Leonardo

29.2.16



O nome mais escutado de hoje foi, sem sombra de dúvida, Leonardo, graças à atribuição do Óscar de melhor ator a DiCaprio, pelo seu desempenho em The Revenant. Ainda não tive oportunidade de ver o filme, mas o talento não é de agora e acredito que tenha sido um prémio merecidíssimo! Eu tive uma enorme paixão platónica por este Leonardo na altura de The Basketball Diaries e tenho a certeza que ele é o responsável por parte do encanto que nutro pelo nome! Por isso mesmo, aproveito para publicar novamente o post que escrevi há uns anos...

Texto originalmente publicado em 29 de Maio de 2014

Depois dos reinados de Ricardo e Bernardo, Leonardo parecia estar destinado a um lugar de grande destaque na lista de nomes masculinos mais registados em Portugal. A sua popularidade atual não é discutível e os 414 registos de 2015 colocam-no na 34.ª posição - a melhor dos últimos anos foi em 2008, quando ficou na 24.ª posição, com 698 registos - mas continuo a achar que podíamos esperar um pouquinho mais de um nome bonito, que tem em Leo um diminutivo super apelativo!
Leonardo é um nome de origem germânica [significa "leão forte"] mas que se popularizou graças ao francês Saint Léonard de Noblat, padroeiro dos prisioneiros e das parturientes, e ao incontornável italiano Leonardo da Vinci. Ainda que mais contemporâneo, o ator Leonardo DiCaprio também tem contribuído para o seu mediatismo, carimbando-o como um nome internacional. 
Usa-se entre os portugueses há vários séculos, conhecendo-se uma referência, com data de 1430, a um mestre da Pena do Infante D. Henrique chamado Leonardo, mas nunca foi um nome muito comum entre nós. Arriscaria dizer que o uso atual é o mais frequente dos últimos cem anos, mas não tenho como o comprovar. Penso que Leonardo poderia destacar-se ainda mais, até por associação a Leonor, ainda que a sua origem em nada se assemelhe, até porque o seu feminino é mesmo Leonarda. No entanto, acaba por ser uma boa notícia para aqueles que pretendem um nome que não se ouça diariamente. 
No Estado de S. Paulo, no Brasil, também é um nome bastante usado, tendo sido o 20.º mais registado de 2013 e o 25.º de 2014. No ano anterior ocupava a 18.ª posição, mas entretanto foi ultrapassado por Eduardo e Daniel

50 comentários :

  1. No Brasil é muito usado, por isso não gosto. Também é nome de cantor sertanejo.

    ResponderEliminar
  2. No Brasil Leonardo se remete a nome de cantor sertanejo como dito acima, logo não gosto nada nada. E acho que a popularidade aqui seja por causa do cantor mesmo. De todos os nomes terminados em ardo, Leonardo e Bernardo ficam lá no último dos últimos lugares empatados. Já Eduardo e Ricardo em primeiríssimo empatados também, não sei nem qual dos dois escolheria como o mais bonito e com toda certeza estão na minha lista de nomes para meninos. Filipa, Olavo é aceito em Portugal? Adoraria ver um post sobre este nome, é lindo e muito raro. Beijos

    ResponderEliminar
  3. Por cá,também associo a cantor pimba,assim como Leandro!Apesar da sonoridade do nome não ferir,a conotação é negativa,brega mesmo.

    ResponderEliminar
  4. Que falta de sensibilidade e estética. Leonardo é dos nomes mais completos que existem. Sem dúvida uma hipótese para um futuro filho.

    ResponderEliminar
  5. Com tanto sertanejo não vão sobrar nomes para colocar nas crianças!

    ResponderEliminar
  6. Não se constituirá em problema para os brasileiros, pois somos criativos.

    ResponderEliminar
  7. Acho o nome lindo e intemporal. Aliás, é o nome do meu avô, que nasceu em 1935. Para mim não tem nada de sertanejo e acho-o nome perfeito para menino :)

    ResponderEliminar
  8. Gosto do nome Leonardo!
    Ao ler o post, nem me lembrei do cantor e, por isso, não acho que seu uso esteja tão associado assim ao gosto musical dos pais.

    ResponderEliminar
  9. Adoro o nome Leonardo! O diminutivo acho mt fofo Leo.
    Ja agora como é que pronunciam?
    L'i'o ou L'é'o? Eu pronunciaria L'i'o.
    No Brasil pronunciam L'é'o certo? E restantes meninas portuguesas como pronunciariam?

    ResponderEliminar
  10. A pronúncia da forma reduzida é [léu].

    ResponderEliminar
  11. Em Portugal penso que seja Lio. Da mesma forma que Beatriz é Bia.

    ResponderEliminar
  12. No caso de também pronunciarem [lionárdu] fará sentido a forma reduzida [líu].

    No Brasil pronunciamos [léonárdu], daí [léu].

    ResponderEliminar
  13. Léo é sempre Léo seja em Portugal ou no Brasil. Para mim ñ faz sentido ser Lio.

    ResponderEliminar
  14. Prefiro mil vezes Leonel ou Lionel que Leonardo

    ResponderEliminar
  15. Alguns destes comentários são de ir as lágrimas!! Com todo o respeito pela Filipa, acho que o blog já foi melhor frequentado..

    ResponderEliminar
  16. Sou portuguesa e digo Léo. E já ouvi muita gente dizer. Nunca ouvi ninguém dizer Lio. Tenho um sobrinho que é registado mesmo Leo e toda gente pergunta se é Léo de Leonardo! Associam logo. Parece me óbvio que para a maioria dos portugueses é Léo.

    ResponderEliminar
  17. Os brasileiros ainda vão pensar que somos tolos...claro que dizemos Léo e não Lio. Lio? Lio??? E Leandro é Lia?
    Os diminutivos dos nomes nada têm a ver com acentuação, mas com aquilo que faz mais sentido.

    Gabriel/a - Gábi
    Frederico - Fréd
    Samuel- Sám
    Teodoro - Téo
    Xavier - Xávi
    Alexandre - Áléx
    Madalena - Máda
    Rafael/a- Ráfa
    Melissa - Mél

    Ora....

    Leonardo ---- LÉO!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois aqui no brasil Gabriel(a) não se diz Gábi e sim Gabí

      Eliminar
  18. Eu optaria pelo pronúncia internacional L'i'o.
    Casamento entre duas nacionalidades assim o obriga, mas se ambos fossemos portugueses optaria por Pronunciar Lio, faz mt mais sentido. Se dizem L'i'onardo, porque é que haveriam de pronunciar o diminutivo Léu?
    Alguém já referiu Bia, de Beatriz, sendo exactamente a mesma situação.
    De qq forma, os diminutivos cada um pronúncia cm quer, pois são isso mesmo, diminutivos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sobre Beatriz, eu tenho muitas amigas chamada Beatriz, e todas elas só atendem por Bea e nunca por Bia. Sou do Brasil e aqui acontece muito disso

      Eliminar
  19. OMFG para ser desagradavel nao precisava de comentar.

    Filipa a sua opinião neste assunto pff.

    ResponderEliminar
  20. Como já tenho dito várias vezes, eu gosto muito de nomes, gosto de dar a minha opinião sobre os mesmos, mas não tenho conhecimentos na área da linguística, fonética e áreas relacionadas, pelo que não sou grande ajuda nesse aspecto!
    É por isso que, muitas vezes, não me envolvo nas discussões mais aprofundadas relacionadas com origens, pronúncias, grafias mais correctas...

    Tal como já expuseram acima, os diminutivos fogem um pouco da fonia dos nomes. Independentemente da sua origem, nunca me passaria pela cabeça dizer Lio. Para mim, Leo é Léo, mas é algo instintivo e nada académico :)

    ResponderEliminar
  21. Prezado(a) OMFG,

    Com todo respeito ao seu comentário, os esclarecimentos a seguir são apenas a título de esclarecimento, a saber:
    . Forma diminutiva: Leonardinho (os diminutivos se fazem acompanhar de sufixo, é regra sem exceção).
    . Forma reduzida: Leo (com a pronúncia léu).
    . Hipocorístico: Lio, Lelé, etc (é a forma familiar que inclui, também, o modo de falar das crianças).

    ResponderEliminar
  22. *esclarecimento em duplicidade = para nunca mais esquecer.

    ResponderEliminar
  23. Maria Izar, concordo com sua informação. Gramaticalmente falando as formas diminutivas e reduzidas obedecem a normas específicas. Quanto aos hipocorísticos, por resultarem de forma familiar, principalmente da voz da criança, é que são criados à vontade.

    ResponderEliminar
  24. E qual é o problema? É próprio da natureza dos hipocorísticos dizer dessa ou daquela maneira.

    Beatriz: Bea, Beata, Bia, Biá, Tiz, etc.
    Leonardo: Leo, Lio, Lelé, Lená, Nardo, Ado, etc.
    Gabriela: Gabi, Gábi, Biela, etc.

    OBS.: Vocês ainda não assimilaram o que é hipocorístico.

    ResponderEliminar
  25. Jessene, creio que o que estava em causa é a possibilidade de registar apenas Leo. Assim, será Leo um hipocorístico [desisti de usar estes termos, já expliquei mais do que uma vez os motivos] ou se é um nome derivado da palavra latina Leo, que significa leão e que, por aí, abriria caminho para que se dissesse Lio.

    ResponderEliminar
  26. Olá, Filipa!
    Reportando-me ao seu comentário é o que tenho a dizer:
    1) Sobre o nome Leo.
    . Origina-se do latim Leo, Leonis, cujo significado é "leão".
    . Latim é língua fonética, portanto a pronúncia é tal e qual a escrita.
    . Passou a ser usado como nome próprio. Daí surgem as variantes, a saber: Léo (português); Leo (alemão e inglês); Léon (francês); Leone (italiano), etc.
    2) Sobre o nome Leonardo.
    . Começaram a surgir nomes próprios envolvendo a palavra leão, por exemplo, homem forte como o leão, provindo do germânico, que é mais ou menos "Lienhard' (germânico possui caracteres próprios).
    . Do germânico 'Lienhard', por meio de transliteração chega-se ao latim e, em seguida, ao português Leonardo.
    . Por isso é que devemos pronunciar [léonardu], em virtude de o português ser língua latina.

    ResponderEliminar
  27. Enfim, a pronúncia germânica do primeiro elemento soa 'i', enquanto que a pronúncia portuguesa soa 'e', pois este nome chegou até nós pela forma latinizada, como já foi dito. Entretanto, posso carinhosamente chamar meu filho Leonardo [léonardu] de Léo [léu], assim como de Leo, Lio [líu], atentando-se para as grafias e respectivos fonemas.

    ResponderEliminar
  28. Estou consciente dessas informações mas a verdade é que pronucio "Lionardo"... :)

    ResponderEliminar
  29. Jessene e Stella Maris, no tocante à pronúncia, há divergência entre o latim e o português, visto que somente no latim é fonética (escreve-se e pronuncia-se da mesma forma). Conforme Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, em vigor, os nomes próprios obedecem às mesmas regras que os nomes em geral. Assim, há de se levar em consideração a sílaba tônica do nome, onde está o som mais alto da palavra; nas demais sílabas o som tem de ser reduzido. Então no caso do nome Leonardo, a letra 'e' não poderá ter o som mais alto 'é', visto que a sílaba tônica está na sílaba 'nar'; nas outras, obviamente, o som tem de ser reduzido. Assim, a pronúncia do nome Leonardo, em português, é [lionardu].

    ResponderEliminar
  30. Quécia, gostei da explicação. O mesmo ocorre com o meu nome Beatriz, como alguém já havia citado, ou seja, a pronúncia é [biatris], porque a letra 'e' está em uma sílaba átona, que neste caso é a representação do fonema 'i'.
    A letra 'E' possui três sons, a saber: 'é', 'ê' e 'i'.

    ResponderEliminar
  31. Concordo com a Quécia, sendo uma paroxítona, Leonardo tem a sílaba tônica no nar e não no Le. Ou seja se pronuncia Leonardo e não Léonardo o mesmo que Beatriz e não Biatriz já que o e só pode ter som de i no final da palavra como por exemplo no e final do nome Adelaide

    ResponderEliminar
  32. Acontece que a Quécia não informou que a letra E soa i somente no final da palavra. Inclusive ela informou que a pronúncia correta é "lionardu".
    Beatriz, que concordou com Quécia, sabe porque o fez; elas sim, têm o mesmo pensamento.
    Concordo plenamente com elas. Vejamos outro exemplo: no nome Estela, "istela", a letra E possui sons distintos, ou seja, a letra E inicial é átona, soa i, enquanto que a seguinte letra E é tônica, soa e.

    ResponderEliminar
  33. Ó Anónimo! Significa dizer, então, que não aprendeu a pronunciar a palavra ESCOLA.

    ResponderEliminar
  34. Tentem assinar sempre com o mesmo pseudónimo, ajuda a entender o raciocínio!

    ResponderEliminar
  35. Mas um motivo para não gostar do nome Leonardo, não gosto de nomes que tenham confusão na fala ou na grafia. Se é um jome que se pode falar de vários modos no meu idioma, deixando de fora os ooutros idiomas nesse quesito, descarto na hora.

    ResponderEliminar
  36. Acho que cada um dá o diminutivo que quer ao filho... Léo, Lio, Lelé.... Tanta discussão para quê?

    É o meu nome de eleição mas fico triste e desapontada quando o associam a cantores pimba e afins. Eu associo a um homem forte, lutador, determinado, corajoso, bem parecido. Se o pai quiser será o nome de um filho meu :-)

    ResponderEliminar
  37. Sugestões para nomes compostos com Leonardo...

    ResponderEliminar
  38. Anónimo, estava precisamente a pensar no mesmo :) Engraçado que há alguns dias pensei na composição Leonardo Valentim. Surgiu-me assim sem mais nem menos. Por acaso nem desgosto. Valentim quase parece apelido, mas não acho que funcione mal. Estava a pensar em Leonardo como primeiro ou segundo nome?

    ResponderEliminar
  39. Algumas sugestões:

    Leonardo Amorim
    Leonardo Damião
    Leonardo Dinis
    Leonardo Gabriel
    Leonardo Gil
    Leonardo Isaac
    Leonardo Jaime
    Leonardo Joaquim
    Leonardo Luz
    Leonardo Manuel
    Leonardo Noah
    Leonardo Rafael
    Leonardo Raúl
    Leonardo Sancho
    Leonardo Sebastião
    Leonardo Tomás
    Leonardo Valentim
    Leonardo Vicente
    Leonardo Xavier

    André Leonardo
    Carlos Leonardo
    Francisco Leonardo
    Hugo Leonardo
    Jaime Leonardo
    João Leonardo
    Jorge Leonardo
    José Leonardo
    Manuel Leonardo
    Rafael Leonardo
    Raúl Leonardo
    Sebastião Leonardo
    Tomás Leonardo
    Tomé Leonardo

    Gosto muito de Leonardo, mas receio que seja demasiado popular para o meu gosto, por isso gosto de o imaginar num composto, preferencialmente com um nome menos usado. Gosto de Leonardo Luz, Leonardo Noah, Leonardo Sebastião, Leonardo Valentim, Leonardo Xavier, Carlos Leonardo, Jaime Leonardo, Manuel Leonardo, Sebastião Leonardo e Tomé Leonardo.

    Já agora aproveito que estamos a abordar este assunto. Como já disse, receio que Leonardo esteja a ficar muito popular. Como gosto muito de Sebastião (dos meus nomes preferidos), será que juntá-lo com Leonardo é boa ideia? Sebastião Leonardo ou Leonardo Sebastião soa bem?

    ResponderEliminar
  40. Tantas combinações
    Obrigada :)
    Estava a pensar em José Leonardo mas gostei de Francisco Leonardo e André Leonardo.

    Sebastião não gosto muito lembra-me aquela musica do Sebastião come tudo :) não consigo evitar.

    Clara

    ResponderEliminar
  41. Ah, Leonardo... Gosto, mas, com muita pena minha, não o suficiente para o dar a um filho meu =P

    A minha mãe está sempre a mandar indirectas sobre Leonardo - sem dúvida por ter sido o nome do meu bisavô, pai da minha avó materna. Compreendo o sentimento mas, como eu própria me farto de lhe dizer, ela já teve um filho e escolheu outro nome, e eu não gosto desse tipo de pressões XD

    ResponderEliminar
  42. Leonardo é um dos meus «pet peeves». É daqueles nomes que não me soam bem, mas no qual não encontro os motivos que normalmente me levam a desgostar de um nome. Leonardo é um nome perfeitamente português (coisa que me agrada), sem ser muito frequente (pontos extra), há verdadeiras inspirações que tiveram o nome (esqueçam o Di Caprio, e o da Vinci?) e, mega ponto extra, nunca conheci nenhum de que não gostasse. Porém, não consigo gostar. Não consigo (que me perdoem todos os Leonardos que por aí andam). Por acaso, acho que muita da irritação passa pelo facto de o hipocorístico mais comum ser mesmo Leo. Soa-me... mal. Não sei. Se um nome fosse uma pessoa, Leo para mim seria o professor que insiste que os alunos o tratem por «tu», mas que depois fica aborrecido se descobre que lhe dão uma alcunha mais foliona. É como se Leo fosse aquele nome que se põe em biquinhos de pés para que reparem nele. Por isso, para mim, está out.

    Maria Pilar, curiosamente, Sebastião Leonardo não é assim tão mau. É estranho, mas não soa mal.

    Beijinhos,

    Joana

    ResponderEliminar
  43. Gosto bastante do nome Leonardo.

    Sou da geração de '90, por isso, tal como a Filipa, também tive uma paixão platónica pelo Leonardo Dicaprio. As lágrimas que chorei quando a Rose não o salvou do afogamento. ( xD )
    Acho que o Óscar foi merecido, sem dúvida.

    Não associo nada o nome a cantores pimba. Acho que é um nome intemporal, simples, internacional e bonito.

    ResponderEliminar
  44. Por acaso não acho que o Leo tenha merecido este Óscar, nem o filme, mas pronto :P Quanto ao nome, acho ok, mas não me entusiasma.

    ResponderEliminar
  45. Filipa, viu que nasceu a filha da Luiza, do blog potencial gestante, e ela chama Guadalupe?

    ResponderEliminar
  46. Eu gosto do nome Leonardo. Aliás, este nome tem vindo a ganhar mtos pontos ultimamente. N conheço pessoalmente nenhum.
    Adoro o diminutivo Leo (leio Léo).

    ResponderEliminar
  47. Não sei porquê mas nomes como Ricardo, Bernardo, Leonardo não me dizem nada... Não sei se é a terminação ou se é apenas uma coincidência.
    Também não sou especial fã de Leo (lido Lio ou Léo) como diminutivo... O único Leo de que sei e que adoro o nome é o filho da atriz Jaime King, que não é chamado de Leo mas sim Leo Thames, ela utiliza o nome composto! (O que para mim faz todo o sentido! Só daria um nome composto a um filho se fosse para o chamar pelos 2 nomes).

    Maria Pilar, em relação aos Óscares, não tinha preferências na categoria de ator principal mas gostei mais de ver o Leonardo DiCarpio noutros filmes do que neste. E em relação ao filme vencedor... Eu vi o "Spotlight" e outros nomeados e queria mesmo que tivesse vencido "Room". O filme é fantástico! Assim como a Brie Larson, que na minha opinião era a óbvia vencedora na sua categoria!

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)