Nomes populares portugueses no ano de 1980 - versão masculina

17.6.11

Esta lista é bastante diferente da de 1950 mas, como vimos anteriormente, a culpa não é dos trinta anos de diferença, mas sim das profundas alterações que ocorreram na sociedade portuguesa a partir dos anos 70. Como também já referir num comentário, a maioria destes "nomes modernos" atingiu o pico mais alto antes de 1980, estando alguns deles numa fase de desaceleração. Nada disso impede que, à semelhança da lista feminina, esta seja o retrato fiel da minha realidade. Estes são os meus primos, os meus amigos, os meus conhecidos:


1980
1 Pedro
2 Nuno
3 Ricardo
4 João
5 José
6 Paulo
7 Carlos
8 Luís
9 Rui
10 Bruno
11 António
12 Hugo
13 Sérgio
14 Marco
15 Tiago
16 Jorge
17 Filipe
18 Hélder
19 Vítor
20 Miguel
21 André
22 Nélson
23 Fernando
24 Manuel
25 Mário
26 Francisco
27 David
28 Márcio
29 Daniel
30 Gonçalo
31 Joaquim
32 Alexandre
33 Hélio
34 Eduardo
35 Cláudio
36 Edgar
37 Vasco
38 César
39 Diogo
40 Joel
41 Rodrigo
42 Artur
43 Ivo
44 Frederico
45 Emanuel
46 Henrique
47 Telmo
48 Rúben
49 Duarte
50 Válter
51 Renato
52 Roberto
53 Armando
54 Álvaro
55 Raúl
56 Alberto
57 Samuel
58 Sandro
59 Ângelo
60 Rogério
61 Flávio
62 Humberto
63 Élio
64 Rafael
65 Domingos
66 Júlio
67 Mauro
68 Leonel
69 Orlando
70 Óscar
71 Dario
72 Leandro
73 Jaime
74 Cristiano
75 Celso
76 Gilberto
77 Agostinho
78 Eurico
79 Gabriel
80 Fábio
81 Octávio
82 Gustavo
83 Marcos
84 Norberto
85 Marcelo
86 Adriano
87 Alfredo
88 Casimiro
89 Cristóvão
90 Gil
91 Rodolfo
92 Sílvio
93 Bernardo
94 Patrício
95 Armindo
96 Augusto
97 Hernâni
98 Simão
99 Romeu
100 Ivan

Posso dizer que só nunca conheci pessoalmente nenhum Ivan...


Para terminar, volto a referir que os dados foram retirados da base de dados do site da SPIE, sem que eu tenha absoluta certeza da sua fiabilidade.

11 comentários :

  1. Ahh :D eu conheço um Ivan (1984) que faz questão de explicar se lê Ivan e não Iván como muita gente lê por cá... Cá estão os nomes dos meus primos Luís Miguel (1973), Marco André (1988) e João Augusto (1983) - era para ser só Augusto, mas nasceu no dia de São João :P... Por fim, tenho que contar ao meu namorado que o nome dele não é assim tão diferente para a época, ele não suporta nomes diferentes, porque durante a infância sempre teve vergonha de ser o único Humberto... e sonhava se chamar João :P Por último, achei estranho Fábio estar tão em baixo na lista, tive tantos colegas Fábio que pensava ser mais utilizado, talvez o pico tenha sido pós anos 80.

    ResponderEliminar
  2. Está tudinho na lista! Fiquei surpreendida com o nome Joaquim acima de Alexandre, ou Cláudio ou Vasco. Conheço imensos Vascos de 1983! Pode ser sido uma moda local, também!

    ResponderEliminar
  3. O meu namorado nasceu em 1982 e chama-se Tiago. E Conheço imensos Pedros e Joãos nascidos nos anos 80! Adoro ver estas "evoluções" de anos para anos.

    ResponderEliminar
  4. A Dora tem toda a razão: o local onde vivemos também as suas modas. Eu que estou bastante afastada da capital, nunca conheci nenhum Vasco com a minha idade, mas por lá parece-me que há muitos; Quanto a Alexandre, na minha zona também era muito usado como segundo nome, o que não entra nas contas. Miguel, fora do top 10, era o nome mais popular da minha escola, quase de certeza!

    ResponderEliminar
  5. Estão quase, quase todos... Falta o nome de um dos meus melhores amigos: Lucas (1985) mas é normal...é o único que conheço dessa década, os outros são todos mais novos.

    ResponderEliminar
  6. É engraçado com estes top`s 100 dos diferentes anos deu pra perceber k a mha família não é mt de modas pelo menos não estão no top 10 dês dos meus avós aos meus primos mais novos,excepto as Marias k só são 2 (Maria Celeste e Maria Alaíde) Alaíde já não é mt vulgar. O meu namorado é k ta no topo dos anos 80 Pedro Miguel(1984) conheci vários com com esta composição de nomes. Pessoalmente gosto mais de nomes invulgares porque se eu disser por exemplo Pedro a seguir alguém pergunta qual? e isso não é poder identificar uma pessoa, mas é só a mha opinião não tenho filhos talvez quando tiver tenha de engolir o k tou a dizer

    ResponderEliminar
  7. De facto a moda do local onde se vive tb influencia bastante, lembro-me que na minha escola haviam mts Alcindos e Aurélios...
    Qto a Ivan, como já disse aqui no blog, conheço um pequenino..

    ResponderEliminar
  8. Esse foi o ano em que nasci, e contribuí para que o meu nome ficasse em sexto lugar. Creio que ao longo da minha vida escolar, 80% dos meus colegas de turmas tinham nomes que vinham nos 20 primeiros.

    ResponderEliminar
  9. Mesmo para 1980, ainda me espanta ver no top 100 nomes como Alfredo (como o meu avô), Casimiro, Agostinho, Hernâni e até Domingos.

    ResponderEliminar
  10. Nos anos 80 não se era louco havia era mais divagação do pensamento até à chegada da internet, a máquina de copiar tudo mais depressa. Vejam o caso dos nomes que se repetem nos vários paises. (O nome Ivan e João são o mesmo se substituirem V por U. Em todos os paises este nome evoluiu com os anos em muitas formas)

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)