Ary & Ari

13.5.15


A lista de nomes mais populares em Portugal não é pródiga em nomes curtinhos, como Ari ou Ary. A ser rigorosa, em 2014, encontramos apenas seis nomes femininos [Ana, Eva, Ema, Lia, Noa e Mia] e menos ainda masculinos [Rui, Ivo, Gil e Ian]. Por aqui, já discutimos bastante a questão dos nomes com três letras e sei que não são consensuais. Há quem os ache desprovidos de conteúdo, tal como há quem os procure precisamente por serem despojados e por quebrarem com a tradição dos nomes mais compridos. 
Verdade seja dita, também não temos muito por onde escolher [poderão consultar a nossa lista de nomes curtinhos femininos e a lista masculina segue abaixo], já que são nomes pouco habituais entre nós. Ary, por exemplo, deverá dizer qualquer coisa a quem está familiarizado com o poeta Carlos Ary dos Santos e, neste caso, até creio que se trata de um apelido, mas não tenho a certeza absoluta. A origem de Ari tamém não é muito clara, mas poderá estar relacionada com o germânico Haric, significando "exército", com o hebraico Ari, que significa "leão" ou poderá mesmo significar "águia", pelo escandinavo. Curiosamente, é um dos poucos nomes que até me parece mais interessante com Y do que com I, o que é coisa rara. E pensando nisso, Ari e Ary até poderiam tornar-se mais populares, face ao elevado número de registos de Yara e Iara. Será assim tão "outra coisa"?


Lista de nomes masculinos com três letras, aprovados em Portugal:


  • Ari e Ary
  • Cid
  • Edo
  • Eli
  • Emo
  • Gil
  • Gui
  • Iag
  • Ian
  • Ivo
  • Job
  • Leo
  • Max
  • Mel
  • Mem
  • Mis
  • Nil
  • Noé
  • Nói
  • Oto
  • Pio
  • Rai
  • Riu
  • Rói
  • Rui
  • Udo


12 comentários :

  1. Não sou fã de nomes curtos e com Ari/Ary não será diferente. Mas desses amo Ian! Já de Yan não muito. Mas Yara acho muito melhor nessa grafia do que com I. Porém, só usarei Ian em um composto, mas precisamente para um segundo filho.

    ResponderEliminar
  2. Adoro alguns nomes curtinhos masculinos! Ari, Gil e Noé já fazem parte da minha lista há muito, muito tempo. Também gosto de Cid, Eli, Oto, Rui e Zoé :)

    ResponderEliminar
  3. Obrigada Filipa!
    Gosto mesmo muito de Ary! E também acho que prefiro com esta grafia apesar de não gostar de Y K ou W nos nomes próprios. Abro exceção para Ary porque visualmente é mais atrativo.

    Acho que também não era capaz de usar Ary sozinho, teria de lhe arranjar um nome companheiro para formar um composto bonito. De nomes assim pequeninos só gosto deste e de Noé (paixãozinha minha)!

    Houve um nome na lista que me suscitou curiosidade: Mem. Não sei rigorosamente nada sobre este nome e nunca conheci ninguém assim chamado. Mas também não sei como se pronuncia (é que neste momento estou a dizer "mãe" na minha cabeça) xD

    ResponderEliminar
  4. A mim lembra-me Mem Martins, e sempre ouvi dizerem como "mãe". "Mãe Martins"?
    Também sempre tive dúvidas quanto à pronúncia deste nome, mas calculo que seja como "bem" ou "nem".

    ResponderEliminar
  5. Ari foi um dos nomes que esteve na lista para o meu filho. E escolheria com "i", porque é uma grafia mais portuguesa. No entanto, a eterna conexão a Ary dos Santos (nada contra, só acho que é inevitável pensar imediatamente nele) fez-nos desistir desse nome. O mês passado conheci um Ary de 3 anos, filho de mãe portuguesa e pai estrangeiro. Como expectável, os pais do Ary tinham na possibilidade de ser menina um nome feminino também incomum, e à minha semelhança eram pessoas para quem esta escolha do nome incide em coisas pouco comuns e diferentes. Acho, sinceramente, que Ary continuará afastado das modas.

    ResponderEliminar
  6. Ah, Filipa, já agora, só algo engraçado que me faz sempre lembrar o blog. Sempre que vou ao Ikea vou um pouco à exposição onde há livros suecos nas estantes. Dou sempre de caras com um livro cujo autor ou título é "Martins basta", ahahah...é que eu já não posso com o nome Martim e dá-me sempre vontade de comprar o livro.

    Aqui fica o link, estou certa que mais pessoas já viram coisas deste autor nas exposições do IKEA

    http://www.bokus.com/bok/9789127355415/martins-basta/

    ResponderEliminar
  7. Ah, dizer ainda que desta lista de nomes gosto muito de Oto (que me faz sempre recordar o pai da Anne Frank), mas que acho que em Portugal pode não resultar bem (devido a "outro"). É o único além de Ari que gosto realmente. Depois há outros como Mis, por exemplo, que não desgosto.

    ResponderEliminar
  8. JR*, Mem é próclise de Mendo e isso talvez permita explicar "Mem Martins" em vez de Mendo Martins, uma vez que a substituição ocorre, por exemplo, quando o vocábulo seguinte começa em consoante...

    Sofia, é tão bom quando as pessoas se lembram do blog :D Pelo que percebi, nesse título, o S final deve ser possessivo, como em Inglês Martin's, porque o autor chama-se Martin Timell!




    ResponderEliminar
  9. O mais interessante é Cid.

    ResponderEliminar
  10. Eu tenho Rui no topo da minha lista se alguma vez tiver um filho.
    Ary nao gosto.. .
    Da lista acho interessante Cid, Mem e Gui.
    Gostava de saber o significado de Mis, nunca antes o tinha ouvido :0

    ResponderEliminar
  11. Olá Ana Filipa,

    Não tendo nada a ver com este post,mas sendo este blog "o blog dos nomes" :), acho que seria interessante abordar a alteração de nome da coleção "Anita" - alteração de Anita por Martine.
    Podia, inclusive, se achar interessante, efetuar uma sondagem, procurando saber a opinião dos leitores acerca desta alteração.
    Qual é o nome que deveria ter sido escolhido, tendo em conta o critério na universalidade (Martine, em Portugal, por exemplo, não é popular).
    Fica a sugestão. Obrigada.
    Telma

    ResponderEliminar
  12. Telma, adianto já que não gostei nada da alteração do nome.
    Gerações cresceram com esse nome, eu cresci com esse nome. Toda a gente sabe quem é "A Anita". Para gerações mais novas, que começam a pouco e pouco a conhecer a literatura portuguesa, os livros da Anita são um clássico precioso, e muitas crianças - e adultos! - identificam-se com a personagem.
    Mudar o nome é mudar a identidade da personagem, dos livros e das memórias de várias pessoas.
    Só gostam de mudar o que não é preciso...

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)