Elsa

11.1.13


Uma das coisas boas de ter crescido numa cidade pequena foi a possibilidade de passar a minha infância na rua, a brincar. A minha mãe diz que se benze quando pensa nisso, mas eu fui uma criança verdadeiramente feliz! É claro que a liberdade se resumia à minha rua e à rua da casa dos meus avós, onde existia um quiosque cuja montra era absolutamente fascinante, repleta de bloquinhos de folhas cheirosas e cadernetas de cromos de tudo o que se possam lembrar que fosse colorido. E o melhor era quando a Dona Elsa, proprietária do quiosque, que nos conhecia de gingeira, nos deixava folheá-los à vontade. Serve este intróito para explicar por que é que, para mim, Elsa é nome de senhora de meia-idade que, preferencialmente, use óculos e tenha cabelo escuro e curto. Estão a ver a cara da Velma, do Scooby-doo? Essa é a minha Elsa e, portanto, não é uma imagem propriamente contemporânea... 
Antes de ser nome próprio, Elsa era um diminutivo de Elizabete (ou Elisabeth), o que justifica a existência da versão Elza. Desta forma, o nome Elsa está ligado a Liliana, Lisa, Ilse, IsabelIsabela e Elisa, entre muitos outros e o seu significado varia entre "prometida a Deus", "promessa divina" e "o meu Deus é satisfação". Ao que parece, popularizou-se a partir da Ópera Lohengrin, de Richard Wagner mas hoje em dia é um nome que não se ouve com frequência em bebés, como atestam os sete registos de 2011. Considero-o um nome perfeitamente normal em mulheres com mais de 30 anos mas, para um bebé de 2013, as três variantes a negrito parecem-me mais indicadas. Curiosamente, é um dos nomes cuja popularidade subiu na Espanha, em 2011.
Em 2014, num ano de grande mediatismo de Elsa, por causa do filme de animação Fronzen, Elsa foi registado em 12 meninas portuguesas. 

Obrigada pela sugestão, Acmsp!

8 comentários :

  1. Eu tenho um carinho mto especial por este nome, porque tenho uma irmã que se chama assim, a minha imagem deste nome é mto diferente da Velma lol, a minha irmã anda nos 30's , como as outras Elsas k conheço tb...mas acho k tem potencial para ser mais usado. Curioso é k tb tenho uma irmã k se chama Elizabete,sendo que Elsa e Elizabete estão interligados e eu já tinha descoberto aqui que Celina e Célia provêm do mesmo nome tb, o que significa que os meus pais sem saber escolheram os mesmos nomes para 4 filhas :) por isso estou tão curiosa acerca de Cidália (5ª filha), será que tb tem um elo de ligação com estes algum destes nomes?

    ResponderEliminar
  2. Tive duas colegas nas escola que se chamavam Elisabete e Elisa a minha madrinha também se chama Elisa.
    Curiosamente adoro os dois nomes, mas mais o nome Elisa, acho-o muito ternurento.

    ResponderEliminar
  3. Não detesto nem adoro. Não fez o clique necessário para o ter considerado a dar aos meus filhos. Mas tem alguns pontos a favor: um nome curto, com sonoridade agradável, original q.b. sem marca demasiado forte "etária" nem "fora de moda".

    ResponderEliminar
  4. Conheço só uma Elsa de 27 anos... Nao gosto do nome...

    ResponderEliminar
  5. Não é um nome que daria a uma filha, mas acho muito bonito. Tive uma amiga na faculdade, descendente de alemães, que se chamava Elsie. Gosto mais dessa sonoridade ou talvez porque me lembre da menina ruiva linda e inteligente com quem estudei. Tenho muita curiosidade sobre o nome Cidália também, porque é o nome da avó do meu marido, nascida em Aguada de baixo, e que não é nenhum pouco comum por aqui. Aliás, eu nunca conheci ou ouvi falar de outra Cidália, senão por esse sítio.

    ResponderEliminar
  6. Gosto de Elsa, é agradável, curto e, para mim, é um nome moderno. Não sei porquê agrupo Elsa com Vera e Dora. São modernos q.b, mas nunca verdadeiramente da moda.

    ResponderEliminar
  7. Alguem se lembra do "Ó Eeeeeelsa" do Festival do Sudoeste

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)