Considerações sobre o top 100 masculino de 2012

23.1.13

Antes de mais nada, tenho de agradecer, uma vez mais, a quem, no IRN, me disponibilizou estes dados. Obrigada! Mil vezes obrigada! E agora sim, vamos lá examinar este top 100 com um pouco de atenção:


  • Só o top 15 teve mais de mil registos. 
  • Só o top 60 se manteve acima dos cem registos. 
  • Victor, o centésimo colocado teve apenas 32 registos. 
  • Apenas 14 nomes mantiveram a posição de 2011, mas foram poucas as alterações de relevo, sendo muito raros os casos em que um nome oscilou mais de cinco posições. Os estáveis? Rodrigo, Afonso, David, Lucas, António, Vasco, Alexandre, Filipe, Bruno, Hugo, Sérgio, Kevin, Joel e Nélson. 
  • Depois de dois anos ausente, Gonçalo regressou ao top 5. 
  • Se somarmos os registos de Kévim e Kevin, obtemos 120, o que equivaleria à 55.ª posição. 
  • Gabriel e Rafael continuam muito próximos, mas este ano Gabriel foi mais popular do que Rafael. 
  • O trio Duarte, Dinis e David continua colado mas, este ano, Duarte ultrapassou os outros dois. 
  • Gustavo entrou no top 20, com 840 registos. 
  • Vicente deu o salto mais considerável do top 50 - subiu 8 posições e teve 425 registos. No entanto, o nome que mais evoluiu de um ano para o outro foi Santiago, que teve mais 169 registos em 2012 do que em 2011. 
  • Quem também subiu bastante foi Enzo: 109 registos, contra 69 em 2011. 
  • Luís e Eduardo tiveram o mesmo número de registos - 379. 
  • Sebastião também teve uma evolução acentuada: subiu oito posições e teve 90 registos. No sentido inverso, Frederico deu um trambolhão do mesmo tamanho, ficando-se pelos 72 registos. 
  • Davi, aprovado no decorrer de 2012, subiu 18 posições, tendo obtido 55 registos. 
  • Noah entrou no top 100, subindo 24 posições. Foi registado 46 vezes. Outras novas entradas no top 100: Kévim, Denis, Dário, Luca e Víctor. 
  • Benjamim também subiu oito posições, com 40 registos - apenas mais dois do que no ano passado. 
  • Raúl subiu dez posições! 

6 comentários :

  1. Kévim a mim faz-me confusão, porque o "im" em português é uma vogal nasal. Kévin faria muito mais sentido...

    Luca e Noah <3 Mais nomes masculinos terminados em "a" deveriam ser usados.

    ResponderEliminar
  2. Não percebo se Denis é suposto ler-se como Dinis ou se mais para Dennis, à inglesa. E também estou com o anónimo de cima, não entendo como Kévim tem mais registos que todos os outros nomes abaixo. Daqui a pouco vê-se Jóhne e Téilor (as in Taylor). Mania de aportuguesar tudo.

    ResponderEliminar
  3. E quais foram os nomes que tiveram as maiores quedas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estas foram as descidas mais acentuadas:

      Igor e César - 13 posições
      Vítor - 10
      Hélder, William e Gaspar desceram 9
      Frederico - 8
      Ivo desceu - 7
      Sandro - 6
      Eduardo, Valentim e Jaime desceram 5 posições.






      Eliminar
  4. Tivemos dois rapazes gémeos em 2012. Fico contente por ver que os nomes estão no top 100, mas não no top 50. Corresponde a um dos nossos critérios: nomes simples, portugueses, sem equívocos quanto à pronúncia ou ortografia, suficientemente comuns, mas não banais.

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)