Esmeralda

11.12.12



A notícia veio mesmo a calhar, uma vez que já estamos de olhos postos em 2013... A Pantone, que todos os anos determina a "Cor do Ano" através de um processo que passa por "observar o mundo" pela lente da  indústria do entretenimento e cinematografia, obras de arte, novos artistas e destinos de viagens, já anunciou que a cor dominante para os próximos doze meses será o "vivaz, radiante e exuberante" [verde] Esmeralda. No entender da Pantone, a percepção de Esmeralda está relacionada com a sofisticação e o luxo, e está ainda associada à prosperidade, crescimento, renovação, clareza, rejuvenescimento. "Verde é a matiz dominante na natureza - o olho humano vê mais verde do que qualquer outra cor". 
Olhando para os indicadores da Pantone, bem que os poderíamos associar aos nomes da moda e a verdade é que Esmeralda se insere no estilo retro que começamos a abraçar - as vossas sugestões para 2013 confirmam isso mesmo, já que Olívia e Amélia estão em força e Rosa aparece, para já, em três comentários! Eu não incluiria Esmeralda (quem em 2011 teve apenas seis registos em Portugal) na minha lista de nomes preferidos, mas tenho que reconhecer que a Pantone fez um ótimo trabalho na descrição da sua nova coqueluche. De repente, só me consigo lembrar da Angelina Jolie! Se a referência não agradar, podem sempre pensar na Esmeralda do Corcunda de Notre-dame...
Em 2014, Esmeralda foi registado em oito meninas portuguesas. 


6 comentários :

  1. Não gosto da cor (há verdes bem mais bonitos), tem muito pouco a ver comigo. E sendo a ideia provavelmente dar um mote optimista, não me parece nada que esteja de acordo com a "cor dominante" do ambiente que se vive. Apostaria mais num anil, cinzento ou castanho. Serão certamente cores mais austeras mas nem por isso menos bonitas. Se a opção fosse o verde, que fosse um verde escuro, ou um verde acinzentado.

    ResponderEliminar
  2. Realmente a Brites tem razão pelo menos no contexto português/europeu...

    Em relação ao nome, acho um nome bonito, mas de difícil inserção... acho que será sempre residual...

    ResponderEliminar
  3. Há algum diminutivo para Esmeralda? É que, para mim, um nome comprido tem de ter um diminutivo. O 1º que me lembrei foi Ralda e o 2º foi Esmera.

    ResponderEliminar
  4. Esmeralda lembra-me sempre daquela rapariga andou entre mãe biológica, pai biológico e pais adotivos.

    Para além dessa "história" a que associo o nome, acho um nome comprido, feio e velho no mau sentido (nada a ver com Amélia e Olívia, para mim). Ou seja, não gosto!

    ResponderEliminar
  5. Não aprecio particularmente nem o nome nem a cor. O nome como a Infinitiva disse relembra-me sempre a história da menina...
    Diminuitivos só consigo pensar em Esme (o último é lê-se "i"). Tmb duvido que vire tendência vejo-o mais com um nome residual que associaria mais facilmente a outros nomes de pedras preciosas como Safira ou a nomes compridos e também antiquados como Esperança. Nada na onda de Amélia e Olívia...

    ResponderEliminar
  6. Também não me parece que Esmeralda tenha agora um grande boom de popularidade, mas acho-o muito mais próximo de Amélia e Olívia do que de Safira ou Rubi, talvez por conhecer senhoras chamadas "Esmeralda" e que são da mesma idade das Amélias... E depois, começa e termina em vogal, tem quatro sílabas, um L lá no meio... :D

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)