Raquel

3.12.14


Raquel sempre foi um nome comum entre as minhas amigas da geração de 80. Encontrei uma em cada turma que frequentei e acho que toda a gente deve conhecer uma Raquel na casa dos 30. Não tenho dados oficiais que me indiquem a popularidade deste nome antes de 1990, mas o SPIE diz-nos que houve um pico entre 1975 e 1979. Isto não significa, contudo, que seja um daqueles nomes que remete de imediato para uma década em particular, até porque estava no top 25 em 1990 e manteve-se colado ao top 20 até 2005, quando começou a descer no ranking. Hoje está na 53.ª posição, com uns meros 143 registos anuais e, curiosamente, foi registado mais vezes como segundo nome do que como primeiro - os 210 registos colocam-no na 15.ª posição de segundos nomes mais registados em 2013, com destaque para Ana Raquel que, ainda assim, só foi registado 18 vezes.

Para mim, Raquel não é um nome datado e parece-me tão usável quanto outros nomes "modernos" que conseguiram perdurar no tempo, como Sofia, Joana, Diana, Rita ou Marta. Não é propriamente uma novidade, um nome surpreendente, mas é uma escolha perfeitamente aceitável para os bebés de hoje, a meu ver. 
Raquel é um nome bíblico [irmã de Lia e mulher predilecta de Jacob], de origem hebraica, que significa literalmente ovelha e, por associação, há quem aponte o seu significado como "mansa". 

12 comentários :

  1. Gosto bastante, tb não o acho datado :)

    ResponderEliminar
  2. Que bom ver o meu nome neste blogue!

    Fico contente por não ser considerado um nome "datado" embora conheça apenas uma menina com nome Raquel e imeeeensas na casa dos 30, conforme foi referido.

    Só tenho pena de ser um nome muito usado para "combinar" e não ter direito a nome próprio na maioria das vezes.

    Eu sou Maria Raquel e achava foleiro ter o Maria porque havia Marias de Lurdes e Marias das Dores e não achava nada chique. Assinava (e assino) só Raquel.

    Mas agora é "chique" as Marias Franciscas e as Marias Teresas.

    Queria aproveitar para dar os parabéns a este blogue, não imaginei que este assunto desse tanto conteúdo e fosse tão interessante!

    E adoro as fotos!

    ResponderEliminar
  3. Frequentei a escola nos anos90 e sempre havia nas turmas 3/4 meninas chamadas Raquel nunca percebi bem porque.......
    hoje em dia e raro haver mais de que uma Raquel em cada turma
    mas não quer dizer que daqui a 20anos as turmas não voltem a estar cheias de meninas com esse nome

    ResponderEliminar
  4. Gosto do nome e acho-o um clássico... Se bem que admito que gosto mais para segundo nome... :)

    ResponderEliminar
  5. Eu gosto de Raquel. Acho um nome simples e doce, perfeitamente normal e até acho bom que hoje em dia não se use tanto.

    Para nomes de irmãos sugiro Marta e Pedro.

    ResponderEliminar
  6. Eu acho Raquel horrível, conheço umas e não gosto nada do nome, nem elas fizeram ajudar para eu gostar. Menos mal seria Rachel, mas ainda é péssimo!

    ResponderEliminar
  7. Eu tenho uma Raquel Margarida com 5 meses. Muita gente criticou o facto de dois nomes próprios, diziam que estava démode (mas se for Maria qualquer coisa, e de preferência chamar sempre os 2 juntos, já não é démode, é chique, enfim....). O Raquel escolheu o pai, embora eu também goste, e o Margarida escolhi eu, se fosse menino seria Pedro Eduardo! Curiosidade, a anestesista no momento da epidural perguntou como se ia chamar o bebé e fez questão de dizer que não gostava!

    ResponderEliminar
  8. Meu nome er RAQUEL so Raquel ñ ana Raquel,ana passado na minha turma era eu e outra q tinha o mesmo nome nos eramos melhores amigas e adoramos quando a Professora chama Raquel sempre respondia nos duas....������������

    ResponderEliminar
  9. A minha mãe é de 74 e chama-se Ana Raquel. Conheço 3 amigos com filhas com o nome raquel que têm entre 15 a 17 por isso acho que é um nome que me remete não só à minha mãe como a adolescentes.

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)