Ora digam lá o que acham de Sandiego...

9.11.16


Nas últimas 24 horas, toda a gente teve motivos para fazer publicações irónicas no Facebook. A Alberta Maques Fernandes estava muito estranha na RTP3, o Pedro Dias entregou-se às autoridades, o Donald Trump venceu as eleições nos EUA e... a Fanny confirmou que seu filho se vai chamar Sandiego. 
E eu pergunto: se os portugueses amam Santiago, se amam Diego, não deveria ser fácil encontrar espaço nestes corações para Sandiego? Mais se avisa que a Fanny não inventou o nome... estou aqui a olhar para ele no livro The Baby Name Bible, das autoras do reputadíssimo Nameberry

12 comentários :

  1. VR SILVA ( vera silva)9 de novembro de 2016 às 21:24

    Eu amo Diego, sou apaixonada, é o meu top 1.
    Simpatizo com Santiago, o que estraga para mim este nome é a sua popularidade.
    Por isso, não desgostei de Sandiego, junta um nome que simpatizo com um nome que amo e mostra algo completamente NOVO para mim, que não é popular.

    O nome não é mesmo inventado, pois o meu namorado conhecia 3 em França.

    ResponderEliminar
  2. Eu gosto. Aliás até acho mais bonito e original do que Santiago.
    Tenho 1 Tiago e 1 Diego. Adoro os nomes. Sandiego n me é de todo estranho. Gosto do nome.

    ResponderEliminar
  3. Acho interessante e diferente. Sandiego remete-me para a cidade de San Diego, o que não é habitual entre os nomes portugueses. Existem nomes como Brooklyn, India, Dallas, Paris, entre outros, que são bastante populares nos EUA. Não desgosto mas acho que é um nome complexo e espero que ela saiba que existe a famosa listinha portuguesa!! Conheço pessoas com dupla nacionalidade que não conseguiram registar os nomes que queriam porque para todos os efeitos tinham nacionalidade portuguesa...

    ResponderEliminar
  4. (Hoje acordei deprimida, pelo que é um alívio distrair a cabeça...)

    Gosto de alguns nomes de cidades, mas acho que Sandiego é esticar a corda XD

    Já agora, quem é a Fanny?

    ResponderEliminar
  5. Não gosto mesmo nada. Talvez porque não gosto de Santiago (que sempre conheci como apelido) nem de Diego (que me parece espanhol e sim, devo ser conservadora, porque para mim deveria ser Diogo e pronto). Além disso só me recorda a cidade e parece difícil de chamar " ó Sandieeeeeego anda cá"

    ResponderEliminar
  6. Não gosto de Santiago nem de Diego, muito menos da personagem que o vai dar à luz. Expliquem-me so uma coisa, afinal diz-se Diégo ou Diêgo?

    ResponderEliminar
  7. Não gosto, não tem nada a ver com a Fanny, nem com ser ou não inventado, simplesmente nunca percebi porque é que esses nomes viraram nomes.
    Porque é que Santo Isto, Santo Aquilo, se aglutinaram e viraram nomes?
    Porque é que alguém achou interessante chamar "Santo" a alguém? E como é que as pessoas já nem ligam e conseguem abstrair-se de que estão a chamar os filhos de Santo?
    E a derradeira dúvida porque é que Santiago e Sandiego são nomes e Sanpedro e Sanjoão não são? Onde está a diferença?

    Realmente, são nomes muito complicados para mim.

    ResponderEliminar
  8. Pessoalmente prefiro Santiago , mas achei a ideia da Fanny inovadora e diferente ao misturar 2 nomes que segundo ela adora..!

    ResponderEliminar
  9. O nome do meu irmão é Diego, mas não gosto de Sandiego nem Santiago. Pra mim é como se estivesse chamando alguém de santo e eu não sou religiosa.

    ResponderEliminar
  10. Só podia! A Fanny (já de si um nome brilhante) jamais daria ao seu filho um nome do género Pedro, Gonçalo, Afonso... Tinha de ser um brilharete pseudo internacional! Era o mesmo que a Luciana Abreu chamar as suas filhas de Isabel e Teresa... Jamais... Enfim, Sandiego, Santiago, Kyara, Jessica, Fanny, vai dar tudo no mesmo...

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)