Nomes dos anos 80 - best of: Marisa

16.12.11


Quando faço estes posts dos anos 80, tento colocar-me do lugar da minha mãe: a revolução do 25 de Abril ainda estava muito fresca, ela era recém-casada, havia ali uma transição cultural que fazia com que tudo o que era francês e apreciado fosse substituído pelas americanices, e imagino-a sentada no sofá, em frente à televisão, a ver o Festival da Canção a cores e a pensar em nomes modernos. Marisa tinha de estar nessa lista, talvez incluído como alternativa a Maria, o primeiro nome da mãe dela, dela, das irmãs dela, das primas dela, das amigas dela... Marisa devia ser uma brisa de ar fresco. 
O significado de Marisa não é consensual; há quem o aponte como uma junção de Maria e Luísa, e há quem diga que deriva da palavra latina Maris, ou seja, "do mar". De acordo com o SPIE, o auge da popularidade de Marisa foi em 1979 mas, em 1980, ocupava um muito digno 18.º lugar no ranking. Nos meus tempos de escola, havia várias Marisas. Ou Márisas, para ser mais correta. Havia até uma Marisa Isabel e posso-vos garantir que aquele duplo Isa é um verdadeiro trava-línguas! Marisa também surgia com alguma regularidade como segundo nome, e posso dar o exemplo de Sara Marisa, porque conheço três. 
Ao nível do reconhecimento do nome, em Portugal temos como embaixadoras a cantora Mariza (não acredito que esta grafia seja autorizada), a apresentadora Marisa Cruz e, mais recentemente, a Marisa Pinto, ex-vocalista dos Donna Maria e atual vocalista dos Amor Electro, agora como Marisa Liz. No Brasil, a incontornável Marisa Monte, a atriz Marisa Orth e, pelo que percebi, Marisa também é o nome de uma cadeia de lojas.

Popularidade atual

Hoje em dia, não é um nome que se ouça com muita frequência em bebés, mas também não posso dizer, de todo, que deixou de se usar. Em 1990, Marisa ocupava a 30.ª posição do ranking, com mais de 500 registos anuais. Contudo, em 2009 abandonou o top 100 e em 2014 foi apenas registado em 27 meninas!
Marisa é um nome agradável ao ouvido, que poderia beneficiar da crescente popularidade de Isa mas, ainda assim, acho mais provável que os pais se inclinem para Mara ou Melissa do que propriamente para Marisa.

  • Grau de usabilidade: 14

20 comentários :

  1. Temos tbm duas ex primeiras damas Marisa. Acho um bonito nome,Marina combina mais com crianças :)

    A campanha da rede de loja é "De mulher pra mulher, Marisa". Então penso sempre em mulheres com esse nome e nunca crianças.

    ResponderEliminar
  2. Eu que até sou uma apreciador de nomes anos 80, não gosto mesmo nada de Marisa... e sinceramente nem é pelas Marisas que conheci (tive uma colega Marisa Isabel), todas pessoas aceitáveis, mas há qualquer coisa do nome que não gosto mesmo... e até engraço com a maioria das Marisas famosas... logo é mesmo do nome...

    E devo confessar que depois do meu namorado me dizer que as Marisas, na terra dele, são Márisas... acho que ainda comecei a gostar menos do nome :$

    Sem dúvida, prefiro Maria ou Mara (tenho uma colega de trabalho Mara, comecei a habituar tanto ao nomes, que posso dizer que gosto mesmo).

    ResponderEliminar
  3. Marisa é o meu segundo nome e nunca gostei, muito menos da combinação com Dora. Até que em 2010 mudei de trabalho e a minha chefe tem o mesmo nome que eu, portanto, passei a ser Marisa pelo menos 8 horas por dia. Resultado, fiquei com mais respeito pelo nome :)Não me importo de ser Marisa, porque de repente ganhei um diminutivo novo Isa!
    Márisa fica tão piroso como Vánessa, bolas, fica mesmo mal. Normalmente a nível social e burocrático, enganam-se e costumam colocar-me como "Dora Maria" e penso que Marisa tem impacto como variante de Maria. E se Maria se diz sem acentuação no -Ma, Marisa também.:) Posto tudo isto, defendo Marisa como um nome um pouco ultrapassado mas aceitável e jovem.

    ResponderEliminar
  4. Estou como a Sónia. Não tenho nada a dizer das Marisa's que conheço, mas não engraço mesmo com o nome.
    E lá pela ilha também se diz de vez em quando Márisa, o que ainda contribui menos para que eu o aprecie..

    ResponderEliminar
  5. Tenho uma prima de 2 anos chamada Marisa :)

    ResponderEliminar
  6. http://ego.globo.com/famosos/noticia/2011/12/nasce-frederico-filho-de-gabriela-duarte-e-jairo-goldflus.html

    ResponderEliminar
  7. Puff... chamo-me Marisa (não tenho 2º nome, ufa!) e sempre detestei :( E tal como foi referido, aqui para cima, apanho muitas vezes com o belo do "Márisa", o que é ainda mais formidável :/
    Aliás, ando a pesquisar nomes para o/a bebé e eu e o meu marido eliminamos logo nomes que possam ser deturpados pela pronúncia do norte (puagh!), tipo: Eva - passaria logo a Eba :P

    ResponderEliminar
  8. Sou Marisa... Sem mais nomes nenhuns associados a não ser o dos pais e agora o do marido.
    Em pequena chamavam-me Márisa (na escola, na família sempre foi o nome correcto) e não achava piada nenhuma ao meu nome só porque não havia mais nenhuma na minha escola... Cheguei a dizer à minha mãe: "Quando crescer vou mudar de nome! Porque é que não sou ANA?" (agora detesto Ana!)

    Agora aprendi a gostar do meu nome (pronunciado correctamente)! Conheço algumas... Tive e tenho colegas chamadas Silvia Marisa. No meu sitio de trabalho somos 3 Marisa + 1 Silvia Marisa a quem (em família) chamam Marisa.

    Não vejo o nome como alternativa a Maria só porque a possibilidade de conjugações de segundos nomes me parece extremamente estreita!...

    Apesar de não considerar um nome FORTE e PESADO, acho que favorece o facto de ficar isolado no nome da criança. Não consigo mesmo imagina o nome acompanhado de qualquer outro nome...

    ResponderEliminar
  9. Me chamo Marisa e nunca tinha ouvido falar em Márisa!!! Só me chamam Marissa quando vou a paises de lingua espanhola e acho bonitinho. Minha prima também é Mariza. Na épca, era muito moderno, e eu gosto dele. Agora, tá ultrapassado, isso tá.. tenho uma amiga Marina e acho forte esse nome para crianças. Mas tem mães colocando por causa de um personagem do desenho peixonauta. Minha amiga colocou depois do filho escolher, assistindo o tal desenho. E aí eu acho feio e também para mulher.

    ResponderEliminar
  10. Me chamo Marisa e nunca tinha ouvido falar em Márisa!!! Só me chamam Marissa quando vou a paises de lingua espanhola e acho bonitinho. Minha prima também é Mariza. Na épca, era muito moderno, e eu gosto dele. Agora, tá ultrapassado, isso tá.. tenho uma amiga Marina e acho forte esse nome para crianças. Mas tem mães colocando por causa de um personagem do desenho peixonauta. Minha amiga colocou depois do filho escolher, assistindo o tal desenho. E aí eu acho feio e também para mulher.

    ResponderEliminar
  11. Ola Filipa,
    Para ser sincera não gosto mesmo nada do nome Marisa, nunca gostei, se calhar por estar sempre associado ao Márisa.
    Eu conheço uma Marisa Filomena.
    PS: adoro o blogue, sou uma visitante assídua.

    ResponderEliminar
  12. Mada, obrigada pelas visitas e claro, pelo comentário! :D

    ResponderEliminar
  13. Eu sou Marisa, me chamam de Mah, de Isa... de Marisa.Quando eu era criança nao o achava bonito, mas hoje eu acho lindo Marisa.

    ResponderEliminar
  14. Eu sou Cláudia Marisa yes prefiro mais Cláudia obviamente que é mais lindo.
    tenho uma filha de 3 anos que se chama simplesmente Helena

    ResponderEliminar
  15. Chamo-me Marisa e achei muito engraçado ler os comentários de homónimas minhas, porque passei por tudo: desde o temido "Márisa", a chorar porque tinha uma nome que 'mais ninguém tinha' (coitada da minha mãe, o que eu a chateei com essa conversa!). Hoje admito que até já gosto de Marisa - umas das razões é precisamente por não ser tão comum. Não gosto como segundo nome, o que até é mais frequente do que pensava (olhando para as listagens de nomes compostos). Tenho um segundo nome - Alexandra (que até gosto bastante, especialmente como segundo nome) - que acho que é o único segundo nome que funciona com Marisa. Gosto de nomes compostos, por isso fico até fico contente por ser "Marisa Alexandra" e não só "Marisa". Confesso que até nem ponho de parte a hipótese de chamar uma filha minha de Marisa, mas Miriam e Melissa (nome parecido com o meu, curiosamente) continuam no topo da minha lista, desde os meus 12/13 anos.

    ResponderEliminar
  16. Meu critério para escolha de nomes será a pronúncia. O nome que, dentro de meu país, tiver mais de uma pronúncia será, obviamente, descartado. É o caso dos seguintes nomes:
    Jaime: [jai.me] e [jãi.me];
    Camila: [ca.mi.la] e [cã.mi.la];
    Félix: [fé.li.ks] e [fé.lis];
    Alexandra: [ale.chan.dra] e [ale.ksan.dra].

    ResponderEliminar
  17. Sou Marisa, mas dos anos 60, e a minha mãe que teria hoje quase 100 era chamada de Marisa por isso pediram autorização para o nome

    ResponderEliminar
  18. Um nome lindo, de mulher forte,Marisa, amei.
    Um bom duelo :

    Marisa vs Mariana

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)