Duelo de nomes - André vs Diogo

em 16/10/20


Quando escrevo um post aqui no blog, tenho sempre em mente que tenho dois tipos de público: as pessoas que seguem o blog porque gostam do tema e as pessoas que aqui vêm parar porque estão à procura do nome perfeito para o seu bebé. Estas duas audiências nem sempre estão em sintonia. Nós, aficionados, não queremos nada com os nomes populares e somos super sensíveis ao efeito do tempo nos nomes - o que é contrário àquilo que a maioria dos portugueses acaba por escolher. 

Muito possivelmente, os dois nomes que hoje coloco frente a frente não estariam na lista de quem aqui comenta habitualmente mas é muito provável que estejam a ser equacionados por muitas grávidas. Depois de vários anos no top 10, André & Diogo estão já numa fase de menor popularidade, mas continuam no top 40, o que mostra que continuam a parecer bastante apelativos. São dois clássicos contemporâneos que, apesar de serem medievais, soam de forma muito jovial e acho que são exatamente o tipo de nomes que agradam a quem não quer saber minimamente se um nome foi mais comum há dez anos e agora já não parece novidade. Porque a novidade não faz sentido para todos e essa é a razão porque os rankings são tão estáveis. 

O que é que vocês acham destes nomes? Qual é o vosso preferido? Não se esqueçam de votar - e se o estiverem a fazer através da versão mobile, encontram a sondagem no final da página!

12 comentários:

  1. O meu voto vai para André, nunca engracei nada com Diogo! Mas tal como a Filipa referiu, não seriam de todo opções para nomes dos meus futuros filhos.

    Luísa R. Valério

    ResponderEliminar
  2. considerando-me parte do público que frequenta o blog pela paixão e curiosidade pelo tema, confirmo que nem um, nem outro me agradam. nunca os considerei, nunca os admirei. para mim, desta vez, é um "tanto faz"

    ResponderEliminar
  3. Não gosto de nenhum mas prefiro André.

    ResponderEliminar
  4. Sempre gostei do nome André porque sempre tive amigos de quem gostava muito com esse nome, nunca foi, no entanto, nome que considerasse para um filho. Calhou o meu marido chamar-se André, por isso sempre fiquei com um em casa.
    Diogo nunca gostei...

    ResponderEliminar
  5. Prefiro André, na verdade nenhum dos dois me ofende e penso que qualquer menino com este nome tem um nome bonito, mas prefiro a sonoridade de André e acho que é mais animado, por assim dizer...

    Beijos,

    J

    ResponderEliminar
  6. Gosto de Diogo! André não é, de todo, um nome que daria a um filho meu. Mas Diogo, cheguei a equacionar.

    ResponderEliminar
  7. Gosto mais de André, tem uma terminação rara. Já Diogo termina em "o", bastante banal para nome masculino.

    ResponderEliminar
  8. André é o nome do meu irmão, por isso tem um grande significado para mim.
    Não desgosto de Diogo. Foi o nome escolhido por dois casais amigos este ano! ☺️

    ResponderEliminar
  9. Gosto dos dois.

    Quando era adolescente imaginava dar o nome Diogo a um filho meu, hoje em dia não o escolheria. =)

    Em relação a André, é um nome bonito, funciona bem em várias línguas e é intemporal. No entanto também não o escolheria para um filho.

    Mas acho que os dois são escolhas óptimas.

    ResponderEliminar
  10. Tenho 2 primos irmãos, são André o mais velho e Diogo o mais novo, bebés de 90
    Prefiro Diogo!

    ResponderEliminar
  11. Nenhum deles me entusiasma, mas escolho Diogo porque não tem acentos e tem um diminutivo mais fofo ("Di").

    ResponderEliminar
  12. Pertenço ao público alvo que segue regularmente o blog porque gosta do tema embora não esteja à espera de bebé. Gosto de ambos no sentido em que são “sonoramente bonitinhos”, mas não daria nenhum a um filho. Se tivesse que escolher, talvez escolhesse Diogo.

    ResponderEliminar

Obrigada por participar na conversa!
Credibilize o seu comentário, assinando sempre com o mesmo pseudónimo!
Num blog sobre nomes, vai mesmo optar por ser apenas Anónimo? :)