Nomes antigos femininos - Nomes femininos muito em desuso

18.11.10


No post de ontem abordei os nomes masculinos que deixaram de se usar em Portugal, estando hoje totalmente ultrapassados e hoje apresento a lista feminina correspondente. E se é bem verdade que podemos e devemos olhar para o passado para procurar nomes interessantes para o futuro, acho que os nomes destas duas listas dificilmente poderão ser reavivados nos próximos tempos:

  • Acélia
  • Adelaide
  • Adília
  • Adosinda
  • Águeda
  • Alberta
  • Alcina
  • Almerinda
  • Almesinda
  • Alzira
  • Anastácia
  • Antonieta
  • Antonina
  • Arlete
  • Arlinda
  • Armanda
  • Armandina
  • Arminda
  • Augusta
  • Aurélia
  • Balbina
  • Basília
  • Belarmina
  • Belmira
  • Benilde
  • Benvinda
  • Berengária
  • Berenice
  • Bernadete
  • Berta
  • Bonifácia
  • Brázia
  • Brígida
  • Brigite
  • Brizida
  • Cândida
  • Carminda
  • Castorina
  • Cesaltina
  • Cesária
  • Cidália
  • Cidalina
  • Clemência
  • Clementina
  • Clotilde
  • Consolação
  • Consuelo
  • Cordélia
  • Cremilda
  • Cremilde
  • Cristolinda
  • Custódia
  • Deodata
  • Deolinda
  • Diamantina
  • Dionísia
  • Dolores
  • Domitila
  • Domitília
  • Donzília
  • Dores
  • Doroteia
  • Duartina
  • Dulcelina
  • Dulcineia
  • Eglantina
  • Elmira
  • Elsinda
  • Elvira
  • Emídia
  • Encarnação
  • Engelécia
  • Engrácia
  • Ercília
  • Ermelinda
  • Ermengarda
  • Erméria
  • Ernestina
  • Ersília
  • Esménia
  • Esméria
  • Especiosa
  • Etelvina
  • Eufémia
  • Ezequiela
  • Felisberta
  • Felismina
  • Filomena
  • Firmina
  • Florinda
  • Francília
  • Generosa
  • Genoveva
  • Georgete
  • Geraldina
  • Gertrudes
  • Gilberta
  • Glicínia
  • Graciete
  • Guadalupe
  • Guendolina
  • Heliodora
  • Henriqueta
  • Hermenegilda
  • Hermínia
  • Hersília
  • Hortense
  • Hortênsia
  • Idália
  • Idalina
  • Idília
  • Ifigénia
  • Igelcemina
  • Inocência
  • Ismália
  • Jaquelina
  • Joaquina
  • Josefa
  • Josefina
  • Justina
  • Leocádia
  • Leonídia
  • Leonilde
  • Leontina
  • Leopoldina
  • Lisete
  • Lucinda
  • Lucrécia
  • Lurdes
  • Marcelina
  • Marcília
  • Marieta
  • Marsília
  • Mavilde
  • Maximiliana
  • Miquelina
  • Mirandolina
  • Natalina
  • Natércia
  • Natividade
  • Nazaré
  • Nicoleta
  • Nicolina
  • Norvinda
  • Obdúlia
  • Ocília
  • Odete
  • Odília
  • Ofélia
  • Olímpia
  • Osvaldina
  • Otelina
  • Otília
  • Patrocínia
  • Perpétua
  • Piedade
  • Prazeres
  • Precília
  • Prudência
  • Pulquéria
  • Purificação
  • Quitéria
  • Ricardina
  • Rosalina
  • Rosalinda
  • Samaritana
  • Sebastiana
  • Severa
  • Severina
  • Tolentina
  • Umbelina
  • Veneranda
  • Vicência
  • Virgolina
  • Vitorina
  • Zeferina

7 comentários :

Sónia disse...

Isto dos nomes em desuso tem que se lhe diga, nasci em 1986, na altura que se usavam nomes "novos"... mas tive durante o tempo de escola/faculdade, algumas colegas com alguns destes nomes, nomeadamente, 1 Adelina, 1 Arlete, 1 Cármen, 2 Cidália, 1 Dolores, 2 Lisete. Mas realmente há um aspecto a salientar, a Adelina, a Carmen e a Dolores são de origem africana. As duas Cidálias eram do Minho, as Lisetes eram do centro do país, mas de aldeias pequeninas, e a Arlete tinha nascido na Venezuela. Com isto quero dizer, que acredito que os nomes sejam influenciados pela geografia... Acho que na década de 80, as pessoas do interior do país, de aldeias, etc, não tinham tanta tendência a dar nomes da moda da altura... O meu namorado nascido em 1984 chama-se Humberto e é de uma aldeia pequena do centro do país... eu nascida e criada na Caparica, quando andava na primária tinhamos quase todos, especialmente, as raparigas nomes novos... só fugia à regra o Joaquim, que nasceu no Minho... Será que há alguma lógica no meu pensamento?

Nomes e mais nomes disse...

Acho que é mais ou menos consensual que as modas demoram um pouquinho mais a chegar aos locais menos urbanos e isso parece ter acontecido com a moda dos nomes das novelas - a partir de 1970, quando se deu a grande viragem no uso dos nomes neste país. Os pais mais modernos aderiram rapidamente à novidade, os mais conservadores ainda hesitaram. Por isso é que no meio das Sónias, Sandras e Susanas, podíamos encontrar Cidálias, Geraldinas e Deolindas.

E já que falamos em mudança de paradigma...
No outro dia, em conversa com o meu avô (nascido nos anos 20), soube que ele não escolheu o nome de nenhum dos oito filhos (nascidos entre 50 e 60). Quem o fez? Os padrinhos. Em alguns casos, o nome escolhido era o mesmo do padrinho/madrinha; noutros, o padrinho/madrinha escolhiam um nome que lhes agradasse. Assim, justifica-se que os nomes se tenham mantido os mesmos durante muitos anos.
A partir dos anos 70, os casais passaram a ter menos filhos e chamaram a si a responsabilidade da escolha dos nomes dos filhos...

Sónia disse...

Sim essa é outra realidade... muitas histórias andam à volta dos nomes escolhidos pelos padrinhos... eu tenho uma amiga que a mãe se chama Gracinda, nascida por volta dos anos 50... uma vez comecei a reparar que a minha amiga falava muito de primas Gracindas, tias Gracindas, etc... achei estranho, tantas Gracindas, um nome que para mim não é nada comum... e lá veio a história que a madrinha chamada Gracinda, não sei porquê madrinha de uma quantidade de crianças na aldeia (perto de Arco de Valdevez) meteu o nome dela a todas as afilhadas ;)

Silvio Gonzalez De Marchi disse...

Faltou Branca... não vejo mais!

Cléo disse...

Eu gosto de estudar nomes x décadas porque escrevo contos/ novelas e vim nesse blog para escolher um nome bem antigo para minha história que se passa numa cidade bem pequena e ficiticia (ATALAIA), e gosto de pôr personagens com nomes bem diferentes para fugir de João,maria, josé, adriana,etc...
Aqui no Brasil, os nomes vieram muito das novelas e dos seriados americanos: Pamela, Suellen,Erick, David,Brenda,Brian, e de muitos artistas estrangeiros famosos: Ellvis, jonh,laura,etc...
mas a maior influencia no Brasil são as telenovelas, basta uma personagem fazer sucesso na TV que o povo já põe o nome no filho(a).
Nos anos 80 a moda eram nomes que terminavam com "ELE", gabriele,manuele, michele, e muitos outros.
e muitas "vanessa" e "fernanda", afff
hj a moda aqui é: Maria eduarda, vitória,Cauãni,Isabela, Isadora,Yasmin,Giovanna,Laura,e meninos: Felipe, Cauã,Luis Gustavo,Rafael,etc..
ninguém põe nomes dos anos 70 mais: silvia,patricia,claudia ,adriana,ricardo,roberto, etc...
mas eu vendo essa listad e nomes acima gostei de cidália, e´bem antigo vou pôr na minha personagem.
bjs a todos

Anónimo disse...

Eu me chamo Consuelo tenho 34 anos nada a ver!! odiei!

lua disse...

Gosto muito de Vicência e Lurdes