O que pensam de Rosa?

30.9.13


Apesar de já ter escrito anteriormente sobre Rosa, os posts são relativamente antigos e por isso gostava de ter a vossa opinião honesta: que leitura fazem do nome Rosa? Consideram-no adequado para uma bebé que nasça nos próximos dias? 

29 comentários :

  1. Não deixo de associar Rosa a senhoras mais velhas... Isto, para mim, não seria necessariamente um problema, já que tendo a gostar de vários nomes considerados "retro"... Mesmo assim, acharia piada uma criança que nasça nos próximos dias com este nome... Fora isto, não gosto, não me diz nada.

    ResponderEliminar
  2. Acho que Rosa é daqueles nomes que já se usaram, já deixaram de se usar, e agora já são perfeitamente usáveis outra vez. Acredito que tenha potencial para regressar em força, seguindo as tendências de nomes retro e nomes florais.

    ResponderEliminar
  3. Concordo com Márcia. Ana Rosa seria interessante atualmente, eu acho...

    ResponderEliminar
  4. Acharia super-mimoso uma pequena Rosa!

    ResponderEliminar
  5. Adoro!!! Conheço uma pequenina Rosa, de 2 anos.


    é um nome mimoso e pequenino, internacional. e é o nome da irmã da protagonista do livro da Alice Vieira, "rosa, minha irmã rosa". chamava-se rosa, porque não se podia chamar cravo. :) Como adorei o livro em pequena, lembro-me sempre disto.

    ResponderEliminar
  6. Rosa, para mim, é um segundo nome perfeito. Fica bem com quase todos os nomes. Em Inglês, Rose, acho mais bonito ainda.
    Se considero antiquado? Sem dúvida!
    Há uns anos consideraria-o tão antiquado quanto Alice, e colocava-os lado a lado, hoje Alice voltou e Rosa ficou lá. Eu adoro nomes antiquados, mas por acaso Rosa não é dos meus favoritos, e como primeiro nome não o usaria.

    ResponderEliminar
  7. eu conheço uma Rosinha de 7anos, sim é Rosinha e não Rosa.

    ResponderEliminar
  8. Eu até gosto de Rosa mas prefiro-o como segundo nome. Acho-o retro um pouco antiquado talvez mas ainda assim perfeitamente usável. É um nome forte e delicado e gostaria de o ver num bebé nascido por estes dias.
    Mas a verdade é que eu acho que tem mais potencial para crescer como segundo nome do que como primeiro. Há muitos nomes que combinam bem com Rosa.

    ResponderEliminar
  9. Pois eu também acho Rosa um nome antiquado, acho que não conheço nenhuma Rosa com menos de 60 anos :S (Prefiro Rose, soa-me mais delicado...)Mas acho um nome bonito, e ficaria agradavelmente surpreendida se conhecesse uma pequena Rosa.

    ResponderEliminar
  10. Acho delicado, apesar de não está entre os meus preferidos, iria adorar uma celebridade com uma pequena Rosa, só assim esse nome seria mais popularizado por aqui.

    ResponderEliminar
  11. Eu gosto muito de Rosa e acho que tem tudo para ser mais usado como ja foi dito. E um nome forte e ao mesmo tempo delicado pois e nome de flor. acho lindo como segundo nome mas ficaria encantada se me deparasse com uma bebe Rosa!

    ResponderEliminar
  12. Acho que tem potencial. É só começar a ser mais usado... Depois voa. :)

    ResponderEliminar
  13. Tenho de discordar com a maioria!
    Acredito que a maioria dos leitores deste blog seja amante deste tipo de nomes, mais antigos, e incomuns, ou mais modernos, (eu também), mas daí a achar que são adequados às crianças que nasçam hoje, vai uma distância.
    Rosa, é visto pelas pessoas em geral como nome de velhinha, antigo, em desuso, o primeiro impacto da maioria das pessoas não será bom. Muitas caras estranhas, alguns comentários negativos. Rosa é igual a Amélia, Emília, Cecília, Olívia, Aurora. Não são considerados nomes "de agora" nem adequados para bebés.
    Mas isso não seria algo que me fizesse mudar de ideias até porque praticamente todos os nomes que gosto não os considero adequados para os tempos de hoje, é uma questão de não ter medo de ousar e ser diferente!

    ResponderEliminar
  14. Um nome que até há alguns anos não ligava... e agora acho delicioso, qb invulgar, com uma sonoridade simpática e um significado muito bonito. Uma óptima escolha, portanto.

    ResponderEliminar
  15. Não concordo com a visão da Ana em relação ao tipo de nomes que são ou não adequados para um bebé que nasça nos dias de hoje. Para mim, um 'nome de velha' é tão adequado como um 'nome de brasileira', 'nome de cigana', 'nome de cadela', 'nome de bem', ou qualquer outro rótulo que as pessoas gostam de pôr aos nomes. Claro que temos de ser ponderados e razoáveis; também acho que uma criança chamada Ermenegilda ou Capitolina sentirá algum constrangimento no recreio da escola, mas uma Amélia, ou Rosa, ou Aurora?... Ah, e Olívia está só no princípio da rampa de lançamento em termos de popularidade, acredito. Tendo em conta o seu sucesso global, daqui a uns anos está no top - e acho bem! :)

    Lembre-se que, há 15 anos, Matilde e Leonor eram 'nomes de velha'. E veja onde estão agora.

    ResponderEliminar
  16. 1º eu não disse que o nome vai causar constrangimentos, mas sim estranheza - é diferente. Não ser adequado não implica que seja um mau nome.

    2º Matilde e Leonor eram nomes de velha há 15 anos, mas não eram adequados para as crianças de há 15 anos e é um facto que as primeiras Matildes soaram a estranho.

    3º Amélia e Olívia têm potencial, mas Rosa duvido que se torne popular, ainda para mais tem uns "adversários" renhidos, Flor e Violeta (bem mais frescos e leves) e jamais chegará à popularidade de Margarida - o clássico eterno. Além disso acho que é o nome de flor menos delicado, é romântico mas forte ou não fosse nome de uma flor selvagem. E isso não ajuda muito.
    Volto cá caso esteja enganada.

    ResponderEliminar
  17. A minha sobrinha chama-se Rosa e tem 4 anos.... Todos lhe chamam Rosinha (menos eu). Ela era para se chamar Julieta, mas quando nasceu o pai decidiu que afinal nao gostava e como ela era ( e é) muito branquinha e cor de rosa começaram a chamar-lhe princesa cor de rosa e ficou mesmo Rosa!
    No inicio nao gostei muito, é o nome da minha sogra, tia e bisavó, mas com o tempo fui desassociando a nome de velha e agora Rosa só me lembra desta pimentinha loirinha e com os olhos azuis que parecem uns faróis!
    A irmã, que tem 2 anos chama-se Vera, eu acho que até nao combinam nada bem...

    ResponderEliminar
  18. Pois eu acho que Vera e Rosa são uma bela combinação para irmãs.
    Ah, e Ana: rosa é tão selvagem quanto as restantes flores que mencionou. Ou não fossem todas as variedades cultivadas provenientes de variedades selvagens. O significado que atribuímos aos nomes, esse já é subjectivo e obviamente trará diferentes sinónimos a cada um de nós.

    ResponderEliminar
  19. Acho que conheço uma "Rosa" em cada geração. é verdade que não é um nome muito usual. A mim particularmente não me convence, como dificilmente me convence os nomes começados por "R". Acho um som inicial muito forte. Porém, não me chocaria ouvir "Rosa" num bebé. Em relação à popularidade acho que não será um nome que chegue a lugares cimeiros, mas às vezes somos surpreendidos.

    ResponderEliminar
  20. Sara F.: curioso, eu em geral também não gosto muito de nomes que se iniciem em R - são um início muito "áspero" (foi a primeira vez que vi alguém partilhar dessa opinião). Contudo acho que em Rosa me soa melhor que noutros nomes começados por R.

    ResponderEliminar
  21. Acho adequadíssimo para uma bebé. É um nome com um feeling retro (como já disseram) que eu acho muito agradável; não é popular mas também não é demasiado invulgar; é curto, é internacional e é, simplesmente, bonito. Só não usaria numa filha minha porque, pessoalmente, não sou grande fã de rosas. acho que há flores bem mais bonitas. :P

    ResponderEliminar
  22. Eu não entendo nada de flores... eu referia-me mais a ser uma flor com espinhos :)
    E o som do R, seguido do som o S, não ajuda mesmo.

    ResponderEliminar
  23. Concordo com várias opiniões. Não aprecio particularmente o som R inicial, mas acho um nome com potencial. É curto, floral e muito utilizado como segundo nome noutros países. Lembro-me há uns anos ver nas revistas cor-de-rosa uma pequena Rosa filha da Felipa Garnel e mais recentemente uma Rosa filha do José Diogo Quintela.
    Tenho uma avó Rosa e outra Leonor e ambos os nomes sempre foram de "avózinha" ;)Por tudo isto, gostaria de ver mais Rosinhas por ai :)

    ResponderEliminar
  24. Sempre associei Rosa a nome de avó e muitas vezes esqueço-me que também sou Rosa, não como 1º nome ou como 2º,é o meu 3º. Ainda assim não é um nome que goste particularmente, respeito afinal é o nome tão bonito como outro qualquer baste que pelo mesmo uma pessoa goste.

    ResponderEliminar
  25. Apesar de a minha filha não se chamar Rosa o diminutivo que uso é Rosita pois a dia 12 de cada mês trás mais o pai rosas para mim e, ela é a minha rosita favorita.
    Acho o nome Rosa e os diminutivos Rosinha ou Rosita de uma ternura imensa e arrependo-me de há 5 anos não ter arriscado mais na escolha do nome.

    ResponderEliminar
  26. Adoro!!! É o nome da minha mãe e,se algum tiver uma menina, é a minha primeira opção. É leve, feminino, floral, clássico, pouco comum mas perfeitamente normal.

    Só tenho algum receio que, daqui até lá, se dê um "boom" de Rosas, porque valorizo bastante o facto de não ser um nome muito utilizado actualmente.

    ResponderEliminar
  27. No Brasil, as pessoas continuam associando o nome Rosa às vovozinhas. Nomes de flores para atualidade é o próprio FLOR, também Violeta, seguido de outros menos usados, como por exemplo, Zínia.

    ResponderEliminar
  28. Adoro Rosa e já está praticamente escolhido para uma futura filha, não como segundo nome mas como único nome.

    ResponderEliminar
  29. Vou ser mãe de uma Rosa daqui a umas semanas. É uma escolha inteiramente minha, que desagrada à quase totalidade das outras pessoas da família e amigos, salvo muito poucas exceções! Isso não me demoveu. Desagrada inclusive ao pai... Mas como teve a opção do nome do nosso filho Tiago, desta vez teve de acomodar-se à escolha da mãe!
    Escolhi-o como forma de honrar a tradição de nomes femininos na família (era o nome da minha bisavó materna). E também por ser curto, internacional, de uma extrema simplicidade, muito despretensioso (é não só antigo, como associado a pessoas humildes). A ideia de o ver num novo bebe, no meu bebe, encanta-me. Foram registadas pouquíssimas, em 2015. Mas cheira-me que não será assim por muito mais tempo. Por enquanto, portanto, ainda poderá, apesar da sua simplicidade, manter-se relativamente invulgar durante mais algum tempo.

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)