Hum... mas não preferirias antes Lara?!

9.12.15


Não gosto de fundamentalismos mas há um princípio que não ponho em causa: a escolha do nome cabe aos pais. É evidente que defendo que deve ser uma escolha minimamente ponderada e sou a primeira a admitir que há nomes que nos encantam mas que talvez não sejam os mais adequados. Porém, havendo bom-senso e sendo uma escolha consciente, acho que cada um é livre de escolher o nome que quer para o seu filho. 
Dada a firmeza da minha convicção, foi com muita surpresa que dei por mim à espera de uma validação externa da nossa listinha, validação que sempre considerei desnecessária! Logo eu, que conheço como ninguém a reacção das pessoas à grande maioria dos nomes e que sabia de antemão que os nomes que temos em mente não são os preferidos de quase ninguém! Não é que a opinião dos amigos me faça mudar de ideias, mas admito que me tem afectado mais do que pensei ser possível. Resta-me despejar a culpa nas hormonas da gravidez e aprender a sorrir sempre que ouço coisas como "não preferirias antes Lara?"... 

24 comentários :

  1. Pois eu realmente faço ideia, não é deve ser fácil. . Mas firmeza aí na vossa escolha! :) Não se pode agradar a todos e o filho e vosso!

    ResponderEliminar
  2. Pois é... Acho que quando somos mais novos, nao queremos saber, e o nome que gostamos é o nome que gostamos, acho mesmo que os nomes mais originais sao dados por pais novos, quantos mais anos em cima mais cuidadosos e influenciados pelos nossos somos,claro que nao a é regra, mas acho que acontece muito.
    E o "nao preferias antes Lara" fez me rir, porque nao era um nome que associasse a si de todo lol

    ResponderEliminar
  3. Nunca pensei que sequer pondera-se chamar à sua filha Lara! Não é de todo um nome que associo aos seus gostos. Estava a espera de um nome diferente e não convencional.

    ResponderEliminar
  4. Parece-me que não ficou claro mas Lara está nos antípodas da nossa lista, mas foi uma das sugestões de uma pessoa amiga, depois de ouvir alguns dos nossos nomes preferidos! :)

    ResponderEliminar
  5. Concordo plenamente, a escolha do nome cabe aos pais. Por saber que toda a gente - amigos, avós, tios, primos e afins - iria querer mandar os seus "bitaites", decidi com o marido que só iríamos partilhar o nome escolhido quando o mesmo estivesse decidido. Ninguém soube quais os nomes que tínhamos em mente antes de decidirmos e ninguém sabe o nome que teria caso fosse menino. Quando soubemos que vamos ter uma menina, informamos que se chamará Maria Joana. Muita gente torceu o nariz, uns mais descaradamente, outros mais discretos. Mas também muita gente ficou agradavelmente surpreendida. E a verdade é que cada vez gosto mais do nome que escolhemos :)

    ResponderEliminar
  6. Fazes bem em mostrar que apesar da experiência passas pelas mesmas dúvidas que nós! Estas escolhas são para sempre e não estamos escolher nomes nomes para as bonecas!

    ResponderEliminar
  7. Olha Filipa, e por isso que não disse a ninguém o nome das minhas filhas antes de nascerem (tirando a família próxima), os palpites irritam-me, há sempre alguém que não vai gostar, e se forem muitas pessoas ate podemos por em causa a nossa escolha. Eu sou da opinião que os nomes estranham-se e depois entranham-se e cada vez gosto mais de nomes pouco comuns.

    ResponderEliminar
  8. É natural que incomode porque inconscientemente tomamos o ataque ao nome que queremos dar como um ataque ao nosso filho/a... O comentário mais parvo q recebi foi o que se viesse outra vez um Hitler para o poder o meu filho ia ter muitos problemas porque tinha um nome que se associa a judeus (isaac). Também muita gente estranhava o facto de termos escolhido esse nome sem termos ascendência judia ou sequer seguirmos alguma religião...

    ResponderEliminar
  9. É natural que incomode porque inconscientemente tomamos o ataque ao nome que queremos dar como um ataque ao nosso filho/a... O comentário mais parvo q recebi foi o que se viesse outra vez um Hitler para o poder o meu filho ia ter muitos problemas porque tinha um nome que se associa a judeus (isaac). Também muita gente estranhava o facto de termos escolhido esse nome sem termos ascendência judia ou sequer seguirmos alguma religião...

    ResponderEliminar
  10. Antes de mais, os meus sinceros parabéns pela sua gravidez!
    Certamente que a sua filhota terá um lindo nome, e que será escolhido tendo em conta as diversas vertentes a que a Filipa nos habitou a observar.
    Julgo que deverá ser raro, o anúncio de um nome de bebé de forma consensual, e confesso que temo a maioria dos nomes consensuais... tal como a Filipa também parece temer!

    O melhor é reservar o nome escolhido, e uma vez decidido, então ser anunciado. Opiniões divergentes e comentários menos apropriados são inevitáveis... aliás, disso faz o seu blogue vida!




    ResponderEliminar
  11. Compreendo-a muito bem...No meu primeiro Filho não dei sequer hipóteses a ninguém de dar palpites porque estava mais que decidido mas na minha segunda filha fiz precisamente o contrário é foi esgotante principalmente quando eu decidi o nome... Por não gostarem até um livro de 1000 me emprestaram... As tantas deixamos de pensar no que gostamos e começamos a pensar no que os outros gostam e acho que não deveria ser assim.

    ResponderEliminar
  12. E quais é que são os nomes dos seus filhos Rute M.? Não me leve a mal, estou só curiosa por saber :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que não levo a mal :) o primeiro filho é Rafael e a segunda é Edna :)

      Eliminar
  13. "Não preferias antes Lara" realmente tendo em conta o seu gosto pessoal tem piada. Mas é só por não ser um nome que associo a si porque até não desgosto de Lara (mas anda demasiado popular para o meu gosto).

    Acho que apesar de todas essas vozes o que importa realmente é que os pais gostem do nome, porque depois a família e os amigos acabam por se habituar.

    ResponderEliminar
  14. A nossa escolha de nome foi, surpreendentemente para nós, aceite com estranheza: Amália. Mas isso não me irritava e não me fez por um segundo duvidar da escolha. Na verdade achava divertido ver as pessoas tentar arranjar algo negativo ou a tentar justificar o estranhar um nome tão pouco estranho :)
    O melhor é não apresentar as alternativas ponderadas, dizer só o nome escolhido quando já estiver escolhido, quando não conseguimos imaginar qualquer outro nome no mundo que faça mais sentido. Aí a estranheza dos outros torna-se ainda mais evidentemente ridícula, até aos olhos dos próprios e passa a ser divertida para nós.

    Aposto que vai ter uma Boneca com um nome muito especial (são todos quando escolhidos com amor)

    Catarina

    ResponderEliminar
  15. Estou precisamente a passar por essa situação. As pessoas conseguem ser muito inconvenientes. Eu era INCAPAZ de comentar negativamente um nome que me estivessem a comunicar. Se me perguntassem a opinião seria honesta, mas se me dizem "A minha filha vai chamar-se Carlota" eu apenas digo algo simpático, mesmo que o nome não seja dos meus preferidos. A minha menina vai chamar-se Caetana, por preferência paterna à qual acabei por me render. E já ouvi de tudo. "Que nome horrível", "A miúda vai odiar, vai morrer de vergonha". Percebo que existam gostos diferentes, mas horrível?! Menos, muito menos... Desculpe o desabafo, mas mesmo tentando evitar é um assunto que me está a causar algum incómodo... Do que me apercebi dos seus gostos acredito que o nome escolhido será muito especial. Beijinho e felicidades

    ResponderEliminar
  16. Filipa, a minha prima está grávida de 8 meses e revelou-me hoje o nome da bebé: Simone. Nome que ela adora, mas a avó não gosta. Mas é como ela disse, a avó já teve as suas escolhas, agora é a vez de agradar aos pais.

    ResponderEliminar
  17. Eu sei que alimento um blog com opiniões sobre nomes mas acho que há uma diferença entre dizer que não gosto de um determinado nome e tentar demover alguém de uma escolha que apenas não vai ao encontro do meu gosto pessoal, optando por alternativas que não têm nada a ver com aquilo que está a ser partilhado :D Seria o mesmo que sugerir Edgar a quem me pede para opinar entre Lourenço e Salvador! :D

    ResponderEliminar
  18. Já te contei que a mim disseram "este é o ano dos Gustavos, conheço 3 já!!!" Really? São tão simpáticas as pessoas... Confesso que estou muito curiosa com essa lista! Parece que estou à espera do próximo episódio de a série :) Os pais são vocês e não se pode agradar a gregos e a troianos, por isso escolham o que vos fizer mais felizes! Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  19. O meu Jaime foi alvo de estranheza generalizada e até houve quem conseguisse transformar o nome em "mijei-me" (perdoem-me a palavra feia) dizendo Jaime rapidamente e várias vezes de seguida. E foi apresentado como definitivo! Boa sorte e um óptimo ano,

    Lúcia

    ResponderEliminar
  20. Também estou gravida e estou a habituar me a cara que as pessoas fazem à escolha do nome para o nosso menino. E o melhor é que dão sugestões para algo que já foi decidido pelos dois. Por isso Filipa faz ouvidos moucos e faz aquele sorriso que nós gravidas sabemos fazer :) e segue o teu coração.

    ResponderEliminar
  21. Oups! Lara foi o nome que dei a minha Husky!
    Uma coisa é certa desde que lhe dei o nome nenhuma Lara nasceu na familia e circulo de amigos lol pq sera?? :D

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)