Clarisse

5.3.14


A moda dos nomes aristocráticos ainda está aí mas já há algum tempo que se nota uma tendência para os nomes mais simples e, ao mesmo tempo, delicados. O trio que tenho por hábito destacar  - Alice, Eva e Clara - está às portas do top 20 e Amélia e Emília são entradas recentes no top 100. Pelo meio, podemos ainda encontrar Bianca, Ema, Júlia, Mia, e Melissa. 
Neste sentido, a minha sugestão de hoje é Clarisse. Ao que tudo indica, trata-se de uma variante de Clara, que nos terá chegado através do latim Claritia. Foi apenas registado 11 vezes em 2013 mas, a meu ver, é bastante apelativo e seria, sem dúvida, um Par Perfeito para os nomes acima mencionados. 

Tenho muita pena que Clarissa conste como Não admitido na lista do IRN...  

15 comentários :

  1. Adoro esse nome!
    Penso em colocar caso tenho uma menina!

    Acho simples, delicado e não conheço nenhuma Clarisse.

    Faria par com Miguel, que é meu primogênito!

    Beijo!

    ResponderEliminar
  2. "Choram Marias e Clarisses no solo do Brasil."

    Aqui no Brasil, também é comum a grafia "Clarice", acredito que por conta da nossa Clarice mais famosa, a Lispector. Também há muitas "Clarissas".

    Clara & cia fazem sucesso por aqui:
    Clara;
    Clarisse/Clarice;
    Clarissa;
    Ana Clara;
    Maria Clara.

    Quando penso nesses nomes, penso em luz. :)

    ResponderEliminar
  3. Quando penso no nome ao pé dos outros nomes referidos (Alice, Clara, Amélia, etc.), até acho bonito, mas ao pensar em Clarisse como nome isolado, nem por isso...

    ResponderEliminar
  4. Gosto muito é está na minha lista de "quando tiver uma filha"!

    ResponderEliminar
  5. Olá Filipa,
    E nomes deste género, delicados para meninos?
    Há ou nem por isso?

    ResponderEliminar
  6. ClariCe entrou no top 100 do Brasil esse ano em 92°. Clarice por conta da Clarice mais famosa, a Lispector, como a colega acima já disse. Gosto muito desse nome, é bem meloso do jeito que eu gosto, porque pra mim nome de menina tem que ser feminino e delicado

    ResponderEliminar
  7. Gostaria de ver um duelo Clarisse x Clarice

    ResponderEliminar
  8. Gosto muito mais de clarissa (do que clarisse ou clara)

    Que pena que não é aprovado.

    ResponderEliminar
  9. Conheço duas Clarisses, minha tia (na casa dos 50 anos) e minha vizinha (com mais ou menos 60 anos). Gosto muito do nome e adoro Clarice Lispector.

    ResponderEliminar
  10. Clarisse (ou Clarice) é um nome meigo, bonito e com personalidade. Graças a Deus que não é tão popular! Ainda pode constar da lista de nomes de possíveis futuras filhas.
    Gosto muito também de Clarissa. Não consigo entender como não é autorizado em Portugal. Por conta da terminação com a vogal 'a' tem muito mais cara de nome português do que a variante terminada em 'e'.

    ResponderEliminar
  11. Não gosto desse nome, sem falar que tenho dúvida quanto à grafia (se Clarisse ou Clarice). Também o relaciono ao nome da ordem religiosa Clarissa. Não obstante gosto de Clara, mas não o escolheria pelo fato de ser muito comum aqui no Brasil.

    ResponderEliminar
  12. O nome 'Clarisse' me lembra a paz e a luz, terei com o prazer de nomear minha primeira filha com este lindo nome. Como sou brasileira, aqui a escrita pode variar de Clarisse à Clarice.
    Acho muito meigo nomes como:
    Mia, Celine, Mila, etc.

    ResponderEliminar
  13. Zeiva, seria bom levar a sério essa questão, pois é a criança que sofrerá as consequências. Uma situação é o Brasil considerar irrelevante os nomes próprios, outra é o brasileiro concordar. Faça sua parte para o bem de seus filhos, eles te agradecerão, com certeza!

    ResponderEliminar
  14. As duas formas — Clarice e Clarisse — encontram-se registadas no Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado, como derivadas do nome/antropónimo «francês Clarisse (ao lado de Clarice), religiosa da ordem de Santa Clara, fundada em 1212». Estas formas, por sua vez, «parecem derivar de Clara, mas na Inglaterra aparece em documento latino de 1199 sob a forma de Claricia (Withycombe, s. v. Clarice).

    Portanto, se as duas formas estão atestadas, ambas são legítimas.

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)