Nomes estrangeiros permitidos em Portugal
- Russel -

11.4.12

Ator Russell Crowe

Russel, que estamos mais habituados a ver grafado como Russell, em inglês, é uma derivação do nome francês Roussel, que significa "de cabelo ruivo" ou simplesmente "ruivo" (em francês, roux), pelo que era frequente a associação do nome aos pequenos" cenourinhas".
Apesar de não ser nada comum na língua portuguesa, acaba por ser permitido numa altura em que os nomes terminados em -el estão novamente em alta, com especial destaque para os nomes da moda Gabriel e Rafael. É o tipo de nome que provavelmente vão ter de explicar aos familiares mais velhos, mais familiarizados com nomes como Rosélia,  mas que as camadas mais jovens reconhecerão, sem grande dificuldade.
Russel não está tão longe quanto isso de Samuel e poderá ser uma alternativa mais moderna a Rui, nome que desagrada a muita gente por aqui, e ao muitíssimo bem colocado no ranking Rúben, que em 2011 teve 403 registos. Russel, por seu lado, não consta da lista de registos de 2014. 


7 comentários :

  1. Sinceramente não estou a ver Russel pegar neste momento. Porque os actuais pais não gostam muito de novidades. Mas se nos anos 70/80 tivesse aparecido um Russel, de certo que entrava na moda.

    Não acho um nome bonito, mas também não desgosto, acho que a terminação acaba por combinar em português. A verdade é que os novos nomes estrangeiros podem ser estranhos para nós, mas acho que Sónia também foi estranho para a minha avó :P

    ResponderEliminar
  2. Às vezes acho que mais valia aceitar os nomes estrangeiros do que andar com versões aportuguesadas.

    ResponderEliminar
  3. Olá
    Tropecei neste blogue enquanto pesquisava pelo nome Concha, nome que pretendo colocar à minha filha que nasce em Julho. Como pouco ou nada encontrei sobre as origens deste nome, além da óbvia origem espanhola, gostaria de saber se me pode elucidar um pouco mais sobre esta minha "escolha". Adoro este nome desde sempre, é curto, pouco comum e acho uma doçura para bebé. O único receio é que o mesmo não se venha a reflictir numa mulher adulta e que por ser pouco usual possa ser incompreendido no futuro e possivelmente alvo de piadas na escola. A outra opção será Madalena, mais comum mas quiçá o mais indicado.

    ResponderEliminar
  4. Não tenha nada contra Russel, mas imaginem Russel da Silva Dias...ou Pereira Sousa ou qualquer outro dos sobrenomes típicos portugueses. Na minha opinião não fica bem, a menos que a criança tenha um último nome que não destoe. Para mim esse é o "defeito" dos nomes estrangeiros ou aportuguesados, pois acho que destoam do resto do nome. Na vida social somos conhecidos pelo menos pelo primeiro e último nome, pelo que essa combinação vai ser dita e escrita muitas vezes. Não consigo enquadrar Russel com um típico sobrenome português, apesar da terminação -el, de não ser soar estranho, etc, para mim é demasiado "artificial". Espero não ofender as susceptibilidades, é apenas o meu gosto, nada mais.

    ResponderEliminar
  5. É um nome que encaixa bem em Português. Não vejo drama nenhum em retirar um ll, pior é Quévim e essas transformações doidas. Russel soa-me a familiar pela terminação.
    E por acaso a mim não me faria confusão ouvir Russel da Silva Dias. Não acho que destoe tanto assim.

    ResponderEliminar
  6. Inês, a resposta à sua pergunta estava a ficar tão longa, que decidi fazer um post a esse respeito.

    http://nomesportugueses.blogspot.pt/2012/04/nome-do-dia-concha.html

    Resumidamente, eu adoro o nome Concha, mas acho que as suas preocupações têm razão de ser...

    Xoru,h+a muitos relatos cómicos sobre a reação dos avós a nomes que hoje achamos perfeitamente normais... Nunca nos podemos esquecer que, seja em que altura for, há sempre uns papás mais visionários :D

    Sou cada vez mais contra o "aportuguesamento" de nomes que não têm equivalente na língua portuguesa. Se é legítimo integrar estrangeirismos noutras áreas porque não nos nomes próprios?! Há alguma criança que fique a ganhar com o proteccionismo do Estado, que a "obriga" a chamar-se Quévim em vez de Kevin? Não me parece....

    ResponderEliminar
  7. Já o disse uma vez. Russel faz-me lembrar sempre a Hussel dos chocolates. E também concordo com não encaixar muito bem com a maioria dos apelidos portugueses. É certo que com alguns até era capaz de soar engraçados, mas não com todos..

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)