Ágata & Águeda

11.6.14


Feliz da noiva que não sente necessidade de fazer uma dietinha antes do grande dia. E se o tema é dieta, é quase impossível não ouvir falar na nutricionista Ágata. O nome nunca foi muito popular em Portugal mas com a chegada dos anos 90 tornou-se ainda menos apelativo, por ser o nome artístico de Maria Fernanda, a cantora de Perfume de Mulher. Ora, cantar a música no karaoke é uma coisa, dar este nome à nossa filha seria uma coisa completamente diferente. Ainda assim, em 2013, Ágata foi registado mais vezes do que a variante medieval Águeda [três registos contra um], que ainda hoje se ouve nas senhoras de mais idade. 
Ambos derivam da palavra grega Agathos, que significa "boa" ou "bondade" e popularizaram-se através do latim Agatha, sendo inclusivamente o nome de uma Santa muito reverenciada. Ágata é também o nome de um mineral bastante apreciado, sendo até citado na Bíblia. 
Na minha opinião, Águeda não é uma opção muito viável para os dias de hoje. Apesar de ser totalmente inofensivo, acho-o demasiado agressivo e lembra-me apenas o topónimo. Entre Águeda e Ágata, preferiria Ágata mas, precisamente por nunca ter sido um antropónimo comum entre os portugueses, tenho muita dificuldade em dissociá-lo da cantora. 


6 comentários :

  1. Ágata é mais comum entre as criança de 10 anos pra baixo aqui no Brasil, já Águeda descobri por aqui mesmo no blog, é até bonito. Gosto muito do nome Ágata, mas meu padrasto tem uma filha com esse nome, esse é o único porém para não usá-lo. Inclusive uma colega minha que estudou junto comigo há um tempo está grávida de uma princesinha que terá o nome Ágata

    ResponderEliminar
  2. Ai Ágata é esse eterno problema em Portugal. Conheço um casal que deu esse nome à filha um ou dois anos antes da "Ágata" cantora surgir. Não foi fácil pela vida fora a eterna associação, aliás, creio que esse é o grande pesadelo dos pais que não gostam dos nomes comuns e escolhem coisas à data rebuscadas(pelo menos o meu foi e continua a ser, tenho sempre receio). Sou natural do Concelho de Águeda, mas ainda assim preferia Águeda muito mais a Ágata. Até porque para terminar com o meu antigosto de ágata sou geóloga, pelo que para mim é quartzo :p

    ResponderEliminar
  3. Entre os dois, venha o diabo e escolha :p

    ResponderEliminar
  4. Cruz Credo! Não vai vir não, mesmo que o invoque. Nada que ver com os nomes escolhidos para apreciação, vez que existiu uma mulher que tinha esse nome e que obteve graças, ainda em vida. Nem por os considerarem feios, há outros bem piores, sejamos razoáveis!
    São duas grafias de um mesmo nome, porém acho o nome Águeda mais simpático do que Ágata, pois este o associo ao nome do animal gata, e também, na minha cidade é nome de joalheria.

    ResponderEliminar
  5. Gosto muito de Ágata. Não conhecia Águeda.

    ResponderEliminar

  6. Que giro! Só agora conheci este blog e vim logo procurar por ÁGUEDA, pois era o nome de minha mãe (a bondade em pessoa), de uma tia avó e de uma bisavó. Gosto muito e se tivesse tido uma filha, tê-la-ia chamado de Águeda também. Mas tive dois meninos e parece que o nome não vai ter continuidade. Neste aspeto, tenho pena.

    Maria Helena

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)