- Duelo de Nomes -
Martim vs Santiago

1.8.14


Quando um nome se torna muito popular no Brasil, sabemos que é apenas uma questão de tempo até o começarmos a ouvir em Portugal. O inverso não acontece tão facilmente, mas tenho-me apercebido de um maior interesse dos brasileiros por Martim e Santiago, dois nomes que alcançaram um sucesso incrível por cá nos últimos anos - Martim foi o terceiro nome mais registado em 2013, enquanto que Santiago foi o quinto. Sobre os dois, não há nada de novo a acrescentar ao que já por aqui fui escrevendo: Santiago é a nova coqueluche dos nomes masculinos em Portugal, estatuto que anteriormente pertencia a Martim. Ambos são apelativos, ainda que por diferentes motivos. 
Martim usa-se desde os tempos medievais num passado recente, pouco se escutava fora das famílias aristocráticas; surgiu no seguimento da moda dos nomes monárquicos, como Afonso e Tomás, e cativou sobretudo por causa da terminação invulgar e divertida, que confere ao nome um lado infantil mas que faz bem a transição para os adultos. 
Santiago, quer-me parecer, beneficia de anos e anos de uso constante de Tiago, um nome bonito mas que já está um pouco saturado. Santiago surgiu então como a alternativa perfeita - praticamente não se ouve em adultos mas toda a gente o reconhece e é um nome comprido, o que é sempre interessante nos nomes masculinos. 
Qual destes nomes preferem? Não deixem de votar!

Resultado da sondagem



28 comentários :

  1. Confesso que não sou muito fã do nome Santiago. Prefiro Martim.

    ResponderEliminar
  2. Não gosto de nenhum mas Martim acho que odeio mesmo por isso votei em Santiago

    ResponderEliminar
  3. Eu acho Martim bonitinho, mas eu prefiro escrito assim: Martin

    ResponderEliminar
  4. Filipa eu tenho uma dúvida, qual que é o critério usado em Portugal para
    a escolha dos nomes?

    ResponderEliminar
  5. Acho que é a primeira vez que não consigo mesmo votar... Não gosto mesmo nada de nenhum deles.

    ResponderEliminar
  6. como nenhum deles estaria na minha lista de possíveis, opto por não votar.

    ResponderEliminar
  7. Voto em Martim mas sinceramente nenhum dos dois me cativa :(

    ResponderEliminar
  8. Amo ambos os nomes, são simplesmente lindos. Porém de uns tempos para cá eu estou apaixonada pelo nome Santiago r por isso votei nele

    ResponderEliminar
  9. Não vou votar, porque não gosto mesmo de nenhum deles!

    ResponderEliminar
  10. No Brasil o nome Santiago é sobrenome. O nome Martim, por ser muito parecido com o sobrenome Martins, não ganha a simpatia dos brasileiros.

    ResponderEliminar
  11. Filipa, qual fonte você tomou como base para apontar o interesse dos brasileiros pelos nomes Martim e Santiago?

    ResponderEliminar
  12. Martim, Santiago, Afonso, Tomás ...
    Que legal este blog de nomes portugueses! Lembrei-me dos nomes de meus tios bisavôs. Vou comentar com meus amigos.

    ResponderEliminar
  13. Filipa, qual pergunta é a mais complicada, a da Isabel ou da Venusta? Vou acessar mais vezes este blog, pois estou ansiosa pelas respostas.

    ResponderEliminar
  14. Você fez as duas perguntas?

    ResponderEliminar
  15. Votei em Martim, mas, na verdade, não vejo graça em nenhum dos dois. Santiago não me agrada de jeito nenhum. Por Martim, confesso que é mais uma questão de implicância mesmo.
    Descobri que não sou fã de nomes monárquicos: Tomás e Afonso também não me agradam muito, apesar de considerar os dois, principalmente Afonso, bons nomes.

    ResponderEliminar
  16. Votei em Martim, mas, na verdade, não vejo graça em nenhum dos dois. Santiago não me agrada de jeito nenhum. Por Martim, confesso que é mais uma questão de implicância mesmo.
    Descobri que não sou fã de nomes monárquicos: Tomás e Afonso também não me agradam muito, apesar de considerar os dois, principalmente Afonso, bons nomes.

    ResponderEliminar
  17. Nem um nem outro...
    Um "desabafo": o meu filho entra este ano para a escola primária e fiquei "em choque" quando fui ver a lista dos meninos que entraram também na primária, na escola em questão... em cerca de 30 meninos há 6 Afonsos, 6 Franciscos e 8Migueis...vai ser caricato no minimo ;) Eu até gosto de Francisco e Miguel mas confesso que dp desta lista fiquei a pensar que a excessiva popularidade de um nome pode mesmo "estragá-lo" e, para mim, deixar de ser uma opção para um futuro filho...Já na lista das meninas que entraram, fora uma dezena de Marias, há bastante mais diversidade :)

    ResponderEliminar
  18. Isabel, se bem percebi a pergunta, posso dizer que, felizmente, não há apenas um estilo em uso, mas nos últimos dez anos, os portugueses viraram-se mais para os nomes aristocráticos, o que resultou na grande popularidade de nomes como Beatriz, Leonor, Afonso e Tomás, que abriram caminhho para outros já usados nessa época e que estavam muito em desuso, como Rodrigo, Lourenço, Vicente, Laura, Matilde, Alice...

    Também se continuam a usar aqueles a que chamo clássicos contemporâneos, como Joana, Filipa, Rita, Tiago e Diogo e os verdadeiros clássicos, como António, Manuel e José.

    Esta análise remete-nos apenas para os nomes mais populares, porque apesar de tudo, a lista completa do IRN mostra que há bastante diversidade, apenas se traduz em poucos registos!

    Venusta, apercebi-me deste interesse a partir dos comentários que recebo aqui no blog e dos emails que me enviam, bem como pelas palavras-chave usadas para aceder ao blog; sublinho, contudo, que não referi que estes nomes estavam a ser usados, mas sim havia um maior interesse!

    Benda, são duas boas perguntas! :)

    ResponderEliminar
  19. Uau! Você é 10, Filipa!

    ResponderEliminar
  20. Obrigada pelo esclarecimento. Sem dúvida que este interesse parte das pessoas que estão acessando este blog com muita frequência; acabam se acostumando com os nomes favoritos dos portugueses, que, diga-se de passagem, são bem diferentes das escolhas dos brasileiros. Até porque a intenção de quem pesquisa é a de encontrar nomes pelos menos pouco usados. Admito que não suporto nomes que estão na moda, por isso, também passei a ter interesse pelos nomes portugueses. Espero que meus familiares também se interessem.

    ResponderEliminar
  21. Engraçado que estes 2 nomes constavam na minha lista.
    Eu gosto de Martim e Santiago.
    Mas como já tenho 1 Tiago, logicamente que não irei colocar num futuro filho o nome Santiago.
    Votei no nome Martim, porque gosto da sonoridade e é mais pequeno (2 sílabas)...
    Gostava de saber mais sobre o significado do nome Martim, será que me pode ajudar neste campo?
    Obrigado

    ResponderEliminar
  22. Realmente Santiago e Martim mão fazem a cabeça dos brasileiros. Santiago então é muito espanhol, mexicano sei lá, não nos agrada. Vc não vai encontrar nenhum brasileiro chamado Santiago.

    ResponderEliminar
  23. Martim. Acho que só escolheria Santiago num duelo se o oponente fosse para aí Quévim...

    ResponderEliminar
  24. Gostaria de ter uma dica para o meu segundo filho que podesse combinar com o do primeiro "Robson",alguem pode me ajudar?

    ResponderEliminar
  25. Conheço dois gémeos com 1 ano e pouco chamados Martim e Santiago. Não acho grande piada a nenhum dos nomes e para além disso estão a ficar demasiado populares (Martim já é há muito tempo).

    ResponderEliminar
  26. Armando,

    Para irmão do Robson, que significa "filho de Robert", visto que Robert/Roberto tem origem germânica, tenho a sugerir nomes também de origem germânica:
    - Herman (Em português é Armando);
    - Ferdinand (Fernando);
    - Manfred;
    - Rupert (Roberto).

    ResponderEliminar
  27. Armando, no canto direito da página clique em Pedidos & Ajuda. Em seguida, para facilitar, clique em "Mais recente" e deixe seu pedido registrado, a fim de que a pessoa responsável pelo blog, Filipa, tome conhecimento de seu pedido.

    ResponderEliminar
  28. Adoro Martim! É o nome do meu filho! Foi um nome que escolhi por na altura ser bastante invulgar!!! :-\ de facto não me agrada muito a crescente popularidade que adquiriu, acho que perdeu muito do encanto que tinha!

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)