi mesmo um grande falhanço, até porque se bem me lembro,era uma homenagem a Gil Eanes, certo?! Creio que, apesar de a Expo 98 ter sido um acontecimento muito mediático a nível nacional, o facto de morar tão longe de Lisboa me afectou um bocadinho menos :D

    ResponderEliminar
  15. Filipa, muito obrigada por ter apagado o comentário!!

    Vilão de telenovela é genial, nunca tinha pensado nisso, mas até me agrada, que eu não gosto de personagens boazinhas, ahahaha!

    A lengalenga é: jai mejai mejai mejai, dito muito depressa (montes de gente nos diz isto quando revelamos o nome do pequeno: ah, é giro, mas vai ser muito gozado na primária). Eu nunca a tinha ouvido até ter o meu Jaime, pelo que não deve ser assim tão popular como isso.

    Eu gosto de nomes de irmãos que combinam. Nós temos quatro, acho que os nomes dos quatro têm um fio condutor e que não destoam. Mas também há uma evolução evidente, no sentido de escolher nomes menos "populares" para os dois últimos filhos.

    Acho que Benedita e Constança têm tudo a ver. Eu conheço uma Benedita pequenina irmã de uma Teresa e de um Tomás, e uma Benedita de 50 anos irmã da Benilde, do Belchior e do Ximenes. ;)

    ResponderEliminar
  16. Gosto de ambos os nomes e estavam na minha lista, mas o marido ñ aprovou. Jaimes só conheço com mais de 60 anos, e Gil conheço um com 20's...Mas acho os nomes perfeitamente usáveis e bonitos.Qto ás meninas Benedita e Oriana, eu gosto :)

    ResponderEliminar
  17. Não analiso por aí!
    Bela também é adjectivo e não combina com Constança, um é delicado outro pesado.
    Abençoada é um adjectivo que nada tem a ver com constante. Nem todos os nomes adjectivos combinam juntos só por serem adjectivos, porque também nem todos os adjectivos combinam, mas é só a minha opinião.
    Constança combinaria muito bem com Pilar.


    ResponderEliminar
  18. Tem toda a razão, serem os dois adjectivos não implica que combinem, mas tendo em conta que Constança costuma integrar a lista de "virtue names" ou "nomes virtuosos",vejo aí uma ligação religiosa, por mais estreita que possa ser!

    ResponderEliminar
  19. A sério? :D Também não é bem uma lengalenga, mas tinha num livro de lengalengas.

    - Diz Jaime muitas vezes seguidas e rapidamente.

    - Jaime, Jaime, Jaime, Mijai-me, Mijai-me, Jaime, Mijai-me, Jaime, Jaime (...)


    Experimentem por vocês. :D Desde aí sempre associei a pronúncia portuguesa do nome ao acto de ser urinado (em cima).

    Desculpem-me a linguagem profana. :D

    ResponderEliminar
  20. @Mar: mas olhe que isto já é mania minha de há muitos anos! :P É Jaime para vilões e & Bárbara para vilãs (se bem que no caso de Bárbara já penso assim mais por causa de uma pessoa de carne e osso...) - de qualquer forma, não há personagens boazinhas com estes nomes :P

    Já me tinham dito a lengalenga várias vezes, mas não a associo imediatamente com Jaime, só depois de me "avisarem", como é o caso.

    ResponderEliminar
  21. Essa historia do jai me jaime está relacionada c uma ravula dos gato fedorento!

    ResponderEliminar
  22. Adoro os dois.
    Conheci uma rapariga cujo nome proprio era Raquel Gil, a quem chamavam Gilinha, e achei muito giro e diferente.
    Gil é mais nome para complementar, sozinho fica a "boiar".

    Dica para segundo nome para Jaime:
    Jaime Pedro
    Nao me lembro de mais. Jaime tem um som muito forte, nao acho que fique bem com muitos nomes..

    E o meu voto vai para Gil

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)