Leitura Recomendada - Segundos nomes

15.3.11

A Rádio Comercial lançou hoje um desafio aos ouvintes: divulgar na página do Facebook da rádio o segundo nome. Já encontrei algumas pérolas... 

Não sei se é só impressão minha, mas há uma desvalorização muito grande do número de pessoas que na verdade é chamada pelo segundo nome...

2 comentários :

  1. OMG! Alguns dos nomes são GENIAIS! Estremeci ao ler que existem 2 pobres irmãs chamadas Fani Nicole e Jéssica Janine :/ Já aos nomes mais raros/antiquados não achei tão maus, pelo contrário, pareciam-me mais "pirosas" algumas combinações mais anos 70 e 80, mas as quais os leitores não achavam muito maus.
    O meu segundo nome é aborrecido: Anne :( Meh! Já Anna, ou Annie, ou Hannah, acho bonitos.
    Também gostaria de colocar uma pergunta que me andar a incomodar há imenso tempo:
    Porquê que os portugueses são tão anti-segundos nomes??????
    Repraro cada vez mais que é a coisa "in" a fazer é só dar um nome, e não percebo esta tendência, que creio que só está em vigor há 10/15 anos. Na Reino Unido e nos E.U. nunca ouvi nenhum argumento pró ou contra os segundos nomes, e até parece-me que a coisa trendy a fazer é dar à criança 3 nomes, como nos anúncios do London Telegraph (já leu???). Já isso acho excessivo, e até um pouco pretencioso. Mas só um nome também me soa um pouco a minimalista conservadora.
    Na língua inglesa, por régra geral, na combinação de nomes, temos em conta as sílabas de cada nome e do apelido (não convêem ser todos iguais), e o "tipo" de nome. Por exemplo: Olivia Jane Parker soa melhor do que Krystal Beulah Parker!!!!
    Mas pronto, voltando à minha pergunta: Porquê então dar 2 nomes é tão desencorajado?

    ResponderEliminar
  2. Kate Anne Bee, depois de ter lido os nomes daquele Facebook ainda pergunta porque é que os portugueses são contra os nomes compostos? :D Há gente que sofreu horrores com as combinações dos anos 70 e 80, e esses que hoje são pais querem poupar os filhos dessa tormenta.
    Pessoalmente, adoro nomes compostos, daqueles fora do vulgar. O problema é que se nunca foram ouvidos, são imediatamente rotulados de pirosos. No outro dia li na página dos bebés da revista Maria (página que eu sigo atentamente) o nome Francisca Flor. Eu achei extraordinário, acrescentar a um nome tão rígido um nome tão delicado, mas acredito que para a maioria das pessoas, seja demasiado extravagante... :(

    E agora, correndo o risco de soar pretensiosa, eu adoraria poder escolher três nomes ;D Morro de inveja das princesas, assinava mais rapidamente uma petição para que pudéssemos ter três nomes próprios do que uma para que acabassem com as proibições de nomes... :D

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)