Leitura Recomendada: "Em nome da criatividade"

26.12.11

Eu acho que já recomendei a leitura deste artigo do Expresso, publicado em 2006, mas como não o encontro, volto a referi-lo e aproveito para destacar esta frase:


"Quando solicitado, o catedrático dá o seu parecer sobre a legitimidade de um vocábulo, recuando à sua origem, com base na consulta de dicionários onomásticos e até de listas telefónicas, que permitem aferir se algum assinante já ostenta o nome à espera de aprovação. O simples facto de um português ter sido apadrinhado com determinado nome, legitima o seu uso no futuro".



1 comentário :

  1. O irmão de uma amiga minha chama-se Axel e ela disse-me há tempos que na altura que ele nasceu (há 22 anos julgo) os pais tiveram de levar uma revista com o cantor para provar que o nome existia.
    Não percebi foi muito bem a ideia, porque o que é aprovado no estrangeiro pode não ser aprovado aqui pelo burgo.. Mas foi o que ela me contou.. =/

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)