Os nomes nos anos 80

2.6.09


Nasci em 1983. Hoje em dia, olhando para os nomes escolhidos nos anos 80, ficamos com a sensação de que são demodé mas, na altura, a diversidade era bastante grande! Ainda assim, nos meus tempos de escola primária, já havia nomes que apareciam com mais frequência. Se bem me lembro, tinha mais do que uma amiga com estes nomes:

  • Joana
  • Catarina
  • Liliana
  • Carla
  • Vânia
  • Tânia
  • Cláudia
  • Margarida
  • Patrícia
  • Mariana
  • Sónia
  • Raquel
  • Carina
  • Helena
  • Sara
  • Rita
  • Andreia
  • Cristina
  • Paula

Estes nomes eram precedidos de Ana ou seguidos de Sofia, exceptuando no caso de Sara que, não sendo único nome, tinha combinações algo "estranhas". A quantidade de Joanas era impressionante e havia também bastantes Joana Sofia e Joana Filipa. Na verdade, a ideia que eu tinha é que metade das meninas da minha escola se chamavam Joana. Desde cedo passei a considerar esse nome como "empecilho", por ser um nome tão vulgarizado. Filha minha não será Joana, de certeza. No caso dos meninos, repetiam-se Miguel, Ricardo, Jorge, Sérgio e Pedro. 


Atualização

Já poderá consultar um Ranking Oficial de nomes mais usados em 1980ver um outro olhar sobre Joana, que é um nome que hoje me agrada muito, mas muito mais!, ou seguir os posts individuais que fiz sobre os nomes mais populares dos anos 80 e onde poderá ler sobre Cátia, Marco, Nélson, Marisa, Nuno, Tânia, Vânia, ou Bruno!


13 comentários :

  1. E tenho mesmo de comentar: da primeira classe ao nono ano, num colégio, éramos seis Joanas (!!!!) na mesma turma. Curiosamente, só eu não tinha segundo nome, o que me traumatizava um pouco. Hoje em dia agradeço à minha mãe, pois realmente, nomes compostos com Joana... Mesmo assim, não sei se deva agradecer muito, pois tenho o nome do objecto de desejo do meu irmão, na altura, já que o deixaram escolher a ele.

    ResponderEliminar
  2. As Joanas, na minha infância, eram as Beatrizes de agora - daí o meu desabafo meio pindérico (é preciso contextualizar: em 2009, ninguém lia o blog e eu escrevia sem pensar nos sentimentos alheios!)

    ResponderEliminar
  3. Oh... mas acabei por fazer as pazes com o meu nome, por isso não fico mesmo nada ofendida. Já na faculdade, dois primos mais velhos (um de cada lado da família) anunciaram-me orgulhosos que iam colocar Joana aos seus rebentos. No primeiro, fiquei um pouco estupefacta: «Joana, a sério??? Não se arranjava nada melhor???» O meu primo desarmou-me: «Mas agora eu também tenho uma Jô em casa. Eras a miúda mais amorosa, a nossa Jô.» E pronto, apercebi-me que, apesar do meu desgosto infantil, os que me rodeavam gostavam do meu nome porque gostavam de mim e resolvi perdoar mais ou menos ao meu irmão e aos meus pais.

    ResponderEliminar
  4. Quando soube que ia ter uma filha fiquei muito indecisa no nome que havia de lhe por,não queria um nome muito repetitivo e tendo vindo para Portugal em 1991 a minha noção dos nomes era limitada aos meus amigos,ao pessoal da escola,a minha familia e conhecidos.
    Em toda a minha vida nunca conheci nenhuma Joana e achava o nome demais ( e ainda acho ).
    Minha filha chama-se Joana Margarida e nasceu no dia 17 de setembro de 1996,portanto tem 15 anos e neste momento tem 4 Joanas na turma dela:
    Joana Sofia
    Joana Catarina
    Joana Maria
    Joana Filipa

    Onde quer que vá vejo Joanas em todos os lados é um bocado como as Matildes de hoje em dia.

    ResponderEliminar
  5. A percepção da maioria das pessoas é que Joana é um nome bonito - por que outro motivo continuaria firme no ranking de nomes mais usados? :)
    E vejamos a evolução: é um senhor gráfico!!!

    http://www.spie.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=62&Itemid=107

    ResponderEliminar
  6. Pois, como associo à minha época (anos 80), causa-me uma certa estranheza ver crianças com esse nome, mas lá está ele no ranking e a filha da Uella prova que também houve Joaninhas nos anos 90. Bem, sempre temos um simpático insecto portador de boa sorte com o nosso nome. Para além do mais, serve-me agora para ter um nome com a mesma inicial do meu marido e com o mesmo número de letras. Ele é Jaime, um nome que amo de paixão (e que acho que não é nada consensual).

    ResponderEliminar
  7. Também gosto de Jaime e acho que está na linha de Tomé, Simão, por causa do M... Vai voltar :)

    ResponderEliminar
  8. Gosto mto do nome Joana, para mim é um daqueles nomes intemporais, fica sempre bem. E adoro ouvir chamar Joaninha..é fofinho...

    ResponderEliminar
  9. Olá
    Eu encontrei este blog hoje e decidi pesquisar o nome da minha filhota. Ela tem 8 meses e escolhi o nome Joana. Sempre foi o nome que queria colocar a uma filha desde que sou gente, o marido gostou e concordou.
    Mas pelo que vejo que na minha zona, este também foi o nome escolhido por mais pais (estou tramada).
    Ah e eu sou dos anos 80 e não conheço muitas Joanas :).

    ResponderEliminar
  10. Olá Mónica! :)
    Joana continua firme e forte na tabela de nomes populares - eu considero-o um clássico "moderno" :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Óla estou gravida de uma menina, quero colocar o nome de Joanna Lara, voçê acha bonito até breve.

      Eliminar
  11. Gostaria de saber,Filipa,porque nos anos 80 era tão usado o nome Donna ou até como curiosidade o Donna Jo (de Full House) porque para Donna é como Dona mesmo ,entendi ?Mas como era uma tradição diferente nessa geração ,entendo .Mas gostaria de saber o porquê .

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)