Nomes diminutivos

8.6.11


A certa altura, nos EUA e na Grã-Bretanha, os pais começaram a atribuir aos bebés diminutivos, como nomes próprios. Já tenho dito que adoro diminutivos, pelo seu carácter de intimidade e ternura, mas ainda demonstro alguma resistência à maioria deles enquanto nomes próprios. Na verdade, nem são estes diminutivos que mais gosto: prefiro diminutivos mais inesperados, que não remetam logo para o nome em si. Alguns destes diminutivos ganharam autonomia, como Mia, Lia, Leo. Mas e os restantes? Conseguem pensar neles como nomes próprios, ou ficariam certos de que a Xica é na verdade Francisca e o Fredo, Alfredo?
Se quiséssemos copiar o exemplo, eis algumas possibilidades que encontramos na lista de admitidos:


Feminino

  • Alexa
  • Angelita
  • Anita
  • Anusca
  • Bela
  • Benita
  • Berta
  • Bia
  • Bina
  • Carminho
  • Carol
  • Clarinha
  • Córita
  • Cris
  • Dina
  • Fani
  • Gabi
  • Gina
  • Guida
  • Heli
  • Isa
  • Jani
  • Jéni
  • Jil
  • Joaninha
  • Julita
  • Juvita
  • Katie
  • Lana
  • Leta 
  • Lea
  • Lia 
  • Lici
  • Lila
  • Lisa
  • Lízi
  • Lízie
  • Macati
  • Madel
  • Mágui
  • Marilita
  • Marita
  • Marli
  • Martinha
  • Mia
  • Mila
  • Néli
  • Nely
  • Nice
  • Nila
  • Nina
  • Rosarinho
  • Susi
  • Tália
  • Talita
  • Teresinha
  • Tita
  • Xica
  • Zita






Masculino


  • Alex
  • Ari
  • Bastião
  • Berto 
  • Beto
  • Dino
  • Édi
  • Eli
  • Fred
  • Fredo
  • Gino
  • Gui
  • Guido
  • Jóni
  • Jovito
  • Leo
  • Lino
  • Lito
  • Manel
  • Marito
  • Max
  • Milo
  • Miro
  • Quim
  • Rai
  • Rúdi
  • Sáli
  • Telo
  • Tito
  • Toni
  • Vili
  • Vito
  • Xico




5 comentários :

  1. Gosto de muito poucos.
    Carol (Conheço uma pequenina)
    Gabi
    Ari
    Leo
    Rúdi (conheço um pequenino também .)
    Sáli (Acho que este nome é feminino! Tradução de Sally, não?)

    ResponderEliminar
  2. Conheci um Sáli rapaz... que por acaso é irmão da Zoe de que eu já falei noutro post... são quatro irmãos com nomes muito diferentes, existe ainda uma Caia (ou Kaya?) e um que era qualquer derivação de Marley, mas nunca cheguei bem a entender o nome... como é de reparar não é uma família portuguesa muito comum... vivem no meio da serra e têm uma banda de reggae ;)

    ResponderEliminar
  3. Pois, como eu conheço uma Sally, é complicado associar Sáli a um rapaz...
    Mais um nome "mistério".
    Esta lista de nomes, enfim.... Os óbvios têm classificação M/F, os não óbvios nada.

    ResponderEliminar
  4. Nos tempos da escola primária, tinha um colega chamado Sáli (Sálí), que era um ciganito muito vivaço, por isso não me faz confusão que seja considerado masculino!

    ResponderEliminar
  5. Só consigo aceitar diminutivo como nome próprio quando já está consagrado o uso, por ex. Rita, Sandra, etc. Alguns diminutivos coincidem com nomes já existentes, neste caso não há problema, a saber:
    Femininos - Dina (variante portuguesa do hebraico Dinah), Isa, Lia, Nina, Tália, etc.
    Masculinos - Ari, Lino, Tito, Vito, etc.

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)