Nomes populares portugueses no ano de 1950 - versão masculina

15.6.11

"Em trinta anos, pouco mudou", escrevi, a propósito da lista feminina de 1950. A frase aplica-se também à lista de nomes masculinos, revelando, na minha opinião de mera observadora, que a tradição de nomear os filhos com os nomes dos pais, avós, padrinhos e tios estava ainda muito enraizada. Destaco três nomes que deram um salto enorme: Sérgio, Nuno e Nélson. Fazem-vos pensar em alguma década em especial?




A coluna da direita corresponde à posição que cada nome ocupava em 1920. A cor azul corresponde aos nomes que mantiveram a posição; o verde aos que subiram e os vermelhos aos que desceram no ranking...



1950 Em 1920
1 José 1
2 António 2
3 Manuel 3
4 João 5
5 Joaquim 4
6 Carlos 9
7 Fernando 8
8 Francisco 6
9 Luís 7
10 Vítor 61
11 Mário 12
12 Jorge 47
13 Armando 15
14 Domingos 11
15 Alberto 13
16 Eduardo 16
17 Augusto 10
18 Rui 76
19 Alfredo 14
20 Américo 24
21 Artur 18
22 Júlio 17
23 Agostinho 23
24 Álvaro 20
25 Armindo 33
26 Abílio 19
27 Henrique 21
28 Jaime 22
29 Pedro 40
30 Rogério 63
31 Arlindo 48
32 Adriano 32
33 Abel 27
34 Raúl 37
35 Aníbal 26
36 Daniel 44
37 Serafim 25
38 Avelino 38
39 David 31
40 Diamantino 53
41 Orlando 87
42 Miguel 39
43 Virgílio 41
44 Nélson 242
45 Ernesto 35
46 Arnaldo 45
47 Alexandre 42
48 Ilídio 68
49 Amílcar 104
50 Hélder 196
51 Horácio 62
52 Leonel 113
53 Ramiro 64
54 Albano 54
55 Arménio 105
56 Amadeu 30
57 Jacinto 28
58 Bernardino 29
59 Custódio 34
60 Guilherme 50
61 Acácio 46
62 Valdemar 188
63 Sérgio 178
64 Celestino 56
65 Amândio 98
66 César 52
67 Vasco 84
68 Afonso 50
69 Delfim 60
70 Filipe 74
71 Jerónimo 57
72 Sebastião 36
73 Alcino 102
74 Ângelo 80
75 Nuno 101
76 Paulo 83
77 Hermínio 71
78 Ricardo 79
79 Casimiro 55
80 Victor 234
81 Gabriel 99
82 Luciano 69
83 Alcides 102
84 Inácio 43
85 Antero 77
86 Emídio 66
87 Martinho 75
88 Lino 109
89 Vitorino 58
90 Adérito 235
91 Belmiro 114
92 Firmino 67
93 Duarte 119
94 Cândido 47
95 Salvador 70
96 Eugénio 59
97 Norberto 112
98 Óscar 201
99 Aires 91
100 Silvério 81
 

Actualização 1:  Humberto, com 87 registos, ocupa o 75.º lugar, portanto todos os outros deverão descer uma posição.

Para terminar, volto a referir que os dados foram retirados da base de dados do site da SPIE, sem que eu tenha absoluta certeza da sua fiabilidade.

5 comentários :

  1. Lá está, o nome do meu pai Mário (1955) e dos meus tios Rogério (1953) e João (1957)... Em relação aos 3 nomes que referiste, se calhar é a prova como os nomes de moda dos anos 70 e 80, grande parte deles, sempre existiram em Portugal... Aquelas décadas tiveram surtos de nomes poucos usados até então, foi a chegada dos retornados, dos primeiros imigrantes africanos, do início das novelas brasileiras, das novidades do mundo, da liberdade... acho que as pessoas queriam cortar com o passado do país triste, religioso e tradicional... mas grande parte dos nomes novos já estavam cá, pouco utilizados, mas andavam por cá...

    ResponderEliminar
  2. Ainda estou a terminar a lista dos anos 80, mas pelo que consegui ver até agora, os nomes mais populares em 1980 atingiram os valores máximos entre 74 e 76 - exactamente nesse período tão fracturante na sociedade portuguesa...

    ResponderEliminar
  3. Reparei agora numa coisa :$ estava a procura na lista se estava o nome do meu namorado Humberto (embora nascido nos anos 80, tem esse nome devido ao Humberto Delgado) e não está... então fui ao SPIE e Humberto aparece mais vezes em 1950 que alguns dos que estão aqui... desculpa a correcção :$

    ResponderEliminar
  4. Desgraça! Não quero parecer repontona, mas foi isto que aconteceu: introduzi Huberto em vez de Humberto e - incrivelmente - o nome existe e eu baseei-me erradamente nesse resultado! :( Eu tenho um tio chamado Humberto, não me esqueceria dele hehe
    Vou já alterar, muito obrigada! Não levo nada a mal as correcções, pelo contrário, agradeço imenso!

    ResponderEliminar
  5. O meu sogro nasceu em 1956 e chamava-se Rodrigo! Original, para a época, não? :)

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)