Qual é o nome mais invulgar que conhecem?

em 17/07/19


Há dias, enquanto fazia uma recolha de nomes em obituários, encontrei um senhor chamado Aladino, nascido em 1945 e, mais à frente, deparei-me com Felizinda e Adorália. São nomes muito diferentes do que estamos habituados a ouvir, até para os meus padrões! 
Qual é o nome mais invulgar que conhecem? 

48 comentários:

  1. A minha avó chama-se Leonigilda!

    ResponderEliminar
  2. Capitolina. Era uma viznha da minha avó.

    ResponderEliminar
  3. Uma amiga minha teve uma aluna chamada Venúsia. Penso que foi o nome mais estranho que ouvi.

    ResponderEliminar
  4. Cedulia e Alberico foram os nomes mais estranhos que ouvi.

    ResponderEliminar
  5. Acho que o mais estranho que vi foi Edviges. Era uma senhora.

    ResponderEliminar
  6. Galdina. Se bem pelo que sei havia algumas. E ainda Judícia.

    ResponderEliminar
  7. Virgulina (colega de escola de um primo meu) e Urbalina (conhecida dos meus sogros) são dos mais esquisitos de que tenho conhecimento.
    Juntam-se Patrocínia (embora menos estranho) e, na categoria das combinações, Felicidade Perpétua (uma aluna da minha mãe).

    ResponderEliminar
  8. Vi há pouco tempo uma Generosa do Nascimento.

    E uma Amazilde.

    E há uns anos conheci um Arsénio (agora não me recordo se era exactamente assim que se escrevia, mas era ssim que se dizia).

    E também já ouvi falar de uma Edviges.

    Também encontrei nos registos paroquiais antigos uma Etelvina, que achei na altura único, mas agora que conheço uma acho bastante normal.

    -L

    ResponderEliminar
  9. Os mais estranhos que ouvi foram Indalete, Hirondina, Setalina (mulheres na faixa etária 60/70 anos) e Cleópatra Zarina, uma menina de 7 anos. Acho que este post vai fazer-nos dar algumas risadas.

    ResponderEliminar
  10. Na minha família consigo lembrar me de uma Pulquéria, Modesta e Etelvina. A minha avó provavelmente sabe o resto das reliquias...

    ResponderEliminar
  11. Conheço uma senhora chamada Visitação.

    ResponderEliminar
  12. Os mais estranhos que conheço são Virgínia e Eufrásio.

    ResponderEliminar
  13. Conheço ou conheci senhoras idosas com os nomes de Preciosa, Perpétua, Purificação, Prudência e Piedade, não são nomes muito estranhos, são apenas raros nas últimas décadas. Também várias brizidas.
    Também um Estanislau, Adérito, Apolinário, Belarmino..

    ResponderEliminar
  14. o nome mais bizarro que já vi na vida foi Lovangelagardula.
    mas ainda temos: Angiela, Blackstone, Erivandra, Manana, Glena, Glenaldo, Keine, Juliesse, Lanassa, Ronny, e etc...
    Todos esses nomes existem aqui no BR

    ResponderEliminar
  15. Obdúlia, a minha professora de primária.

    ResponderEliminar
  16. Haidé, nome da minha bisavó paterna.

    ResponderEliminar
  17. Conheço uma senhora Edviges e outra Prantelana!
    A minha avó é Perpétua, que embora mais ouvido é bastante invulgar.

    ResponderEliminar
  18. Conheço um Dagmar, um Emílio, uma Rossiane, uma Edviges, um Anacleto, uma Natividade e uma Conceição das Dores.

    ResponderEliminar
  19. Marcolina e Zeferina. Eram irmãs da minha avó Bernardina.

    ResponderEliminar
  20. Os nomes estranhos em Portugal não são os nomes estranhos do Brasil.

    ResponderEliminar
  21. AMARALÍS, FELOZINDA, BIONDA

    ResponderEliminar
  22. Etelvina, Jacinto, Franklim, Túlio e Túlia (mesma família), Goreti, Zarco, Avelino, Brilhantina.

    ResponderEliminar
  23. O meu avô é Venceslau.
    O avô do meu marido é Sabino
    A mãe do meu marido é Emerenciana
    A minha avó é Zulmira
    Cunhada Leonilde

    ResponderEliminar
  24. Olá Filipa! Parabéns pelo blog! Conheci uma rapariga lindíssima com o nome de Arnaldo a... Tinha um desgosto enorme por se chamar assim. Terá agora cerca de 46 anos.

    ResponderEliminar
  25. Olá Filipa! Parabéns pelo blog! Conheci uma rapariga lindíssima com o nome de Arnaldo a... Tinha um desgosto enorme por se chamar assim. Terá agora cerca de 46 anos.

    ResponderEliminar
  26. Hermenegildo(que deverá ter cerca de 40 anos) e Preciosa.

    ResponderEliminar
  27. Penso que a maior parte dos nomes que estão a ser apresentados são brasileiros. Pelo menos é o que dá para entender. Eu conheço uma Piedade, uma Preciosa, uma Arménia, uma Esmeraldina. Tudo senhoras com mais de 80 anos. No entanto, não os considero invulgares, para mim são literais. A não ser Esmeraldina.

    ResponderEliminar
  28. Penso que a maior parte dos nomes que estão a ser apresentados são brasileiros. Pelo menos é o que dá para entender. Eu conheço uma Piedade, uma Preciosa, uma Arménia, uma Esmeraldina. Tudo senhoras com mais de 80 anos. No entanto, não os considero invulgares, para mim são literais. A não ser Esmeraldina.

    ResponderEliminar
  29. Tias-avó Inízia e Belermina (não é Belarmina!) e avó Nair.

    ResponderEliminar
  30. Não conheci a senhora, mas a mãe de uma amiga chamava-se Briolanja!

    ResponderEliminar
  31. Não conheci a senhora, mas a mãe de uma amiga chamava-se Briolanja!

    ResponderEliminar
  32. A minha catequista era Cincletica mas só soube passado mts anos depois de ela ter falecido pq sempre chamamos Nini. Mas todas as irmãs teem nomes muito estranhos. Tenho de perguntar a minha mãe que já não me recordo. Ainda são todas vivas menos a minha catequista.
    E conheci aqui em França duas filhas de portugueses uma Edwige e a outra Gwedeline nem sei se é assim que se escreve.
    Trabalhei com uma brasileira que se Surya. Pensava que tinha ouvido mal e seria soraia mas não era mesmo Surya e é uma querida

    ResponderEliminar
  33. Ah e o meu pai é Maximino e eu estive quase para me chamar Maximina 😁

    ResponderEliminar
  34. Quando eu era miúda viviam no meu bairro umas senhoras chamadas Aureliana, Blarmina e América e um senhor chamado Epaminondas.
    Também conheci uma senhora chamada Senhorinha. Pelo que ela me contou, antigamente era um nome muito vulgar na zona onde ela nasceu (na zona do Gerês). Contou-me que lá existe uma lenda que conta que antigamente havia mulheres que não conseguiam engravidar que iam a uma ponte no Gerês e faziam um género de ritual para ficarem grávidas. No fim prometiam que se nascesse uma menina lhe dariam o nome Senhorinha e se fosse rapaz será Gervásio. Nunca mais me esqueci desta história.

    ResponderEliminar
  35. Conheci, aqui em Portugal, pessoas com os seguintes nomes: Quélia, Capitolina, Marizinha, Bibiana, Salvina, Arménio, Gualberto e Gualdino.

    ResponderEliminar
  36. Tive uma professora de matematica chamada Andrelina, um vizinho rapaz chamado Túlio, , uma professora minha vizinha chamada Delmina, um médico chamado Sertório timoteo,
    Um senhor chamado Juvenal, uma colega da minha mãe que aqui em Portugal mudou o nome para Roma..... Tantos

    ResponderEliminar
  37. Cá vai, Aureliano, Gilda, Marcela, Bibiana, Lubélia, Shania, Alina, Ernestina, são todos Portugueses :-)

    ResponderEliminar
  38. Tudo nomes na família: Mecildes, Zizina, Obedúlia (nem sei se é assim que se escreve)

    ResponderEliminar

Com tantos nomes à escolha, vai mesmo ser apenas Anónimo? :)