Filhos dos famosos internacionais
Maceo & Jack Leon

17.10.13


Uma vez mais, estava à espera da confirmação oficial do nome do bebé da atriz Halle Berry [na foto], mas se a People já o dá como certo, eu acredito... A lista de filhos dos famosos conta agora com: 




Bastante normais quando comparados com as nossas excentricidades, não? Curiosamente, o mais recente herdeiro Trump partilha o nome com um dos primos, que nasceu há quase um ano. Eu também tenho uma prima dois anos mais nova do que eu chamada Ana, um nome muito comum na altura e nunca houve problema porque eu era chamada apenas de Filipa e ela apenas de Ana. Vocês seriam capazes de usar um nome que já existia na família? 

Para ver mais nomes dos filhos dos famosos, basta aceder às listas de Filhos dos famosos portugueses, Filhos dos famosos brasileiros e Filhos dos famosos internacionais

15 comentários :

  1. Por acaso na minha família há uma política subentendida de não repetição de nomes, nunca percebi o porquê.

    Só mesmo eu é que fujo à regra porque tenho o mesmo nome que uma tia-avó, de resto nada repetido!

    ResponderEliminar
  2. Eu repeti! Já tinha decidido o nome quando uma tia escolheu esse nome também! Como quase não privamos não vi porque haveria de desistir. E assim ficou!

    Mas, caso se trata-se de família direta acho que não seria capaz de repetir.

    ResponderEliminar
  3. Eu não gosto de nomes repetidos. Meu sobrinho chama Felipe e meu marido também. Quando está todo mundo junto já viu, né?
    Toda vez que alguém chama Felipe os dois olham ao mesmo tempo rsrsrs
    Minha sobrinha chama Maria Eduarda, pensei em colocar Maria Luíza na minha futura filha, porém já tem uma MARIA e provavelmente chamariam a minha de Luíza. Mas se for pra chamar só de Luíza, eu não colocaria Maria Luíza haha
    Sou chata pra nomes rs

    Beijo!

    ResponderEliminar
  4. Não colocaria nomes repetidos, nem sugiro os meus nomes preferidos a ninguém da minha família que esteja grávida, aliás, nem a amigas sequer! Para não correr o risco! Sou mesmo má!!! Hehehehe!!!

    ResponderEliminar
  5. Noutros tempos não havia tanto este problema, porque a maioria das pessoas tinha dois nomes; ter mais do que uma Maria-qualquer-coisa ou Ana-qualquer-coisa não era problema, desde que os segundos nomes fossem diferentes. Hoje em dia, no entanto, é muito frequente dar-se um único nome às crianças, e aí já é mais problemático. A meu ver, não faz mal nenhum dar a uma criança um nome que já tenha sido escolhido por tios, primos, irmãos, etc, se a família não for próxima e não houver contacto frequente, mas em núcleos mais unidos acho de mau gosto repetir um nome.

    No meu caso, não me parece que algum dia vá ser problema, porque eu sou a única na família que tem gosto pelos nomes e vê além dos que são moda no momento. :)

    ResponderEliminar
  6. Na minha família há alguns casos de nomes repetidos mas até agora nada que criasse confusão. Maria é quase universal como primeiro ou segundo nome mas a única Maria a "sério" sou eu por isso o problema nunca se pôs. A minha irmã e a minha avó têm os nomes invertidos, a minha avó é Maria Luísa e a minha irmã é Luísa Maria. A minha irmã é tratada só por Luísa e a minha avó é tratada por avó ou por Maria Luísa portanto nunca se confundiram. Uma das minhas tias está a pensar chamar Francisca a uma bebé que vai nascer por estes dias e que é o nome da minha irmã mais nova e essa escolha já fez torcer um bocadinho os narizes porque embora a minha irmã já tenha 17 anos vão ser primas directas. Eu pessoalmente acho que a minha tia podia pensar noutros nomes para não gerar confusão mas o mais provável é arranjarem um diminutivo para a bebé e pronto. Não gosto de nomes repetidos e quando for a minha vez planeio ser original.

    ResponderEliminar
  7. Com tanto nome que existe acho que a repetição só se deve dar no caso de uma "homenagem". No entanto na minha família o nome do primogénito começa sempre com o segundo nome do pai.

    ResponderEliminar
  8. Sim, mas só se fosse o nome de uma pessoa mais velha da família (avós, bisavós, tios...).
    Eu ponderava pôr Florbela numa filha que viesse a ter, mas entretanto a minha irmã foi mãe no ano passado, e deu o nome Flor à minha sobrinha, pelo que ficou fora de questão. Entretanto, mantenho a ideia de ter uma Rosa, que é o nome da minha mãe.

    ResponderEliminar
  9. Na família do meu marido, Helena é uma segundo nome tradicional nas mulheres. Quase todas são " algum nome Helena", e minhas filhas seguem a tradição. Tenho duas Helenas em casa!

    ResponderEliminar
  10. É uma situação complicada... Mas tb já aprendi a lição de não partilhar os meus nomes preferidos com familiares e amigos. Há uns 10anos atrás, uma Tia minha estava grávida, e eu disse-lhe que se eu tivesse uma filha iria se chamar Beatriz (isto na altura), passado umas semanas a minha mãe veio-me contar que se fosse menina a minha Tia tinha decidido chama-la de Beatriz LOL mas acabou por ser um menino. A partir daí nunca mais! Tenho mais crianças na minha família com nomes que eu adoro, mas acho de mau gosto repetir...e convêm que cada criança tenha um nome único. Eu iria odiar que, alguém da minha família/ amigos, escolhesse o mesmo nome que eu tinha dado aos meus filhos..mas na minha família até há 1 caso em que repetiram um nome composto =/

    ResponderEliminar
  11. Na minha família há nomes repetidos, mas em gerações diferentes. Por exemplo a minha avô chama-se Estefânia, a minha tia também (tratada por Fena), e eu claro também sou Estefânia (tratada por Stefanie ou Stef). Como usamos nomes diferentes não há confusão mas gosto da tradição desse nome na família. Não acho bem repetir nomes entre primos ou irmãos. Com tantos nomes lindos e com tantas pessoas para homenagear, não há necessidade.

    ResponderEliminar
  12. Eu estou numa situação curiosa para não diz bizarra... A esposa do patrão do meu marido esteve grávida do mesmo tempo que eu (estou de 39 semanas)e ambas de meninas sendo que ela deu à luz a semana passada.
    Nas conversas que sempre tivemos ela dizia que a bebé se chamaria Francisca e eu tinha escolhido Madalena para a minha bebé, tudo ok até oferecemos a mala da maternidade com o nome da bebé (Francisca) bordado.
    Tem a bebé e regista a menina com o nome de Madalena?!?!?!
    E agora estou eu a pensar se coloco ou não o nome que escolhi há 7 meses atrás.
    Acho esta situação completamente bizarra!

    ResponderEliminar
  13. Bem Carolina, que situação!!! Se fosse comigo ficaria fula :/

    Não gosto de nomes repetidos na familia a não ser como homenagem a um avô ou pai por exemplo.

    Lembrei-me que a cantora Rita Guerra foi mãe de uma menina à uns anos e que chamou de Madalena. O filho mais velho dela foi pai passado uns tempos e resolveu chamar a menina também de Madalena! Acho mesmo falta de imaginação ;)

    ResponderEliminar
  14. Carolina, se fosse eu escolheria na mesma o nome Madalena!!! Afinal já o tinha escolhido, acho que não deverá abdicar da sua escolha até porque provavelmente é isso que a outra senhora quer. Não é de todo uma situação normal.

    Em relação a nomes repetidos na família, gosto quando em gerações diferentes, na minha família há muitos. Mas por exemplo primos direitos com nomes iguais, acho mesmo uma má escolha. Tenho uma tia que tem duas netas Rita com uns 8 anos de diferença.

    ResponderEliminar
  15. Carolina, uma vez que descreveu a "usurpadora" do nome como "a esposa do patrão do meu marido" e não como "a minha amiga" ou "uma familiar próxima", acho que nem vale a pena perder o seu tempo a pensar nisso. Eles tinham assumido publicamente um nome e decidiram mudar. Eles! Por que raio é que a Carolina haveria de mudar o nome que escolheu com tanto carinho apenas porque eles acharam que, afinal, a Carolina é que tinha bom gosto? :)

    Eu também não ficaria agradada com a situação e uma vez que lhes ofereceu um presente com o nome bordado, eles poderiam tê-la simpaticamente avisado, mas não mude o nome só porque alguém também o escolheu, até porque Madalena é hoje um nome bastante comum e a sua pequenita irá certamente encontrar outras meninas assim chamadas!

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)