Vera

25.9.15


Em casa dos meus pais há uma fotografia, tirada há precisamente 26 anos, em que eu estou em bicos de pés, a espreitar para um berço, com um arzinho embevecido. Lá dentro estava a minha irmã Vera
Ao que tudo indica, a minha mãe escolheu um nome que estava no top 25 na altura, deixando para trás Joana, Sara e Andreia, que eram os nomes do momento. Na verdade, a minha mãe já tinha escolhido o nome há muito tempo, porque se apaixonou em pequena por Vera Lúcia. O nome foi equacionado para mim, mas talvez eu não emanasse a luz necessária para o receber! 
Com o avançar dos anos 90, Vera foi perdendo espaço no ranking e em 1997 abandonou o top 50. Baixou da marca dos cem registos em 2006 e em 2014 ocupava a 99.ª posição do ranking, a pior desde 1990, sendo atribuído apenas a 39 meninas. Em Espanha, o nome está a fazer um percurso inverso e tem subido várias posições de ano para ano, entrando no top 30 de 2014; na Suécia, no mesmo ano, ficou na 27.ª posição. 
Apesar de reconhecer que Vera poderá estar demasiado colado aos anos 70 e 80, não me faz confusão imaginá-lo numa bebé. Não seria a minha primeira escolha (e, a usurpar o nome da minha irmã, admito que o meu coraçãozinho palpita mais por Lúcia) mas estou longe de o considerar um caso perdido! 
Vera deverá ter chegado a Portugal pelo italiano Vera que tem origem na palavra latina correspondente a verdadeira mas as suas raízes não se esgotam aqui, já que em russo remete para ou fidelidade. O Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa menciona a versão masculina, Vero. 

9 comentários :

  1. Porque é que se tornou comum a combinação de Vera com Lúcia? Conheço para aí umas 3 Veras Lúcias!

    ResponderEliminar
  2. Copio o que escrevi no post sobre Vera Lúcia : «Vera e Lúcia estão juntos porque correspondem a uma expressão latina que é até citada na bíblia, numa descrição de Deus e da palavra: "erat lux vera quae illuminat omnem hominem venientem in huc mundum".»

    ResponderEliminar
  3. Amo Vera e Lúcia! Até fica um par giro para irmãs, mesmo com a possibilidade de alguém perguntar "Tem a certeza que não se enganou? É Vera Lúcia, não Vera & Lúcia..." :p
    Agora a sério. Vera é dos meus nomes preferidos. Remete a essas décadas e é isso que acho fascinante: não perdeu o brilho! Enquadro-o no lote de outros nomes "datados" - peço desculpa se não o forem, mas na minha cabeça é assim que os rotulo - como Anita, Elsa, Lídia. Amo-os a todos ;)

    Filipa, aproveito para perguntar... estes 4 nomes ficam bem para irmãs?
    Anita, Elsa, Lídia & Vera. Fica mal a repetição dos sons "i" em Anita e Lídia e "é" em Elsa e Vera? Obrigada

    ResponderEliminar
  4. O meu nome preferido e aquele que quero dar a uma filha. Acho que é tão simples e elegante. Para mim tem aquela qualidade de não associar particularmente a nenhum tipo de pessoa ou classe social. Até gosto do diminutivo Verinha. :)

    ResponderEliminar
  5. Eu gosto muito e considerava-o para uma filha minha. É um nome curto sem ser muito moderno e tem o ar muito romântico.

    ResponderEliminar
  6. Adoro! e está na minha shortlist

    ResponderEliminar
  7. Eu tenho uma sobrinha e afilhada Vera... Confesso que não gostei muito da escolha dos pais, mas agora até já acho graça a Verinha. Além de que a miúda é uma graça! Para os meus filhos é a PrimaVera!

    ResponderEliminar
  8. è o meu nome graças a uma novela brazileira de finais dos anos 70 em que havia a personagem Verusketa e daí se deu o boom das 'Vera Lúcia'

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)