Filhos dos famosos portugueses - Maria

4.6.11

Nasceu Maria, filha da apresentadora de televisão Olga Diegues.

Não querendo de maneira nenhuma intrometer-me na vida íntima do casal, acho que é altura de a Diana Pereira e o Tiago Monteiro terem outro bebé...

10 comentários :

  1. Ahahahah, olha também acho, e até podiam vir gémeos...um casal!
    Ia ser uma diversão por aqui a tentar adivinhar os nomes :)
    Viva a orginalidade!

    ResponderEliminar
  2. Por acaso eles têm jeito para escolher nomes, mas há uma coisa que me faz confusão. Se Mel não é um nome admitido como é que a filha deles tem esse nome?

    ResponderEliminar
  3. A menina não é só Mel, tem um nome antes ;) e sendo assim já pode, pois como 2º nome é admitido.
    Foi a própria Diana que o disse, só não disse qual o 1º nome, mas por acaso tenho curiosidade em saber qual será...Talvez Maria Mel.

    ResponderEliminar
  4. Não sabia. Obrigada pela informação, Rita :)

    ResponderEliminar
  5. Obrigada Rita! Essa questão já se abordou aqui algumas vezes, sem grandes certezas... A mãe do Tiago creio que é brasileira, também poderia ser autorizado dessa forma...

    ResponderEliminar
  6. Bem, do que eu sei, foi o que eu li num forum (PinkBlue), numa discussão á cerca do nome, alguém que a abordou (á Diana) através do Facebook com essa questão e ela respondeu, um pouco friamente, que a miuda tinha um 1º nome antes de Mel , sem adiantar qual. Também aposto que ela é constantemente bombardeada com essa questão... E não deve estar muito interessada em que Mel passe a ser um nome original a um nome da moda! :)

    ResponderEliminar
  7. a Mel da Diana e do Tiago não sei mas a Mel do Olavo Bilac é Alexandra Mel.

    ResponderEliminar
  8. Hummm... Opções ;D Eu até nem acho Mel muito apelativo, mas se de facto quisesse chamar Mel à minha filha, escolheria Melissa, com o diminutivo Mel. No caso, Alexandra é o nome da mãe, mas não acho uma combinação feliz. Ao dizer alto, pensei em Alexandra Melo.

    ResponderEliminar
  9. Pois eu também!
    Melissa, Mélanie, Melina, Melinda...acho os 4 nomes bonitos e óptimas opções para quem quer uma Mel... É preferível do que a criança/pessoa ter de carregar com um fardo de um 1º nome que não vai querer usar. E ter de explicar aos professores na escola que não é assim que quer ser chamada...Ainda é pior que um 2º nome!
    Mas são opções mesmo.

    ResponderEliminar
  10. Lá está, para quê ter um nome (primeiro ou segundo) que ninguém sabe ou utiliza? Tenho andado a pensar em nomes compostos e nas minhas opiniões restritas, que penso que devo ter horizontes mais largos, mas é por causa destes exemplos que realmente vejo o porquê das minhas reticências. A minha opinião é: se os pais adoram os dois nomes juntos, óptimo. Se optar pôr dois nomes no intuito da criança escolher apenas um ou por legalmente aquele que queriam não ser permitido, é disparate. Na escola, no consultório, nos documentos somos o nome inteiro, sobretudo o primeiro e o último. Por uma questão de coerência os pais devem amar o nome inteiro, mesmo que tenha vários nomes próprios (a harmonia que encontramos nas combinações varia segundo o gosto), agora ignorar o primeiro nome é, no mínimo, desperdício!:)

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)