Nomes estrangeiros para meninos portugueses

13.10.16


Esqueçamos os aportuguesamentos: hoje em dia, é perfeitamente possível registar um bebé português com um nome que, muito possivelmente, nos remeterá de imediato para o universo anglo-saxónico, com tudo de bom [nome internacional] e tudo de menos positivo [soletração, pronúncia errada] que isso acarreta. Hoje elenco alguns dos mais contemporâneos que estão presentes na lista do IRN: 


  • Brian, Bryan e Dilan
Brian & Bryan são de introdução recente em Portugal [Brian foi aprovado em 2012 e Bryan em 2016] mas são nomes com que estamos familiarizados. Bryan Adams, por exemplo, tem uma legião de fãs em Portugal que já atravessa gerações. Brian May, dos Queen idem. E Bryan Cranston, de Breaking Bad. Quanto a Dilan, ontem escrevi que era nome de músico de excelência mas agora posso acrescentar que é nome de cantautor galardoado com o Prémio Nobel da Literatura!  

  • Caleb e Jacob
Sei que não é inteiramente justo intitular estes dois nomes bíblios de estrangeiros, mas muito sinceramente, se vir estes nomes escritos numa folha, vou pronunciá-los "à inglesa", porque não têm tradição nenhuma em Portugal, por mais que os possamos ter ouvido aos domingos, na igreja. 

  • Christian e Jonathan
O sucesso do Cristiano Ronaldo não se estendeu ao nome, que tem vindo a perder popularidade desde os anos 1990 mas Christian tem a vantagem de parecer mais leve e cool. Ambos são bíblicos, com um significado marcadamente religioso [Christian significa cristão e Jonathan significa dádiva de Deus].  Estão às portas do top 50 nos EUA, num período de perda de popularidade que, no caso de Jonathan, foi maior em 1980 e, no de Christian, no ano 2000.  Compridos q.b., têm ainda como bónus os diminutivos Chris e Jon. 

  • Damien e Hayden
Damien está aqui com alguma boa vontade minha, porque esta variante é mais francesa do que anglo-saxónica, mas Damien aproxima-se tanto de Damian que mal se dá pela diferença. Já que Damião não consegue cativar os portugueses, talvez Damien, que é mais delicado, o possa fazer. Quanto a Hayden, trata-se de um nome inglês cujo significado só consigo traduzir como "colina pagã" [heathen-grown hill, em inglês]. Parece-me um nome super atual e juvenil, por associação à moda dos Jaydens, Braydens e Kaydens.  

  • Eric e Oliver
Aprovado em 2015, Oliver é atualmente o nome mais popular na Inglaterra portanto não podia ser mais contemporâneo. Eric esteve no top 100 português em 2009 e 2010; se em 2015 juntássemos os registos de Eric com os de Erik - que também é aprovado - seria o suficiente para chegar à 73.ª posição. Na minha opinião, se estiverem preocupados com inconvenientes relacionados com grafias e pronunciações, Eric e Oliver são das escolhas mais seguras, porque se adaptam muito bem à língua portuguesa!

  • Kevin
Não precisa de grandes apresentações nem de incentivo ao uso. Kevin já está na 57.º posição do ranking e só foi aprovado há um ano! E agora que podemos pôr de lado aqueles aportuguesamentos a que estávamos obrigados, o nome ganha outra vida! 

  • James e Liam
James e Liam são muito populares lá fora mas Liam, versão irlandesa de William [ou será apenas o seu diminutivo?!] também está em alta em vários países europeus. Acho Liam muito interessante. Aliás, para ser sincera, acho-o o mais bonito destes todos! E se estivesse à procura de um nome internacional, fácil de dizer, este estaria na minha lista, de certeza! 


  • Joshua, Micah e Noah
Noah já integra o lote de cem nomes masculinos mais registados no país, mas Micah e Joshua são duas das "novidades" de 2016. Quem procura um nome contemporâneo e totalmente credível [o carimbo da Bíblia tem sempre relevo], pode ter aqui uma boa oportunidade. Temo, no entanto, que a pronunciação de Micah [deverá soar a Máica] possa ser um pequeno obstáculo.

18 comentários :

  1. Tenho um Kevin. Adoro.
    Tb gosto de Caleb, Jacob, Oliver e Liam.

    ResponderEliminar
  2. Gosto de Dilan, Jacob, Hayden, Oliver e Joshua

    ResponderEliminar
  3. Adoro Caleb, Bryan e Liam!
    Só me remetem á Inglaterra!

    ResponderEliminar
  4. O meu preferido é Noah. Também gosto de Eric e Oliver. Simpatizo com Caleb, Kevin, James e Liam.

    ResponderEliminar
  5. no geral, não gosto desta lista. há tantos nomes portugueses lindos :)
    (falta Enzo, embora não goste nada :p)
    Mas Micah (pronunciado máica, sim) é mesmo bonito. Noah também me agrada. E Oliver é surpreendentemente adaptável!

    ResponderEliminar
  6. Gosto de quase todos :)

    Dilan
    Caleb
    Jacob
    Damien
    Hayden
    Eric
    Oliver
    James
    Liam
    Joshua
    Micah
    Noah

    Também adoro Aaron, Adam, Giani/Gianni e muitos mais!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E tenho um fascínio por nomes japoneses!

      Eliminar
    2. Eu tinha uma amiga filha de mãe japonesa, o nome dela era Yumi. Achava fofo. Só que a Yumi faleceu em um deslizamento de terra, daí uma das nossas amigas quando teve uma menina botou o segundo nome de Yumi. Ficou Maísa Yumi. Achei uma linda homenagem. ^__^

      Eliminar
    3. Adoro Yumi *o* Maísa Yumi ficou muito bonito! Linda homenagem mesmo <3

      Eliminar
  7. E aos poucos lá se vai o nosso património onomástico, substituído pelo da cultura dominante atual, a anglo-americana (repare-se que ninguém quer saber de nomes alemães ou chineses ou árabes). Um dia os antropólogos vão explicar como no início do século XXI a admiração parola por uma cultura estrangeira afetou a onomástica portuguesa. É mesmo isso que queremos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É! Eu quero lá saber que o património onomástico se vá, isso é importante para a felicidade do ser humano? É importante para a natureza? É importante para descobrir curas de doenças? Quero lá saber o que vão dizer os antropólogos! Não quero é que eles digam que o mundo evoluiu e Portugal ficou retrógrado... Vai acabar o reino das Marias? Estou muito preocupada, é capaz de ser o fim de Portugal.

      Eliminar
    2. Acho que o nosso património onomástico não se perde, os nomes "portugueses" vão continuar a existir, independentemente do número de nomes "estrangeiros" admitidos.

      Eliminar
    3. Cara anónima, não quis dramatizar, é claro que o mundo vai continuar a existir e que o património onomástico não é importante para a natureza nem cura doenças, como muito bem reparou. Mas o Mosteiro dos Jerónimos também não tem nenhuma dessas virtudes e isso não é razão para o transformar num parque de estacionamento de 10 andares, só para mostrar que o mundo evolui e Portugal não é retrógrado. Acredite que nem sou nada conservador nestas coisas, mas acho triste que o património imaterial se perca assim. Os nomes estrangeiros em Portugal são o equivalente dos chalés suíços plantados por alguns emigrantes por esse país fora: resultam de uma admiração pelo que vem de fora e de alguma ignorância em relação ao contexto nacional. Esperemos que um dia os nomes estrangeiros venham a ser vistos da mesma forma.

      Eliminar
  8. Eu não colocaria nenhum desses em um filho meu, mas vejo como usáveis Eric, Brian, Liam e Caleb. Os outros não vejo com bons olhos.

    ResponderEliminar
  9. Dylan gosto mas detesto a grafia Dilan.

    ResponderEliminar
  10. Gosto bastante de Oliver e Liam! Considero ambos usáveis até em Portugal. Também gosto de Hayden mas acho que em Portugal já seria mais problemático...

    ResponderEliminar
  11. Vai-me sair aqui o lado mais conservador, mas pronto: gosto de todos (uns mais do que outros) mas, a não ser que a criança tenha também ascendência de um país de língua inglesa, não gosto. Não quero ofender ninguém com o meu comentário, é apenas a minha opinião.

    Tendo já morado no estrangeiro, reparei que o meu gosto se deixa influenciar pelo ambiente cultural, e creio que muitos dos outros leitores do blog devem partilhar deste meu "tique". Sei perfeitamente quais são os meus nomes portugueses favoritos (ainda que a colocação no "ranking" varie bastante) e quais são os meus favoritos, por exemplo, na língua inglesa. Há nomes com lugar em ambas as listas? Alguns, especialmente para rapazes (nas suas respectivas versões). Christian e James, por exemplo, são dois dos meus nomes preferidos para rapazes. Gosto de Jaime, já Cristiano nem por isso... Ia buscar Christian se a criança nascesse com apelidos portugueses? Nunca... =P
    Mas que ninguém se ofenda, por favor...

    ResponderEliminar
  12. Gosto de Christian, Eric, James, Liam, Joshua, Micah e Noah =)

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)