Pares Perfeitos para Abel

em 20/06/22



Em 2020, perguntava por aqui o que achavam de Abel e se poderia ser equacionado como par perfeito para alguns nomes que se ouviam com frequência, como Clara ou Tomé. E se há dois anos me fazia sentido, agora faz ainda mais. Na minha opinião, Abel é uma opção incrível para quem procura um nome tradicional, mas quer fugir dos mais comuns, estando no topo das minhas sugestões para os próximos anos. 

  • Abel & Alice
  • Abel & Ana
  • Abel & Cecília
  • Abel & Clara
  • Abel & Elisa
  • Abel & Flora
  • Abel & Laura
  • Abel & Vera
  • Abel & Rosa

  • Abel & Álvaro
  • Abel & Artur
  • Abel & Benjamim
  • Abel & Gil
  • Abel & Isaac
  • Abel & Jaime
  • Abel & Joaquim
  • Abel & Simão
  • Abel & José
  • Abel & Matias
  • Abel & Óscar
  • Abel & Tomé


E vocês, acham que pode ser opção para os irmãos das crianças nascidas nos últimos anos? 

11 comentários:

  1. No momento em que decidi procurar opiniões sobre os nomes para as minhas filhas, leio Tomé no post. Só pode ser um sinal!

    Grávida de duas bebés, até agora encaradas como um menino e uma menina, apesar de uma das bebés se "esconder" constantemente nas ecografias. Agora, a pouco tempo do parto, percebeu-se que o menino, o até então "bebé tímido" é uma gémea, não um gémeo.

    Tínhamos escolhido Teresa e Tomé. Mas afinal, agora com duas, pensámos em Maria Teresa e Maria Tomé. O par parece coeso? Não queremos desistir de Tomé que, certo modo, é um nome que já faz parte de nós e da história da bebé.

    Maria Teresa e Maria Tomé, opiniões?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Madalena! Que rica história terá para contar às suas filhas! :) A escolha de um composto com um nome masculino depois de Maria não me levantaria reservas mas, neste caso concreto, leva-me a questionar: optarão por tratar as duas meninas pelo composto ou parece-vos provável que tratem uma por Teresa e a outra por Maria? Quando duas partilham um nome, acho um bocado estranho só uma usar... Além disso, Maria Teresa é muito feminino, Maria Tomé nem tanto, será contrastante demais? E por fim, sabendo que pensavam que teriam um menino, será que a Maria Tomé vai gostar de ter um nome que não foi inicialmente escolhido a pensar nela?
      Um beijinho

      Eliminar
    2. Não sendo isso que pergunta, Tomásia estaria fora de questão? Tomé e Tomás são variantes...

      Eliminar
    3. O composto com Maria surgiu, precisamente, para podermos continuar a usar o nome Tomé, caso contrário, não poderia ser registado enquanto nome feminino. Assim sendo, o modo de tratamento passaria pelos compostos ou pelos nomes principais, Teresa e Tomé (nunca por Maria, apenas).

      Não me deixa desconfortável pensar em Tomé para uma menina, talvez por ser algo que considere como secundário, ou talvez por consciente ou inconscientemente defender tanto o nome Tomé, ou talvez por conhecer pessoas com nomes como Maria João, Maria José, Maria Miguel tratadas pelo segundo nome. Ou seja, a ideia de um nome mais feminino e um nome mais masculino não me incomoda, por não ver a questão assim tão marcante. Mas percebo o que me diz e quer queira, quer não, mesmo não pensando dessa forma, há outras pessoas a fazê-lo e pensando nas minhas filhas, devo também pensar na sociedade onde se inserirão.

      Quanto à última questão, até agora pensava precisamente o contrário: Tomé sempre foi o nome escolhido para este bebé, até antes do nome da Teresa. Simplesmente, descobrimos ser do género oposto, mas o nome, esse foi pensado para o bebé, independentemente de menino ou menina. Mas é um ponto a pensar, sim. Obrigada.

      Quanto a Tomásia, confesso também ter pensado nessa opção, mas acho que não agrada o pai. Não sei até que ponto é uma opção e a verdade é que não temos muito mais tempo...

      Eliminar
    4. Eu gosto! Tomé para rapariga é lindo

      Eliminar
  2. E que tal utilizar um composto masculino com o nome Teresa, em vez de usar o nome Maria?
    Teresa Miguel, por exemplo. Deste modo, os nomes das gémeas seguem a mesma linha: nome feminino+nome masculino e não repete o nome Maria nas duas crianças.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei imenso da sugestão, acho que ficava bastante harmonioso ambas as meninas terem um nome feminino e um masculino em vez de se repetir o Maria!

      Eliminar
  3. Olá Madalena S. Muitos parabéns pelas suas bebés :) Gostei de ler o seu relato e as vossas motivações para a escolha dos nomes! Agradou-me bastante a sugestão apresentada pela Li, porque as questões que a Filipa levantou são também um pouco as minhas. Creio que a Maria Tomé será a Maria e a Maria Teresa a Teresa, independentemente da forma como os pais e a família mais próxima as tratar. Penso que por exemplo em contacto escolar será difícil uma menina ser tratada apenas por Tomé....um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Tomé é um nome masculino, acho que um dia mais tarde a menina não irá gostar de ter um nome masculino.

    ResponderEliminar
  5. Por favor ajudem me a encontrar um nome forte com personalidade para o meu filho que vai nascer em Novembro....estou farta de Franciscos e Rodrigos a minha volta.....quero um nome não muito usual tipo Romeu etc....Help me Filipa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Algumas sugestões:
      Viriato, Artur, Xavier, Lopo, Joaquim, Jaime, Raúl e Álvaro

      Eliminar

Obrigada por participar na conversa!
Credibilize o seu comentário, assinando sempre com o mesmo pseudónimo!
Num blog sobre nomes, vai mesmo optar por ser apenas Anónimo? :)